PUBLICIDADES

LOCAFÁCIL

UNINTER

UNINTER
Indique meu número de RU: 2136405 na sua matrícula em qualquer curso e ganhe desconto.

J MATOS CORRETORA

EDU PNEUS

EDU PNEUS

BRASIL LIKE

18/02/2016

Polícia apreende mais de 100 galos usados em rinhas em Varginha, MG

Após denúncia anônima, militares chegaram até imóvel no Jd. Petrópolis. Dono da casa foi detido e já possui passagens pela polícia por rinhas


18/02/2016 23:18
Polícia apreende mais de 100 galos usados em rinhas em Varginha, MG - Fotos: PMMA
Pelo menos 100 galos foram apreendidos nesta quinta-feira (18) em uma casa no bairro Jardim Petrópolis, em Varginha (MG). Segundo a Polícia Militar do Meio Ambiente, a suspeita é de que eles eram utilizados em rinhas no imóvel em que foram encontrados.
Rinha
De acordo com os militares, o dono da casa em que os galos foram encontrados foi detido e legado para a delegacia da cidade. Boa parte dos animais que foram apreendidos estavam machucados.
“Em algum destes animais, foi atestado pela veterinária, e nós observamos visivelmente que eles encontravam-se com algumas feridas em processos de cicatrização. É possível que tenham sido usadas em brigas”, comentou Adenilson de Carvalho.
Esporas feitas de fibras
A polícia chegou até o local por meio de uma denúncia anônima. Os animais estavam ‘guardados’ em gaiolas improvisadas e segundo os militares, os galos recebiam pouca alimentação. A Polícia Militar do Meio Ambiente também encontrou esporas e duas arenas usadas como ringue. O material também foi levado para a delegacia.
“Tinham esporas feitas de fibras, tesouras para tratamento veterinário artesanal, feito pelo proprietário após as rinhas”, completou o tenente.
Anda de acordo com os militares, esta não é a primeira vez que o suspeito de ser o dono da rinha se envolve neste tipo de crime.

“Observamos que ele possui passagem em 2005, quando foi preso com várias pessoas, em três Corações (MG), também por rinha de galos”, acrescentou a PM.
Procurado, o dono da casa não quis falar sobre a apreensão. Segundo a polícia, ele deve responder por crime ambiental e a pena varia de três meses a 1 ano e multa.

Fonte: G1

CURTA O FACEBOOK

PUBLICIDADES

CENTRAL PRESENTES

DROGARIA PRINCESA

SERRARIA SILVEIRA

SILVAS BAR

AUTO ESCOLA LAMBARI

CANAL ALÔ ALÔ CIDADE

FACEBOOK EM TEMPO REAL

Copyright © ALÔ ALÔ CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top