Publicidade

PM e Polícia Civil apreenderam 55 kg da droga avaliada em R$ 70 mil.
Maconha estava a cerca de 1,5 metro de profundidade, segundo policiais.


15/07/2016
Operação da polícia de Paraguaçu, MG, apreendeu 55 kg de maconha em fazenda (Foto: Reprodução/EPTV)
Um tambor com 55 kg de maconha enterrado em um cafezal foi localizado nesta quinta-feira (14) em uma operação conjunta entre Polícia Civil e Polícia Militar de Paraguaçu (MG). A droga foi avaliada em R$ 70 mil pelos policiais e estava a cerca de 1,5 metro de profundidade no chão da fazenda.
O tambor com maconha foi encontrado depois que dois suspeitos foram vistos transportando drogas na zona rural de Paraguaçu. Eles fariam parte de uma quadrilha que era monitorada pela Polícia Civil já pelo menos há uma semana.
De acordo com os policiais, os suspeitos trocaram tiros com a equipe de investigação e um deles ficou ferido. No entanto, a dupla conseguiu fugir. Cães farejadores da Guarda Municipal de Alfenas (NG) ajudaram nas buscas por pistas.
"Essa quadrilha atuava em Paraguaçu, Machado, em Elói Mendes, possivelmente em Alfenas e Varginha", disse o delegado Juliano Lago. Ele aponta que a quadrilha atuava na região há pelo menos dois meses.

Fonte: EPTV/G1

Tambor com 55Kg de maconha é encontrado pela Polícia enterrado em cafezal da zona rural de Paraguaçu

PM e Polícia Civil apreenderam 55 kg da droga avaliada em R$ 70 mil.
Maconha estava a cerca de 1,5 metro de profundidade, segundo policiais.


15/07/2016
Operação da polícia de Paraguaçu, MG, apreendeu 55 kg de maconha em fazenda (Foto: Reprodução/EPTV)
Um tambor com 55 kg de maconha enterrado em um cafezal foi localizado nesta quinta-feira (14) em uma operação conjunta entre Polícia Civil e Polícia Militar de Paraguaçu (MG). A droga foi avaliada em R$ 70 mil pelos policiais e estava a cerca de 1,5 metro de profundidade no chão da fazenda.
O tambor com maconha foi encontrado depois que dois suspeitos foram vistos transportando drogas na zona rural de Paraguaçu. Eles fariam parte de uma quadrilha que era monitorada pela Polícia Civil já pelo menos há uma semana.
De acordo com os policiais, os suspeitos trocaram tiros com a equipe de investigação e um deles ficou ferido. No entanto, a dupla conseguiu fugir. Cães farejadores da Guarda Municipal de Alfenas (NG) ajudaram nas buscas por pistas.
"Essa quadrilha atuava em Paraguaçu, Machado, em Elói Mendes, possivelmente em Alfenas e Varginha", disse o delegado Juliano Lago. Ele aponta que a quadrilha atuava na região há pelo menos dois meses.

Fonte: EPTV/G1