PM prende autor de violência contra a mulher em Varginha - ALÔ ALÔ CIDADE

PM prende autor de violência contra a mulher em Varginha

Compartilhar isso

A esposa relatou que sofre violência doméstica a muito tempo e é constantemente vítima de ameaças de morte e retirada da guarda dos filhos.

14/05/2018

Na última segunda-feira (07/05), em Varginha, a Polícia Militar recebeu informações que na Rua Jerônimo Diniz Miranda, no bairro Jardim Ribeiro, havia um indivíduo exibindo uma arma de fogo como se estivesse procurando alguém.
A equipe policial compareceu à residência, onde abordou o autor, 44 anos, chegando no local, o qual foi indagado sobre o fato contudo negou ter se desentendido com sua esposa, de 45 anos, e ao ser questionado sobre possuir uma arma de fogo, disse que tinha um revólver, prontificando-se a entrega-lo aos militares.
No quarto do casal, a PM localizou um revólver calibre. 38, e também 02 (duas) munições picotadas.
Diante do exposto, o autor foi preso em flagrante delito e, juntamente com a arma de fogo e munições, conduzido para a delegacia de plantão.
A esposa relatou que sofre violência doméstica a muito tempo e é constantemente vítima de ameaças de morte e retirada da guarda dos filhos, e que nesta data resolveu denunciar o crime.
Todas estão amparadas pela Lei Maria da Penha (Lei n° 11.340/06) e podem fazer denúncias anônimas através da Central de Atendimento.

Qualquer pessoa pode denunciar casos de violência doméstica utilizando o Ligue 180 – serviço telefônico do governo federal em que qualquer pessoa pode fazer denúncias de forma anônima.
A partir da denúncia, a Justiça pode determinar uma medida protetiva de urgência para a mulher. A medida, que é emitida por um juiz em até 48 horas, evita que o agressor se aproxime da residência da mulher.

A denúncia de violência doméstica pode ser feita em qualquer delegacia, com o registro de um boletim de ocorrência, ou pela Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180), serviço da Secretaria de Políticas para as Mulheres. A denúncia é anônima e gratuita, disponível 24 horas, em todo o país. Para proteger e ajudar as mulheres a entenderem quais são seus direitos, em 2014, a Secretaria lançou um aplicativo para celular (Clique 180) que traz diversas informações importantes, como os tópicos da Lei Maria da Penha.

Você também pode ligar no tel 190 e uma viatura da Polícia Militar irá onde você estiver.

Violência doméstica é crime! Denuncie!

Fonte: Assessoria de Comunicação do 24º BPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário