Publicidade

Conforme polícia, ele foi morto com cerca de 27 facadas nas costas e peito.
Motivo do crime seria uma discussão referente ao aluguel de um imóvel

28/02/2015 15:28
Homem de 30 anos é assassinado a facadas pelo cunhado em Varginha - Foto/ilustrativa

Um homem morreu depois de ser esfaqueado pelo cunhado na manhã deste sábado (28) em Varginha MG. Segundo a Polícia Militar, Daniel Garcia, de 30 anos, foi morto com 27 facadas que atingiram as costas e o peito.
O motivo do crime, segundo testemunhas, seria uma discussão referente ao aluguel de um imóvel -
Fotos/reprodução: EPTV

O autor das facadas, Paulo Sérgio Tolentino, de 38 anos, foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Varginha.


Daniel faria aniversário no próximo dia 6. O corpo foi levado para o IML da cidade. O motivo do crime, segundo testemunhas, seria uma discussão referente ao aluguel de um imóvel.

Daniel Garcia, de 30 anos, foi morto com 27 facadas que atingiram as costas e o peito 

Informações: Polícia Militar
Leia mais no G1

Homem de 30 anos é assassinado a facadas pelo cunhado em Varginha

Conforme polícia, ele foi morto com cerca de 27 facadas nas costas e peito.
Motivo do crime seria uma discussão referente ao aluguel de um imóvel

28/02/2015 15:28
Homem de 30 anos é assassinado a facadas pelo cunhado em Varginha - Foto/ilustrativa

Um homem morreu depois de ser esfaqueado pelo cunhado na manhã deste sábado (28) em Varginha MG. Segundo a Polícia Militar, Daniel Garcia, de 30 anos, foi morto com 27 facadas que atingiram as costas e o peito.
O motivo do crime, segundo testemunhas, seria uma discussão referente ao aluguel de um imóvel -
Fotos/reprodução: EPTV

O autor das facadas, Paulo Sérgio Tolentino, de 38 anos, foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Varginha.


Daniel faria aniversário no próximo dia 6. O corpo foi levado para o IML da cidade. O motivo do crime, segundo testemunhas, seria uma discussão referente ao aluguel de um imóvel.

Daniel Garcia, de 30 anos, foi morto com 27 facadas que atingiram as costas e o peito 

Informações: Polícia Militar
Leia mais no G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário