PM prende um dos autores da quadrilha que explodiram os caixas dos bancos em Campanha - ALÔ ALÔ CIDADE

Publicidade

A PM trocou tiros com a quadrilha e um deles foi preso em uma mata da serra de Lambari, MG. Um helicóptero da PM de Juiz de Fora, MG deu apoio no rastreamento.

27/03/2016
Material, arma, explosivos e muita munições apreendidas - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade

Na sexta-feira (25/03), por volta das 04:00hs, dois bancos no centro da cidade da Campanha foram alvos de uma quadrilha especializada em explosões de caixas eletrônicos. As agências da Caixa e Bradesco tiveram caixas eletrônicos explodidos durante a madrugada. Vizinhos dos bancos e moradores de várias partes da cidade acordaram com o forte barulho. Várias pessoas testemunharam a ação dos bandidos, alguns motoristas que passaram pela rua no mesmo horário e não sabiam da ocorrência foram surpreendidos por um dos bandidos mascarado com arma apontada e expulsando da rua, gritando ''vaza, vaza e vaza...!''

Vídeos da ação dos bandidos nos dois bancos, acompanhe.





Ação foi da quadrilha foi muito tranquila, imagens de câmeras da região mostram a ousadia deles. Eles chegam em um Fiat Palio Weekend e param no meio do cruzamento das ruas, próximo do banco, com isso, um dos comparsa fica na esquina da praça Dom Ferrão vigiando se vem alguém, ou a Polícia, enquanto os outros três explodem os caixas. Depois das explosões na agência da Caixa na rua Dr. Brandão e o recolhimento das notas, os quatro bandidos entram no veículo e seguem descendo a rua, parando também no cruzamento da rua próximo do banco Bradesco; a ação foi a mesma do roubo anterior.
Depois do fuga a Polícia Militar entrou em perseguição e trocaram tiros, porém os bandidos foi surpreendidos com o cerco da PM de Cambuquira, mas conseguiram fugir para uma mata e evadindo sentido Lambari.

Em rastreamento, na zona rural com apoio de um Helicóptero da PM de Juiz de Fora, na localidade conhecida por Vale da Lua, em Campanha, militares depararam com quatro infratores, havendo nova troca de tiros com militares de Lambari, mas os infratores empreenderam fuga pelo mato novamente.

O rastreamento prosseguiu com militares da 16º Cia, 24 BPM, 6 Cia PM Ind Mat. Durante rastreamento foi preso um autor, Cristiano Alves de Moura Junior, 23 anos, gesseiro. No local foram deixados para trás, um veículo Fiat Palio Weekend, um Fiat Siena, placas HIB 4732, um Fiat Uno, com placas, HMN-0082, ambos de Divinópolis, MG, R$ 66.302,00, 62 municies de 9 mm, quatro Pistolas Taurus, modelo 24/7-G2, com numeração raspada, Cinco carregadores, duas mascaras de gás, um artefato explosivo, miguelitos de pregos, vários pares luvas, duas lanternas, muita roupa e mochilas.
Uno e Siena, são dos bandidos e o Cruze e o Pálio Weekend é produtos de roubos a mão armada
Indagado sobre as ocorrências, o Autor Cristiano indicou onde estava também, o Chevrolet Cruze que foi roubado em Lambari, de propriedade de um mecânico. Destacando que além do Veículo Cruze, o Fiat Palio Weekend também é produto de assalto, realizado em Cambuquira, em um Auto Posto.


Na mesma tarde da após a ocorrência as Polícias Federal e Civil esteve no banco da Agência Caixa fazendo serviços de perícia técnica. No banco Bradesco, apenas a Perícia da Polícia Civil fez os serviços de praxes.

A reportagem do Alô Alô Cidade entrevistou o autor Cristiano Alves de Moura Junior, acompanhe:

Vídeo



Helicóptero que deu apoio aos PMs em solo, acompanhe.



As buscas dos outros autores estão sendo feitas e até agora mais nenhum dos envolvidos foram presos. Segundo informações, a PM já tem todos os nomes dos outros autores.

____________________________________________
Leia também

Exclusivo vídeo: Assaltantes explodem dois caixas eletrônicos em dois bancos em Campanha, MG

Fotos:













































































PM prende um dos autores da quadrilha que explodiram os caixas dos bancos em Campanha

A PM trocou tiros com a quadrilha e um deles foi preso em uma mata da serra de Lambari, MG. Um helicóptero da PM de Juiz de Fora, MG deu apoio no rastreamento.

27/03/2016
Material, arma, explosivos e muita munições apreendidas - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade

Na sexta-feira (25/03), por volta das 04:00hs, dois bancos no centro da cidade da Campanha foram alvos de uma quadrilha especializada em explosões de caixas eletrônicos. As agências da Caixa e Bradesco tiveram caixas eletrônicos explodidos durante a madrugada. Vizinhos dos bancos e moradores de várias partes da cidade acordaram com o forte barulho. Várias pessoas testemunharam a ação dos bandidos, alguns motoristas que passaram pela rua no mesmo horário e não sabiam da ocorrência foram surpreendidos por um dos bandidos mascarado com arma apontada e expulsando da rua, gritando ''vaza, vaza e vaza...!''

Vídeos da ação dos bandidos nos dois bancos, acompanhe.





Ação foi da quadrilha foi muito tranquila, imagens de câmeras da região mostram a ousadia deles. Eles chegam em um Fiat Palio Weekend e param no meio do cruzamento das ruas, próximo do banco, com isso, um dos comparsa fica na esquina da praça Dom Ferrão vigiando se vem alguém, ou a Polícia, enquanto os outros três explodem os caixas. Depois das explosões na agência da Caixa na rua Dr. Brandão e o recolhimento das notas, os quatro bandidos entram no veículo e seguem descendo a rua, parando também no cruzamento da rua próximo do banco Bradesco; a ação foi a mesma do roubo anterior.
Depois do fuga a Polícia Militar entrou em perseguição e trocaram tiros, porém os bandidos foi surpreendidos com o cerco da PM de Cambuquira, mas conseguiram fugir para uma mata e evadindo sentido Lambari.

Em rastreamento, na zona rural com apoio de um Helicóptero da PM de Juiz de Fora, na localidade conhecida por Vale da Lua, em Campanha, militares depararam com quatro infratores, havendo nova troca de tiros com militares de Lambari, mas os infratores empreenderam fuga pelo mato novamente.

O rastreamento prosseguiu com militares da 16º Cia, 24 BPM, 6 Cia PM Ind Mat. Durante rastreamento foi preso um autor, Cristiano Alves de Moura Junior, 23 anos, gesseiro. No local foram deixados para trás, um veículo Fiat Palio Weekend, um Fiat Siena, placas HIB 4732, um Fiat Uno, com placas, HMN-0082, ambos de Divinópolis, MG, R$ 66.302,00, 62 municies de 9 mm, quatro Pistolas Taurus, modelo 24/7-G2, com numeração raspada, Cinco carregadores, duas mascaras de gás, um artefato explosivo, miguelitos de pregos, vários pares luvas, duas lanternas, muita roupa e mochilas.
Uno e Siena, são dos bandidos e o Cruze e o Pálio Weekend é produtos de roubos a mão armada
Indagado sobre as ocorrências, o Autor Cristiano indicou onde estava também, o Chevrolet Cruze que foi roubado em Lambari, de propriedade de um mecânico. Destacando que além do Veículo Cruze, o Fiat Palio Weekend também é produto de assalto, realizado em Cambuquira, em um Auto Posto.


Na mesma tarde da após a ocorrência as Polícias Federal e Civil esteve no banco da Agência Caixa fazendo serviços de perícia técnica. No banco Bradesco, apenas a Perícia da Polícia Civil fez os serviços de praxes.

A reportagem do Alô Alô Cidade entrevistou o autor Cristiano Alves de Moura Junior, acompanhe:

Vídeo



Helicóptero que deu apoio aos PMs em solo, acompanhe.



As buscas dos outros autores estão sendo feitas e até agora mais nenhum dos envolvidos foram presos. Segundo informações, a PM já tem todos os nomes dos outros autores.

____________________________________________
Leia também

Exclusivo vídeo: Assaltantes explodem dois caixas eletrônicos em dois bancos em Campanha, MG

Fotos:













































































Um comentário:

  1. Excelente cobertura jornalística. Completa e com detalhes de profissional. Parabéns!

    ResponderExcluir