IMA apreende cerca de 300 Kgs de queijos e embutidos durante fiscalização na BR-267, em Caxambu, MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Publicidade

Segundo órgão, os produtos estavam sendo transportados em caixas de papelão, sem nenhum tipo de refrigeração.

 Fiscalização apreende cerca de 300 Kg de queijos e embutidos em Caxambu (Foto: IMA)
Cerca de 300 quilos de queijos e embutidos foram apreendidos nesta quarta-feira (11/07) na BR-267, em Caxambu (MG). Segundo o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), os produtos estavam sendo transportados em caixas de papelão, sem nenhum tipo de refrigeração.
Entre os produtos apreendidos estão peças de queijo do tipo muçarela e palito, além de algumas peças de carne embutida. Conforme o IMA, o motorista disse que os produtos seriam comercializados no Rio de Janeiro, mas alguns deles só tinham autorização para ser vendidos em Piumhi (MG). Outros não tinham nenhum tipo de selo municipal, estadual ou federal.
Os produtos apreendidos foram encaminhados para o aterro de Caxambu, onde seriam destruídos.

Fonte: G1

IMA apreende cerca de 300 Kgs de queijos e embutidos durante fiscalização na BR-267, em Caxambu, MG

Segundo órgão, os produtos estavam sendo transportados em caixas de papelão, sem nenhum tipo de refrigeração.

 Fiscalização apreende cerca de 300 Kg de queijos e embutidos em Caxambu (Foto: IMA)
Cerca de 300 quilos de queijos e embutidos foram apreendidos nesta quarta-feira (11/07) na BR-267, em Caxambu (MG). Segundo o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), os produtos estavam sendo transportados em caixas de papelão, sem nenhum tipo de refrigeração.
Entre os produtos apreendidos estão peças de queijo do tipo muçarela e palito, além de algumas peças de carne embutida. Conforme o IMA, o motorista disse que os produtos seriam comercializados no Rio de Janeiro, mas alguns deles só tinham autorização para ser vendidos em Piumhi (MG). Outros não tinham nenhum tipo de selo municipal, estadual ou federal.
Os produtos apreendidos foram encaminhados para o aterro de Caxambu, onde seriam destruídos.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário