Mais um acidente no trevo de Cambuquira, BR-267 - ALÔ ALÔ CIDADE

Mais um acidente no trevo de Cambuquira, BR-267

Compartilhar isso

Desta vez a família escapou com vida.

11/07/2015 15:59
Mais um acidente no trevo de Cambuquira, BR-267 - Fotos: Alô Alô Cidade

Hoje (11), no começo da manhã, por volta das 09:30h, novamente aconteceu mais um grave acidente no trevo que liga as cidades da Campanha, Lambari a Cambuquira, MG,  desta vez, uma família de Volta Redonda escapou da morte. No local os motoristas que passavam ficavam assustado com o estado que o VW Gol ficou, a frente todas destruída.

Segundo informações do motorista da Carreta que seguia para Cristina, MG, Lauro Hassi, o motorista do VW Gol, Walter Batista, que seguia para Cambuquira, não respeitou a placa de ''PARE'', quando ao passar pelo trevo na BR-267, com a sua Carreta que estava vazia, o carro passou direto, vindo a bater na lateral e nas rodas da carroceria, onde ocasionou o acidente. Já o motorista do veículo, Walter, disse que respeitou sim, a placa de ''PARE'', porém a carreta passou em alta velocidade na rodovia, por isso não deu tempo de desviar dela.

Na carreta só haviam o motorista que nada sofreu e no VW Gol, haviam três passageiros, duas meninas, uma de 19 e uma de 11 anos, netas do Walter e sua esposa de 67 anos, que apesar do susto, nada sofreram. A família que estava no veículo de passeio vinha de Volta Redonda e seguia para Cambuquira.

A Polícia Rodoviária Federal, esteve no local e registraram mais uma ocorrência neste trevo.

''Neste trecho da rodovia e principalmente no trevo, vem acontecendo muitos acidentes, motoristas abusam da velocidade e não respeitam o sinal de ''PARE'' no local''.

A doze dias aconteceu um acidente parecido, porém com mais gravidade, uma motocicleta e uma VW Saveiro, que também não respeitou a sinalização e o condutor da moto não conseguiu desviar e bateu na lateral da caminhonete.

_________________________________________
Saiba mais

Vídeo:




Fotos:










Da redação: ALÔ ALÔ CIDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário