Jovem é preso por planejar atentado contra o Presidente Jair Messias Bolsonaro em Três Corações-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

PUBLICIDADE

Jovem é preso por planejar atentado contra o Presidente Jair Messias Bolsonaro em Três Corações-MG

Compartilhar isso

Após ser detido pela Polícia Militar de Três Corações, o suspeito foi levado para Delegacia da Polícia Federal em Varginha e apresentado para o Delegado de Polícia para as demais providências


Um rapaz de 25 anos foi identificado e preso, acusado de planejar um atentado contra o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, durante a visita do Presidente em Três Corações, MG.

Jair Bolsonaro foi participar da solenidade de formatura do curso de Sargentos do Exército Brasileiro, EsSA (Escola de Sargento das Armas), na sexta-feira (29/11). O suspeito foi identificado no interior do batalhão por outra pessoa, como sendo autor de publicações nas redes sociais que continham ameaças ao Presidente além de críticas ao Exército.
Presidente Jair Messias Bolsonaro em Três Corações-MG - Foto/reprodução: EsSa
Pedro Venicio Souza Rodrigues Ferreira, de 25 anos, tatuador, relatou que entrou na EsSA por meio de uma empresa terceirizada, da área de limpeza. Ele acrescentou que o fez por inconformismo político e por ironia.

Diante dos fatos, o autor foi encaminhado à sede da Polícia Federal em Varginha, onde assumiu as publicações, mas garantiu que já haviam sido apagadas do seu Instagram.

A PRISÃO

Durante a Solenidade de Formatura do Curso de Sargentos do Exército Brasileiro, na sede da Escola de Sargento das Arma (EsSa), ocasião em que o Excelentíssimo Senhor Presidente Jair Messias Bolsonaro se fazia presente, foram realizadas todas as medidas de segurança para manter a ordem Nacional.
Publico da formatura da Escola de Sargentos das Armas - Foto/reprodução: EsSa.

Suspeito: Pedro Venicio Souza
Rodrigues Ferreira, de 25 anos - Foto: PMMG
Segundo informações do Boletim de Ocorrência registrado pela Polícia Militar, no referido Batalhão, o autor Pedro Venicio Souza Rodrigues Ferreira, de 25 anos, foi abordado por alguma pessoa, pois havia publicado em rede social, Instagram, vídeos e fotos realizados por ele, que comprometiam a segurança nacional e ameaça ainda com o feito, frustar a Solenidade. Só que diante da abordagem, retirou-se do local. 

As informações foram repassadas pelos serviços de inteligência do governo e após conhecimento e conferência, constataram que no referido vídeo, o indivíduo ameaça o senhor Presidente da República. 

Em seu vídeo publicado, demostrou que: ''Estaria analisando toda a situação, toda a área, para poder bolar seu plano que, na hora em que o Presidente chegasse ao referido batalhão, iria acertar ele.'' 

Além disso, em fotos também publicadas na referida rede social, o autor demostra em uma o seguinte: Que ''inicia-se aqui a sequência de histórias onde estou infiltrado na toca do lobo, melhor dizendo, Exército Brasileiro!'' 

E em outra, na qual mostra o rosto ao fundo, um mural sobre a arma da cavalaria: ''Arte da Guerra: mantenha os amigos próximos e os inimigos mais próximos ainda.'' 
Prints das suposta ameaça - Foto: PMMG

Em razão da ameaça e da iminência e comprometimento da segurança, já que o indivíduo estava no Batalhão e com acesso às dependências, foram enviados reforços na tentativa de localizá-lo, tendo sido possível, após as diligências necessárias em localizá-lo em sua residência. 

Em conversa, sem constrangimento ou qualquer tipo de coação, o autor relatou que realizava trabalho eventual para a empresa terceirizada de limpeza que presta serviço na unidade Militar, e que realmente realizou as filmagens e fotografias, acrescentando que as realizou por ironia, por inconformismo político, já que possui um posicionamento político de centro-esquerda, esquerda, mas que não integra qualquer entidade de classe.
Prints das suposta ameaça - Foto: PMMG





Ressalto que havia sido também publicados vídeos menosprezando o Exército Brasileiro, e que todos foram produzidos dentro da EsSa, à exceção de outro, segundo o autor, no qual dava menção de ''lixar uma escova de dente'', enquanto mantinha na tela a inscrição: ''preparando minha faca para o Bolsonaro e aqui era a regra da rua.'' 

O perfil do Instagram utilizado pelo autor é ''Paintattoo_'', porém relatou ter excluído todas as publicações atinentes ao fato. Diante dos fatos, foi lhe dada voz de prisão em flagrante, tendo sido garantido seus direitos constitucionais, bem como resguardada sua integridade física. Ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia Federal em Varginha.

Com o autor foi apreendido 1 telefone celular e 1 cd com imagens e vídeo produzidos pelo autor.