Quadrilha explode caixas eletrônicos em banco em São José da Barra, MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Publicidade

Segundo PM, cinco homens podem ter participado da tentativa de assalto.
Os suspeitos não encontraram dinheiro nos caixas eletrônicos explodidos.


16/04/2016
Caixas foram explodidos, mas criminosos não conseguiram levar o dinheiro (Foto: Polícia Militar) 
Três caixas eletrônicos foram explodidos no bairro de Furnas, em São José da Barra (MG), na madrugada de sábado (16). Segundo a Polícia Militar, moradores disseram ter visto cinco homens armados chegando a uma agência do Banco do Brasil por volta de 2h30.
Ainda segundo a PM, os criminosos arrombaram a porta da agência e colocaram explosivos em três caixas, mas não havia dinheiro em nenhum deles. Durante a ação, os homens realizaram alguns disparos para o alto. Cinco cápsulas calibre 380 foram apreendidas.
Após as explosões na agência do Banco do Brasil, eles foram até a agência do banco Itaú, que fica ao lado, mas não conseguiram entrar e danificaram a porta, para depois fugir do local.
A polícia suspeita que os homens estivessem fortemente armados. Policiais de Passos (MG) prestaram apoio durante as buscas, mas até esta publicação, ninguém havia sido preso.





Fonte: G1

Quadrilha explode caixas eletrônicos em banco em São José da Barra, MG

Segundo PM, cinco homens podem ter participado da tentativa de assalto.
Os suspeitos não encontraram dinheiro nos caixas eletrônicos explodidos.


16/04/2016
Caixas foram explodidos, mas criminosos não conseguiram levar o dinheiro (Foto: Polícia Militar) 
Três caixas eletrônicos foram explodidos no bairro de Furnas, em São José da Barra (MG), na madrugada de sábado (16). Segundo a Polícia Militar, moradores disseram ter visto cinco homens armados chegando a uma agência do Banco do Brasil por volta de 2h30.
Ainda segundo a PM, os criminosos arrombaram a porta da agência e colocaram explosivos em três caixas, mas não havia dinheiro em nenhum deles. Durante a ação, os homens realizaram alguns disparos para o alto. Cinco cápsulas calibre 380 foram apreendidas.
Após as explosões na agência do Banco do Brasil, eles foram até a agência do banco Itaú, que fica ao lado, mas não conseguiram entrar e danificaram a porta, para depois fugir do local.
A polícia suspeita que os homens estivessem fortemente armados. Policiais de Passos (MG) prestaram apoio durante as buscas, mas até esta publicação, ninguém havia sido preso.





Fonte: G1