Homicídio: Identificado o corpo encontrado em Campanha-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

PUBLICIDADE

Homicídio: Identificado o corpo encontrado em Campanha-MG

Compartilhar isso

O cadáver estava com sinais de violência e em estado avançado de decomposição em meio do mato


O corpo encontrado em Campanha no último sábado (16/03) em uma mata com sinais de violência, foi identificado no começo dessa semana pelos familiares de Cambuquira-MG.
Segundo informações da Polícia Civil, um dos irmão que assistiu a reportagem do Alô Alô Cidade, reconheceu a enxada e ligou rapidamente para Polícia para avisar do irmão que tinha desaparecido carregando uma ferramenta com as mesmas características encontrada junto ao corpo. A Polícia técnica chamou a família e com o trabalho de praxes conseguiram comparar vários vestígios coletados pela perita, confirmando então, a identidade do corpo de José Márcio Lemes, de 45 anos, natural de Cambuquira-MG.
Segundo informações, após a necropsia, foi confirmado o homicido. O corpo já estava no local a mais de 10 dias até ser encontrado por dois trabalhadores que fazia a limpeza do pasto na área rural em Campanha, as margens da estrada da barragem.

Corpo de José Márcio Lemes, de 45 anos, natural de Cambuquira-MG
foi encontrado em Campanha - Foto: Arquivo pessoal

Segundo informações da Polícia, o rapaz estava desaparecido a mais de 60 dias e seus familiares entraram em contato com a PM, pedindo ajuda para encontra-lo. Ainda segundo a PM, a vítima tinha transtornos mentais e saiu de casa com os objetos encontrados junto ao corpo na mata.
O corpo foi liberado para a família e sepultado no Domingo (17/03).

A Polícia seguira com as investigações para chegar até o autor ou autora do homicídio e qual a motivação do crime. 




O caso

Um corpo foi encontrado em uma mata por dois trabalhadores na zona rural da cidade da Campanha no começo da tarde do último sábado (16/03).
Segundo informações da Polícia Militar, eles foram acionados através de denuncias e ao chegar no local, foi confirmado que se tratava de um corpo do sexo masculino em estado de putrefação. No local ao lado do corpo, haviam uma sacola contendo uma calça de cor cinza, velas brancas e várias caixas de fósforos. Uma enxada e um guarda-chuva, também estavam próximo do cadáver. A enxada, estava caída próximo da cabeça que aparentava ferimentos de golpes.

A Polícia Civil realizou perícia no local e liberou o corpo para a remoção e, em seguida a funerária encaminhou o cadáver direto para o IML em Três Corações, onde foi possível fazer a necropsia. No exame, constatou que causa da morte foi com golpes na cabeça e que já faziam mais de uma semana que ele estava na mata, por isso, o estado avançado de decomposição.

Publicidade

spider