PUBLICIDADES

LOCAFÁCIL

UNINTER

UNINTER
Indique meu número de RU: 2136405 na sua matrícula em qualquer curso e ganhe desconto.

J MATOS CORRETORA

EDU PNEUS

EDU PNEUS

BRASIL LIKE

02/06/2015

Milagre de Padre Victor é reconhecido no Vaticano e beatificação fica perto

Milagre reconhecido seria cura de um morador de Três Pontas, onde viveu.
Processo seguirá para o Papa Francisco, que poderá torná-lo Beato

02/06/2015 17:45
Cardeais aprovaram nesta terça-feira (2) no Vaticano, por unanimidade, um milagre atribuído a Padre Victor, religioso que viveu em Três Pontas MG. O milagre que foi reconhecido seria a cura de um morador da cidade. A cura inexplicável já havia sido reconhecida anteriormente por médicos do Vaticano e por uma comissão de teólogos.
Agora, o processo seguirá para o Papa Francisco, que deverá decretar a aprovação da beatificação de Padre Victor. Após essa assinatura, o bispo da Diocese de Campanha, Dom Diamantino, poderá marcar a cerimônia de beatificação.
O processo de beatificação de Padre Victor foi aberto em 1992. Em maio de 2012, o decreto que concede o título de “Venerável” a Padre Victor foi assinado pelo Papa Bento XVI em Roma, na Itália.
Vaticano anuncia reconhecimento de milagre de Padre Victor (Foto: Reprodução EPTV)


Padre Victor
Francisco de Paula Victor nasceu em Campanha MG, no dia 12 de abril de 1827, e foi batizado em 20 de abril do mesmo ano pelo padre Antônio Manoel Teixeira. Era filho da escrava Lourença Maria de Jesus.

Dom Antônio Ferreira Viçoso, bispo de Mariana MG, visitou Campanha em 1848. Victor, então alfaiate, procurou dom Viçoso e disse que tinha o desejo de ser padre. Com isso, ele entrou para o seminário de Mariana, onde foi aceito em 05 de junho de 1849. Mudou-se para Três Pontas em 14 de junho de 1852, como vigário encomendado e paroquiou na cidade por 53 anos. Era conhecido por sempre visitar doentes, amparar os inválidos e atender a população em suas necessidades. Além disso, fundou a escola "Sagrada Família".

Victor faleceu no dia 23 de setembro de 1905. A notícia abalou a cidade e toda a região, que já o venerava. Após sua morte, ele ficou insepulto por três dias e o corpo do padre exalava perfume, segundo relatam. Ele foi enterrado na Igreja Matriz da cidade, que também foi construída por Padre Victor. Desde então, muitas pessoas declaram que o padre intercedeu para que alcançassem seus pedidos e graças.

Leia na íntegra: G1

CURTA O FACEBOOK

PUBLICIDADES

CENTRAL PRESENTES

DROGARIA PRINCESA

SERRARIA SILVEIRA

SILVAS BAR

AUTO ESCOLA LAMBARI

CANAL ALÔ ALÔ CIDADE

FACEBOOK EM TEMPO REAL

Copyright © ALÔ ALÔ CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top