Homem tem 70% do corpo queimado em Extrema, MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Publicidade

O homem teria ateado fogo no próprio corpo

20/11/2015 11:25
Homem tem 70% do corpo queimado em Extrema, MG - Foto/divulgação

A ocorrência foi na quarta-feira (18), quando a Polícia Militar foi acionada a comparecer no Hospital e Maternidade São Lucas em Extrema, onde a possível vítima R. A. de S., 32 anos, desempregado, havia dado entrada com cerca de 60% a 70% do seu corpo queimado e relatou aos militares que pessoas não identificadas, após o obrigarem tirar as roupas, jogaram um líquido inflamável em seu corpo e atearam fogo. 
Segundo a Polícia Militar, a mãe do R. A. S., compareceu ao hospital onde reconheceu como sendo seu filho que ficou internado na UTI devido a gravidade das queimaduras.
Nesta data, surgiram comentários na cidade que quem se encontrava internado em estado grave não se tratava da Rafael como foi reconhecido por sua mãe. Após levantamentos no final da tarde foi confirmado que Rafael Aldrei, 32 anos, havia aparecido e que a vítima internada, se tratava de outra pessoa.
A PM fez outros levantamentos, e localizou a testemunha C. F. B., 27 anos, a qual relatou que a vítima internada se tratava na verdade é Rafael F. T. DA S., 24 anos, seu ex-companheiro. Relatando também que o casal havia terminado o relacionamento há cerca de quatro meses, porém R. F. não aceitava o fim do casamento, tendo inclusive enviado uma mensagem de texto em seu celular dizendo: “- Eu prefiro não viver do que ficar sem você." A testemunha também relatou que na data de fato, viu a vítima com duas garrafas de álcool nas mãos, próximo do local onde a vitima alegou ter sido aborda.
A testemunha acredita que vitima R. F., por estar perturbado pela separação tenha ateado fogo em seu próprio corpo com o objetivo de tentar o suicídio.
A Policia Militar fez a correção da ocorrência e encaminho as novas informações a Delegacia de Policial Civil.

Fonte: Jornal Sintonia

Homem tem 70% do corpo queimado em Extrema, MG

O homem teria ateado fogo no próprio corpo

20/11/2015 11:25
Homem tem 70% do corpo queimado em Extrema, MG - Foto/divulgação

A ocorrência foi na quarta-feira (18), quando a Polícia Militar foi acionada a comparecer no Hospital e Maternidade São Lucas em Extrema, onde a possível vítima R. A. de S., 32 anos, desempregado, havia dado entrada com cerca de 60% a 70% do seu corpo queimado e relatou aos militares que pessoas não identificadas, após o obrigarem tirar as roupas, jogaram um líquido inflamável em seu corpo e atearam fogo. 
Segundo a Polícia Militar, a mãe do R. A. S., compareceu ao hospital onde reconheceu como sendo seu filho que ficou internado na UTI devido a gravidade das queimaduras.
Nesta data, surgiram comentários na cidade que quem se encontrava internado em estado grave não se tratava da Rafael como foi reconhecido por sua mãe. Após levantamentos no final da tarde foi confirmado que Rafael Aldrei, 32 anos, havia aparecido e que a vítima internada, se tratava de outra pessoa.
A PM fez outros levantamentos, e localizou a testemunha C. F. B., 27 anos, a qual relatou que a vítima internada se tratava na verdade é Rafael F. T. DA S., 24 anos, seu ex-companheiro. Relatando também que o casal havia terminado o relacionamento há cerca de quatro meses, porém R. F. não aceitava o fim do casamento, tendo inclusive enviado uma mensagem de texto em seu celular dizendo: “- Eu prefiro não viver do que ficar sem você." A testemunha também relatou que na data de fato, viu a vítima com duas garrafas de álcool nas mãos, próximo do local onde a vitima alegou ter sido aborda.
A testemunha acredita que vitima R. F., por estar perturbado pela separação tenha ateado fogo em seu próprio corpo com o objetivo de tentar o suicídio.
A Policia Militar fez a correção da ocorrência e encaminho as novas informações a Delegacia de Policial Civil.

Fonte: Jornal Sintonia

Nenhum comentário:

Postar um comentário