Ex-vereador é preso pela Polícia Militar do Meio Ambiente em Campanha, MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Publicidade

Foi através de denuncias anônimas que levou a Polícia até o autor

11/02/2015 01:25 - Atualizado 11/02/2015 12:43
Na manhã de ontem (10), um homem foi preso pela Polícia Militar do Meio Ambiente por crime ambiental. 
Ex vereador é preso pela Polícia Militar do Meio Ambiente em Campanha, MG - Fotos: Alô Alô Cidade

Segundo informações da Polícia Militar, as informações da denuncia anônima era que, o Sr. Luiz Antônio Bacha, ex-vereador e hoje comerciante, morador do bairro São Cristóvão, estaria criando em cativeiro e comercializando pássaros da fauna silvestre e vendendo para diversas pessoas de outros estados. 

Ainda segundo a PM, ao deslocar até o endereço do denunciado, os militares depararam com a residência fechada, ao tentar fazer contato com os moradores no local, militares avistaram várias aves estavam alando voo do fundo da casa do suposto autor. 
A Polícia na oportunidade deu a volta no quarteirão e visualizou uma senhora, esposa do denunciado soltando os pássaros; ainda no local, os militares fez contato com o suposto autor que franqueou a entrada da equipe policial no interior de sua residência. No local os militares constataram que estavam sendo mantido em cativeiro, 21 pássaros da fauna silvestre, juntamento com viveiros, gaiolas, ''transportadeiras'' e alçapões, sendo eles:
01 trinca ferro, 15 canário da terra e 05 coleirinhas, 16 gaiolas e 02 viveiros que eram para colocar e transportar os pássaros da fauna silvestres.

Em defesa o suposto autor disse aos militares que vários populares do município faz a captura dos pássaros e os deixam em sua residência para serem soltos na área rural. 
Os militares também visualizaram, que as aves estavam bravias e várias dentro de uma gaiola, o que possivelmente foram capturadas para serem vendidas, conforme a denuncia repassada.

Ainda segundo informações da Polícia Militar do Meio Ambiente, as aves serão avaliadas por um médico veterinário e em seguida serão soltas em seu habitat natural, conforme o laudo e declaração.
A esposa do autor não foi conduzida para delegacia, pois ela estaria com problema de saúde, ficando aos cuidados de sua filha.
A Polícia Militar do Meio Ambiente de Varginha, deu voz de prisão em flagrante delito ao autor, sendo conduzido juntamente com as aves e os materiais apreendidos para delegacia da Polícia Civil de Três Corações, para providências necessárias.

Na delegacia, o autor foi liberado e assinou um termo de compromisso e deve responder a processo em liberdade.

Pássaros foram apreendidos - Foto: Polícia Militar do Meio Ambiente

Várias gaiolas e materiais foram encontrados na residência do autor - Foto: Polícia Militar do Meio Ambiente


Vídeo:


Da redação: ALÔ ALÔ CIDADE

Ex-vereador é preso pela Polícia Militar do Meio Ambiente em Campanha, MG

Foi através de denuncias anônimas que levou a Polícia até o autor

11/02/2015 01:25 - Atualizado 11/02/2015 12:43
Na manhã de ontem (10), um homem foi preso pela Polícia Militar do Meio Ambiente por crime ambiental. 
Ex vereador é preso pela Polícia Militar do Meio Ambiente em Campanha, MG - Fotos: Alô Alô Cidade

Segundo informações da Polícia Militar, as informações da denuncia anônima era que, o Sr. Luiz Antônio Bacha, ex-vereador e hoje comerciante, morador do bairro São Cristóvão, estaria criando em cativeiro e comercializando pássaros da fauna silvestre e vendendo para diversas pessoas de outros estados. 

Ainda segundo a PM, ao deslocar até o endereço do denunciado, os militares depararam com a residência fechada, ao tentar fazer contato com os moradores no local, militares avistaram várias aves estavam alando voo do fundo da casa do suposto autor. 
A Polícia na oportunidade deu a volta no quarteirão e visualizou uma senhora, esposa do denunciado soltando os pássaros; ainda no local, os militares fez contato com o suposto autor que franqueou a entrada da equipe policial no interior de sua residência. No local os militares constataram que estavam sendo mantido em cativeiro, 21 pássaros da fauna silvestre, juntamento com viveiros, gaiolas, ''transportadeiras'' e alçapões, sendo eles:
01 trinca ferro, 15 canário da terra e 05 coleirinhas, 16 gaiolas e 02 viveiros que eram para colocar e transportar os pássaros da fauna silvestres.

Em defesa o suposto autor disse aos militares que vários populares do município faz a captura dos pássaros e os deixam em sua residência para serem soltos na área rural. 
Os militares também visualizaram, que as aves estavam bravias e várias dentro de uma gaiola, o que possivelmente foram capturadas para serem vendidas, conforme a denuncia repassada.

Ainda segundo informações da Polícia Militar do Meio Ambiente, as aves serão avaliadas por um médico veterinário e em seguida serão soltas em seu habitat natural, conforme o laudo e declaração.
A esposa do autor não foi conduzida para delegacia, pois ela estaria com problema de saúde, ficando aos cuidados de sua filha.
A Polícia Militar do Meio Ambiente de Varginha, deu voz de prisão em flagrante delito ao autor, sendo conduzido juntamente com as aves e os materiais apreendidos para delegacia da Polícia Civil de Três Corações, para providências necessárias.

Na delegacia, o autor foi liberado e assinou um termo de compromisso e deve responder a processo em liberdade.

Pássaros foram apreendidos - Foto: Polícia Militar do Meio Ambiente

Várias gaiolas e materiais foram encontrados na residência do autor - Foto: Polícia Militar do Meio Ambiente


Vídeo:


Da redação: ALÔ ALÔ CIDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário