Publicidade

Todos os animais estavam com as esporas serradas. Três galos estavam extremamente machucados

27/07/2015 13:10
Ontem, a Polícia Militar de Meio Ambiente, atendendo denúncia referente à realização de rinha de galos e maus tratos contra animais, compareceu ao bairro Bela Vista, em Extrema, MG. No local, os militares conversaram com o denunciado que após ser cientificado, autorizou a entrada da equipe em sua residência.
21 galos de briga foram apreendidos pela PM de Meio ambiente em Extrema - Foto: Polícia Militar do Meio Ambiente

Durante a fiscalização, os militares localizaram 21 galos Índios (galos de briga) acondicionados em pequenos viveiros de alvenaria. Todos os animais estavam com as esporas serradas. Três galos estavam extremamente machucados, sendo que um deles tinha uma biqueira de ferro acoplada em seu bico. Em continuidade as buscas, os militares localizaram no interior do armário da cozinha, 03 biqueiras de couro, juntamente com 04 buchas de couro utilizadas em treinamentos de galos de briga.
Ao ser indagado sobre a participação em rinhas de galo, o denunciado negou participar de tal ação criminosa e disse que ele juntamente com seus três amigos apenas criam os galos como hobby. Todos os envolvidos negaram a participação em rinhas de galo.
Diante do fato os autores foram orientados a comparecer à Delegacia de Policia Civil de Extrema no próximo dia útil a fim de prestarem esclarecimentos sobre o fato em questão. Todos os animais foram apreendidos e ficaram sobre a responsabilidade do denunciado até que o órgão ambiental competente adote medidas pertinentes ao fato. Os materiais apreendidos foram encaminhados à sede do IEF/IBAMA da cidade de Pouso Alegre.

Informações: Assessoria de Comunicação Organizacional da 17ª Cia PM Ind MAT

21 galos de briga foram apreendidos pela PM de Meio ambiente em Extrema

Todos os animais estavam com as esporas serradas. Três galos estavam extremamente machucados

27/07/2015 13:10
Ontem, a Polícia Militar de Meio Ambiente, atendendo denúncia referente à realização de rinha de galos e maus tratos contra animais, compareceu ao bairro Bela Vista, em Extrema, MG. No local, os militares conversaram com o denunciado que após ser cientificado, autorizou a entrada da equipe em sua residência.
21 galos de briga foram apreendidos pela PM de Meio ambiente em Extrema - Foto: Polícia Militar do Meio Ambiente

Durante a fiscalização, os militares localizaram 21 galos Índios (galos de briga) acondicionados em pequenos viveiros de alvenaria. Todos os animais estavam com as esporas serradas. Três galos estavam extremamente machucados, sendo que um deles tinha uma biqueira de ferro acoplada em seu bico. Em continuidade as buscas, os militares localizaram no interior do armário da cozinha, 03 biqueiras de couro, juntamente com 04 buchas de couro utilizadas em treinamentos de galos de briga.
Ao ser indagado sobre a participação em rinhas de galo, o denunciado negou participar de tal ação criminosa e disse que ele juntamente com seus três amigos apenas criam os galos como hobby. Todos os envolvidos negaram a participação em rinhas de galo.
Diante do fato os autores foram orientados a comparecer à Delegacia de Policia Civil de Extrema no próximo dia útil a fim de prestarem esclarecimentos sobre o fato em questão. Todos os animais foram apreendidos e ficaram sobre a responsabilidade do denunciado até que o órgão ambiental competente adote medidas pertinentes ao fato. Os materiais apreendidos foram encaminhados à sede do IEF/IBAMA da cidade de Pouso Alegre.

Informações: Assessoria de Comunicação Organizacional da 17ª Cia PM Ind MAT

Nenhum comentário:

Postar um comentário