População se revolta a morte da universitária em Extrema, MG - ALÔ ALÔ CIDADE

População se revolta a morte da universitária em Extrema, MG

Compartilhar isso

Moradores da cidade quebraram a loja e incendiaram produtos no meio da rua

04/11/2015 09:36
População se revoltam a morte da universitária em Extrema, MG - Fotos: Redes Sociais

Na noite de ontem (03), em Extrema, moradores incendiaram produtos de uma loja de roupas, depois que um corpo foi encontrado com suspeita que seria da estudante Larissa Gonçalves de Souza, de 21 anos, que estava desaparecida desde o dia 23 de outubro, foi encontrado durante a tarde. Suspeito de envolvimento no crime, o sócio proprietário da loja de roupas invadida foi detido e interrogado pela polícia. Depois da prisão do suspeito, centenas de pessoas saíram pelas ruas da cidade e cercaram a loja. Logo depois, invadiram o estabelecimento, quebraram tudo e atearam fogo em vários objetos na rua. A loja ficou destruída, algumas pessoas saquearam roupas e outros objetos de valor do comércio do suspeito. O corpo foi encontrado por volta de 15h, já em avançado estado de decomposição, segundo informações. O corpo teria sido encontrado dentro de um buraco na Serra do Lopo, que é conhecida por ser um ponto turístico em Extrema. A família reconheceu o corpo pelos acessórios que utilizava.

Áudio do namorado da Larissa, suspeito de envolvimento do crime:



Assista o vídeo completo clicando aqui

Vídeo:



Rodoviária onde a Larissa teria sido sequestrada - Foto/divulgação

Segundo informações da Polícia, a universitária Larissa, tinha sido vista por última vez no estacionamento da rodoviária da cidade de Extrema, como de rotina, ela ia de carro até lá e seguia de ônibus para faculdade. Ela estudava Biomedicina em uma universidade em Bragança Paulista SP, que fica a 34 KM de Extrema. Todos os 
Testemunhas teriam visto a universitária sendo abordada por um casal na última sexta-feira 23/10 e colocada no banco de trás do próprio carro. Desde então, a jovem não foi mais vista por amigos ou familiares. Já o veículo foi encontrado abandonado no mesmo dia. A família levantou a suspeita de sequestro por engano.

Fotos:





Nenhum comentário:

Postar um comentário