Caminhoneiro faz manobras perigosas e é preso na BR-381 - ALÔ ALÔ CIDADE

Publicidade

A Polícia Rodoviária Federal, prendeu o motorista que fazia a manobra chamada "quebra de asa", na Fernão Dias

21/05/2015 22:34

Nesta quarta feira (20) ,a Polícia Rodoviária Federal de Pouso Alegre, durante Operação temática com Sest/Senat de Combate a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no Posto PRF de Três Corações no KM-758 da BR-381, por volta das 9:30h foi abordado o veículo tipo carreta  Scania/112 placas de Pouso Alegre, MG, conduzido por, J S C F,  42 anos. Segundo informações da PRF, o motorista transportava caixas vazias de São Paulo, SP a Lavras, MG, as informações veio de testemunhas que viram o condutor fazendo as manobras perigosas e colocavam em risco a integridade física dos outros usuários da Rodovial. Ainda segundo a PRF, a manobra é conhecida no meio dos caminhoneiros como "quebra de asa", ainda durante a fiscalização o motorista recusou a fazer o teste de etilômetro e ofereceu aos policiais R$300, 00 para que fosse liberado, ato continuo foi dado voz de prisão por corrupção ativa e encaminhado ao plantão judiciário do DP de Três Corações, MG.

Vídeo:





Informações: Polícia Rodoviária Federal

Caminhoneiro faz manobras perigosas e é preso na BR-381

A Polícia Rodoviária Federal, prendeu o motorista que fazia a manobra chamada "quebra de asa", na Fernão Dias

21/05/2015 22:34

Nesta quarta feira (20) ,a Polícia Rodoviária Federal de Pouso Alegre, durante Operação temática com Sest/Senat de Combate a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no Posto PRF de Três Corações no KM-758 da BR-381, por volta das 9:30h foi abordado o veículo tipo carreta  Scania/112 placas de Pouso Alegre, MG, conduzido por, J S C F,  42 anos. Segundo informações da PRF, o motorista transportava caixas vazias de São Paulo, SP a Lavras, MG, as informações veio de testemunhas que viram o condutor fazendo as manobras perigosas e colocavam em risco a integridade física dos outros usuários da Rodovial. Ainda segundo a PRF, a manobra é conhecida no meio dos caminhoneiros como "quebra de asa", ainda durante a fiscalização o motorista recusou a fazer o teste de etilômetro e ofereceu aos policiais R$300, 00 para que fosse liberado, ato continuo foi dado voz de prisão por corrupção ativa e encaminhado ao plantão judiciário do DP de Três Corações, MG.

Vídeo:





Informações: Polícia Rodoviária Federal

Nenhum comentário:

Postar um comentário