Select Menu
-

Slider

DPVAT NACIONAL

DPVAT NACIONAL
Contato: (35) 9172-5979

Denuncias anônimas ajudaram a PM a tirar traficantes das ruas de Três Pontas, MG

01/07/2015 13:41
Drogas apreendidas - Fotos: PM
A Polícia Militar desbancou ponto de tráfico de drogas na cidade de Três Pontas nessa segunda-feira (29), com ajuda de denúncia anônima.
Segundo a Polícia Militar, por volta das 12:00h, após receber denúncia anônima, a equipe da Polícia Militar compareceram a residência de um jovem de 19 anos, conhecido por “Lucão”, onde estaria ocorrendo tráfico de drogas. Ao chegar à casa, situada na Rua Prefeito Francisco Ximenes de Oliveira, no bairro Conjunto Ouro Verde, os militares abordaram “Lucão” e dois menores, ambos de 17 anos. A PM também realizou buscas na residência, porém nada de ilícito foi localizado.
Ao vistoriar a residência de um dos adolescentes envolvidos, na Rua Francisco Garcia de Miranda Júnior, bairro Vale do Sol, porém, foram localizadas 125 buchas de maconha, 89 papelotes de cocaína e R$ 430,00 em dinheiro. 
Após o fato, um dos menores, juntamente com um rapaz de 23 anos, também envolvido no crime, tentaram fugir, mas foram detidos pelos policiais militares. 


Os adolescentes foram apreendidos e os autores presos e após todos foram encaminhados à Delegacia de Três Pontas. A Polícia Militar agradece ao apoio da comunidade na luta contra as drogas através de denúncia anônima. Em caso de crimes, não hesite, acione a PM imediatamente através do 190 ou disque denúncia 181. O sigilo é garantido.


Informações: Assessoria de Comunicação da Polícia Militar - 24º BPM
-

Motociclista morreu no local após ser atingido por carro desgovernado. Outras duas pessoas foram encaminhadas ao hospital com ferimentos.


01/07/2015 13:04
Acidente envolve três veículos e deixa uma pessoa morta em Cachoeira de Minas (Foto: Reprodução EPTV)

Um motociclista morreu após se envolver em um acidente com outros dois veículos no final da manhã desta terça-feira (30) no KM-08 da Rodovia MG-173, em Cachoeira de Minas MG. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, um carro que seguia na pista no sentido Pouso Alegre MG teria perdido o controle do veículo, invadido a pista contrária, batido em uma motocicleta e em seguida em uma caminhonete.
Ainda conforme a Polícia Militar Rodoviária, o condutor da moto morreu no local. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Pouso Alegre. Os motoristas dos outros veículos tiveram ferimentos leves e foram encaminhados ao hospital de Carmo de Minas.


Informações: Polícia Militar Rodoviária
Leia mais no G1
-

Empresa de transporte de valores é acusada de furtar R$ 22,7 mi que seriam depositados em caixas eletrônicos



30/06/2015 14:01
Proprietários da Embraforte são indiciados por golpe milionário no Sul de Minas - Fotos: Jornal O Tempo
A Polícia Civil indiciou e pediu a prisão preventiva de três sócios e de um funcionário da extinta Embraforte, empresa de transporte de valores que tinha sede em Belo Horizonte. Os envolvidos são suspeitos de roubar R$ 22,7 milhões do Banco do Brasil (BB). Segundo o inquérito policial, obtido com exclusividade por O TEMPO, os donos da empresa coagiam seus vigilantes a abastecer os caixas eletrônicos com valores menores que os declarados ao sistema do banco. A Embraforte é também alvo em outro inquérito, esse da Polícia Federal tendo a Caixa Econômica como vítima.
A empresa de valores prestou serviço ao Banco do Brasil entre 2007 e 2013, em Belo Horizonte e em duas cidades, Varginha e Passos no Sul de Minas, . O pedido de prisão feito em 12 de junho é contra os donos da Embraforte – Marcos André Paes de Vilhena e seus filhos Pedro Henrique Gonçalves de Vilhena e Marcos Felipe Gonçalves de Vilhena – e o gerente da empresa e braço direito dos proprietários, Mário Pereira de Carvalho.
O roubo. A investigação da Polícia Civil apontou que os malotes saíam da Embraforte para abastecer os caixas eletrônicos com a guia de controle trazendo um valor maior que o montante presente no pacote. Quando abriam o malote para colocar o dinheiro no caixa, os vigilantes percebiam a divergência, porém eram coagidos a indicar no sistema bancário que o abastecimento estava sendo realizado com o valor devido.
Vários funcionários confirmam o esquema em seus depoimentos. Eles afirmam que a maioria dos caixas eletrônicos tinha que ser abastecido com R$ 220 mil, mas apenas R$ 110 mil eram de fato repassados aos terminais. Quando questionavam seus superiores, eram informados de que a operação era realizada com ciência do Banco do Brasil.
Com acesso às datas das auditorias feitas pelo banco, a empresa reabastecia os caixas um dia antes – o dinheiro era levado dentro de sacos de lixo em carros pequenos, segundo depoimentos.
O banco começou a perceber o problema em 2013 ao estranhar a reclamação de clientes de que não havia dinheiro nos caixas, mesmo com o sistema apontando o contrário. Além disso, apesar de as auditorias não apontarem falta de dinheiro no equipamento, os valores das cédulas não batiam com a descrição das guias de depósito. Ao conferir, o BB rastreou alterações não programadas nos caixas feitas pela Embraforte.
Após a constatação da fraude, Marcos Vilhena teria reconhecido o rombo em reunião com o banco e se comprometido a devolver o valor, o que não aconteceu.


O grupo esteve à frente da Embraforte entre 2006 e janeiro de 2014, mas não há no inquérito informações sobre por quanto tempo o roubo foi praticado. O delegado responsável pelo pedido de prisão, Cláudio Utsch, no entanto, afirma no inquérito que o esquema se deu na sombra do prestígio da irmã e tia dos donos da Embraforte, a secretária de Estado de Planejamento entre os anos de 2006 e 2014, Renata Vilhena. “O poder de Renata esteve sempre pronto a auxiliar o irmão (Marcos Vilhena)”, consta no inquérito. Procurado nesta quarta pela reportagem, Cláudio Utsch não quis se pronunciar.


Justiça
Andamento. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) não localizou o processo com base nos nomes das partes, fornecidos pela reportagem. Não há, portanto, informação sobre o pedido de prisão.

Suspeitos negam crimes e dizem que foram ‘saqueados’

Em seus depoimentos, Marcos André Paes de Vilhena e dois de seus filhos – Pedro Henrique Gonçalves de Vilhena e Marcos Felipe Gonçalves de Vilhena – negam qualquer apropriação indevida de dinheiro. Marcos André disse que nunca deu ordem para depósitos em quantias menores, mas admite que houve “diferença de valores” e tenta jogar a culpa para os funcionários. Segundo ele, houve uma “desorganização na empresa em decorrência de um movimento realizado por funcionários”.

Marcos André isenta os filhos de qualquer participação no esquema. Em seus depoimentos, eles negaram fraude e declararam que a situação chegou ao ponto de a empresa ser completamente depredada e saqueada por empregados. Mário Pereira de Carvalho, o quarto indiciado, não foi ouvido porque teria se mudado para o Rio.

Desconfiança

Antes de confirmar a fraude, o Banco do Brasil já havia reduzido o montante de dinheiro repassado à Embraforte. A redução preventiva teve início em janeiro de 2013, mas no segundo semestre do mesmo ano, o banco teve que aumentar novamente a quantia para dar conta da demanda do pagamento dos servidores do governo do Estado, que recebem pelo banco desde 2006.

Leia mais no: O Tempo
- - -

O acidente aconteceu próximo a cidade de São Sebastião da Bela Vista, MG, rodovia Fernão Dias

30/06/2015 10:37


Acidente com caminhonete deixa uma pessoa morta na BR-381 - Fotos: Alô Alô Cidade

Image and video hosting by TinyPic

O acidente aconteceu na madrugada de hoje (30), por volta das 3:30h no KM-838.
Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas neste acidente. Ainda segundo a PRF, o motorista de uma caminhonete Chevrolet S10 com placas de Jundiaí, SP, perdeu o controle da direção e saiu da pista, bateu em um muro de proteção e uma das passageiras de 38 anos veio a óbito no local. O motorista de 39 e o outro passageiro de 59 anos seguiam para São Paulo, SP e ficaram feridos. O Corpo de Bombeiros e Equipe da Auto Pista fizeram os resgates e encaminharam os feridos para o Hospital de Pouso Alegre, MG.



Da redação: ALÔ ALÔ CIDADE
- -

Photo Exhibition 2015. A Exposição em comemoração aos Jogos Pan-Americanos 2015 no Canadá

30/06/2015 09:06
"United by the same sky” -  Varginha-MG (Brazil) - Foto: Gustavo Pereira Arantes (Thibé)


As fotografias foram julgadas por uma comissão liderada por Stuart Keeler que é um dos responsáveis pela organização do evento e representa diretamente a TheHispanic Canadian Arts & Cultural Association, onde somente as melhores foram escolhidas para exposição e estar tanto em uma exposição internacional quanto representar o Brasil em forma de arte durante o evento Pan Americano 2015 é um sonho que se torna realidade diante de tantos esforços e trabalho árduo.


Thibé - Foto: Facebook
Gustavo Pereira Arantes ou ''Thibé'', como é conhecido tem 32 anos, fotógrafo profissional com curso de extensão em Harvad University e amante fotográfico autoral, natural de Elói Mendes, mas Varginhense de coração, vai ter a honra de representar o Brasil na mostra internacional "PAN AMERICAN PHOTO EXHIBITION 2015”, dentre 41 países, único representante brasileiro a expor um trabalho em Toronto (Canadá) nos Jogos Pan-Americanos 2015, onde a fotografia selecionada será exposta a visitação junto com os demais 40 artistas selecionados para o evento. 
Além do Brasil, 40 outros Países tem sua arte fotográfica registrada, como Argentina, Bolivia, Canada, Chile, Cuba, México e Estados Unidos.


As fotografias serão expostas de 25 Junho a 15 de Agosto de 2015 em quatro locais:


  • HCACA galeria site a partir de 25 junho - 15 agosto;
  • A Galeria de Arte de Mississauga a partir de 2 julho - 13 setembro;
  • *Metro Hall, em Toronto, 27 junho - 2 julho;
  • *The Assembly Hall Gallery in Etobicoke, 23 julho - 15 agosto;
Foto original:

"United by the same sky” -  Varginha-MG (Brazil) - Foto: Gustavo Pereira Arantes (Thibé)

Da redação: ALÔ ALÔ CIDADE
- - -

A adição do tempo vai acontecer amanhã, 30 de junho para 1º de julho. 


29/06/2015 18:53
Teremos um segundo a mais em 2015 - Foto/divulgação

Ele será adicionado ao Tempo Universal Coordenado (UTC), que usamos atualmente, com o objetivo de corrigir diferenças em relação ao anterior Tempo Universal (TU1), que lhe serve de balizamento. Mas por que isso será feito? A rotação do nosso planeta registra variações irregulares representadas pelo TU1. Porém, os relógios atômicos, baseados em frequências muito estáveis de oscilação, permitem uma composição do TU1 com o denominado TAI (Tempo Atômico Internacional), resultando no UTC, que não pode, no entanto, ultrapassar diferenças de 1 segundo de tempo.
Antes de meados do século 20 já se sabia, na prática, que a Terra não girava regularmente, fato verificado através de observações astronômicas, utilizando na época relógios de pêndulo de alto desempenho. Assim sendo, a Terra não serviria mais para gerar um relógio preciso o bastante para certas finalidades. A evolução dos relógios para contornar esse problema chegou aos padrões atômicos (em meados do século 20), cuja precisão e regularidade permitem seu uso nas mais importantes atividades humanas, como as que operam com satélites GPS, por exemplo. Sua variação não ultrapassa 1 segundo em algumas centenas de milhões de anos.

Os laboratórios que mantêm relógios atômicos no mundo (inclusive o nosso no Observatório Nacional) geram uma hora que compõe o chamado Tempo Universal Coordenado (UTC), o qual representa a média do comportamento desses relógios atômicos a nível internacional. Na prática, no entanto, o padrão Terra (oscilador  natural), ao qual estava anteriormente associado o tempo universal de Greenwich (TU1) até 1972, continuou como referência, inclusive, para fins usuais, passando a compor-se de  segmentos do Tempo Atômico Internacional (TAI) de tal forma que o UTC, a rigor, não diferisse, do tempo universal (por acordo internacional) em mais do que 0,9 de segundo. É como se o UTC fosse constituído de degraus compostos de segmentos do TAI, tempo uniforme, "sobrepostos" ao tempo universal.

O tempo (hora) que a maior parte das pessoas utiliza correntemente é composto então de segmentos do TAI, que podem durar até alguns anos, como o último que antecede o acréscimo atual de 1 segundo, ocorrido em 2012. Tal acréscimo, chamado segundo intercalado (leap second), à hora de nossos relógios, previsto ocorrer de 30 de junho de 2015 para 1°de julho de 2015, se prende ao acordo internacional citado acima. Convém chamar atenção de que esse fato, em geral, não afeta perceptivelmente nossa vida cotidiana, importando mais fortemente nas atividades relacionadas ao meio científico/tecnológico e em menor escala em algumas atividades ligadas às esferas industrial e comercial, caso, por exemplo, de documentações eletrônicas certificadas via carimbo do tempo pelo Observatório Nacional. 

Colaboradores: Astrônomo do Observatório Nacional e Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica
-

Modelo sem contato direto com o solo pode reduzir em até 50% o uso de defensivos. Minas Gerais é o maior produtor do país


29/06/2015 18:45
Produtores do Sul de Minas investem em sistema alternativo e cultivam ‘morangos suspensos’ - Fotos: Tiago Crispim

Produtores de morango do Sul de Minas estão optando por um sistema alternativo para o cultivo de morangos, conhecido como semi-hidropônico ou “morangos suspensos”. A técnica de plantar morangos sem o contato direto com o solo traz benefícios, como a redução do uso de defensivos e uma incidência menor de doenças e pragas.
A maior parte dos produtores de morango utiliza o sistema tradicional, ou seja, o morango plantado no chão, em túneis baixos e desprotegidos. Essa técnica expõe mais a fruta ao ataque de pragas e doenças. “A maior parte das doenças do morango pode vir do contato com o solo”, explica o coordenador de Fruticultura da Emater-MG, Deny Sanábio.

Já o sistema de morangos suspensos protege melhor a planta. Nessa técnica, o produtor consegue controlar melhor a temperatura e a umidade do ambiente, evitando doenças fitossanitárias. A incidência de pragas e doenças é menor, pois a plantação está protegida e longe do solo. Com isso, utiliza-se menos defensivos na lavoura. “A redução pode ser de até 50%. Isso é bom para o produtor, que se expõe menos a esses produtos”, diz Sanábio.
Outro ponto positivo é que o manejo da lavoura é feito em pé e não agachado, como no sistema tradicional. Segundo Deny Sanábio, o tempo de colheita também aumenta e possibilita ao produtor antecipar essa etapa e disponibilizar o seu produto com antecedência no mercado. De acordo ainda com o coordenador, a produtividade por área da lavoura com os morangos suspensos pode ser de até 30% a mais em relação ao modelo tradicional.

No método de cultivar morangos fora do solo, a lavoura fica dentro de uma estufa, que protege as plantas das ações climáticas. Nesse local são montadas diversas bancadas. Em cima delas é colocado o mulching, que é um plástico com furos apropriado para esse tipo de plantio. Um substrato composto é colocado dentro desse plástico. É também no mulching que são instalados os sistemas de irrigação por gotejamento e de fertirrigação (nutrientes dissolvidos na água).
Depois, é feito o plantio das mudas de acordo com as aberturas no plástico. “Esse sistema é uma boa alternativa. O morango produzido deve ser comercializado de forma diferenciada, criando um marketing de qualidade do produto e, por isso, deve ser mais valorizado. Porém, o custo inicial de investimento é alto”, diz Deny Sanábio.
Altair Pereira, produtor do município de Bom Repouso, Sul de Minas, produz morangos no modelo semi-hidropônico. A lavoura de morangos suspensos possui 50 mil plantas e, por ano, produz 50 mil quilos. Segundo Altair, o custo inicial de investimento para produzir morangos suspensos é cinco vezes maior do que na técnica convencional. Apesar disso, ele diz que é uma boa alternativa.
“Economiza-se muito com mão de obra, cerca de 50%. Também gastamos menos com produtos. Para o controle de doenças e pragas, utilizamos apenas produtos orgânicos e biológicos. Além disso, os morangos são mais uniformes e mais resistentes”, diz Altair Pereira.

Produção mineira

Minas Gerais é o maior produtor de morangos do país, seguido por Paraná e Rio Grande do Sul. Em 2014, o estado produziu 72,7 mil toneladas numa área plantada de 1,79 mil hectares. Para 2015, a estimativa é uma produção de 81,9 mil toneladas em 1,8 mil hectares plantados. A região Sul é a maior produtora de morango, com uma produção estimada para este ano de 64 mil toneladas, numa área de 1,4 mil hectares.

Informações: Agência Minas
- -

Agricultores e fornecedores se reúnem para aprimorar plantio e colheita do grão, fortalecendo a economia cafeeira do Estado

29/06/2015 18:29
ExpoCafé 2014 - Fotos: Bruno Lavorato


A cidade de Três Pontas, no Sul de Minas, vai sediar, nesta semana, a 18ª edição da Expocafé, maior feira do agronegócio do café no Brasil. Dos dias 1º a 3 de julho, visitantes terão a oportunidade de conhecer as principais novidades e tecnologias para o setor, além de poder participar de minicursos gratuitos oferecidos pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) em parceria com a Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas (Cocatrel). Vinte e duas mil pessoas são aguardadas no evento.

A programação inclui exposição de produtos e serviços para o manejo do café. Serão 150 estandes instalados na fazenda experimental da Epamig, localizada na MG-167. Técnicos da empresa vão demonstrar o funcionamento de máquinas e implementos. O objetivo é melhorar a renda e a qualidade de vida do produtor rural, dando impulso à geração de empregos no setor. Na edição 2014, foram fechados cerca de R$ 220 milhões em negócio.

Cafeicultor há 30 anos na cidade de Itamogi, no Sul de Minas, João Batista Marques aproveitou edições anteriores para modernizar sua lavoura. “Mecanizar o campo é fundamental para o agricultor, pois contribui para que os pés de café rendam o máximo. Na feira, temos contato com o que há de mais tecnológico para as plantações”, comenta. Outra preocupação do agricultor é o combate às doenças do campo. Conhecida como “olho-de-pomba”, a cercosporiose tira o sono de “Seu” João Batista. “A cercosporiose é, de longe, a pior doença. Ela pode destruir o pé e diminui bastante a produtividade”.

Ciente do problema, a Epamig vai abordar esse e outros males do campo no “Ciência Móvel”, ônibus transformado em laboratório que vai estacionar em Três Pontas durante toda Expocafé. “Seu” João Batista e os demais cafeicultores receberão informações para o combate e controle das pragas na lavoura, protegendo assim a produção. A feira é uma realização entre o Governo do Estado, Cocatrel e Epamig.  


Minas Gerais e o Café
A safra de Minas Gerais prevista para 2015 é de 23,3 milhões de sacas, equivalente à metade do que será produzido no Brasil. De janeiro a maio deste ano, a exportação de café rendeu R$ 1,6 bilhão aos agricultores mineiros. São mais de um milhão de hectares plantados e quatro milhões de empregos diretos e indiretos gerados no Estado pela agricultura do café.

6º Simpósio de Mecanização da Lavoura Cafeeira
Pesquisadores, professores universitários, técnicos e cafeicultores vão se reunir na fazenda experimental da Epamig, no dia 30 de junho, para discutir sobre tecnologia e produção mecanizada do café. O simpósio antecede a Expocafé e é uma oportunidade para os inscritos fazerem intercâmbio de informações sobre o setor.

Serviço
Para conferir toda a programação ou fazer inscrição nos eventos, basta entrar no site http://expocafe.com.br.

Imprensa
O Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, João Cruz Reis Filho, vai participar da abertura da Expocafé 2015, no dia 1/7. Para agendar entrevistas, é só ligar (31) 3915-8553. O personagem João Batista Marques pode ser encontrado no (35) 9961-1476 ou (35) 9132-0955. A assessoria de comunicação do evento está a cargo da Link Comunicação Empresarial, no (35) 8863-8589.

Informações: SEGOV (Governo de Minas)
Fotos: https://www.flickr.com/photos/expocafe/



- - -

O motociclista teve ferimento graves e está internado no Hospital de Três Corações, MG

29/06/2015 17:22
Moto e carro envolvem em acidente no trevo de Cambuquira, MG - Fotos: WhatsApp

O acidente foi por volta das 16:00h, no trevo que dá acesso a cidade de Cambuquira, MG, na BR-267, Rodovia Vital Brazil.
Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o acidente aconteceu, quando uma WV Saveiro vermelha, com placas da Campanha, MG, conduzido por Túlio Reis, foi atravessar o trevo sentido Cambuquira, MG, quando foi surpreendido por uma motocicleta. Ainda segundo a PRF, o condutor da moto, com placa da Campanha, MG, Wericles de Souza, 19 anos, não conseguiu desviar e colidiu na lateral da Saveiro, sendo arremessado em cima do jardim/grama do trevo com ferimentos graves.


Motocicleta da vítima - Fotos: WhatsApp

O condutor do veículo, contou ao Alô Alô Cidade que, ao entrar no trevo ele olhou dos dois lados antes de atravessar com segurança como faz todos os dias, pois ele trabalha em Cambuquira.

Segundo informações de testemunhas, o velocímetro da motocicleta ficou travado a 120 KM/h pós colisão, sendo que na via da BR-267, o limite é de 80 KM/h.

A Ambulância do SAMU, prestou os primeiros socorros à vítima e levaram para o Hospital de Três Corações, onde aguarda uma vaga para a cirurgia da clavícula que foi fraturada.

O condutor do carro, Túlio Reis, está acompanhando e prestando todas as assistência ao envolvido no acidente.

Fotos:









Da redação: ALÔ ALÔ CIDADE

- - -

O caminhão estava carregado com manilhas e canos de PVC

29/06/2015 16:17
Um caminhão tombou no final da manhã desta segunda feira (29), no trecho da BR-460 próximo ao limite dos municípios de Carmo de Minas e Olímpio de Noronha.
Caminhão tomba na BR-460 entre Olímpio Noronha e Carmo de Minas, MG - Fotos: Rogério Brasil/O Popular.net

De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, por volta das 11:35h, o motorista do caminhão Mercedes Benz, de cor amarela e placas de Heliodora, MG, teria perdido o controle do veículo em uma curva, vindo a tombar e ficando atravessado na pista, bloqueando o trânsito de veículos nos dois sentidos. No caminhão estavam o motorista e mais dois chapas.


Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros de São Lourenço e do SAMU, receberam o chamado e se deslocaram de imediato para o local do sinistro, onde após socorrerem o motorista e um dos chapas, ainda venceram o desafio de retirar das ferragens com vida um dos ocupantes do caminhão. Trabalho este que só foi possível devido ao auxílio de um trator, que levantou o veículo, para que as equipes de resgate pudessem retirar a vítima.


Embora a grande cena de destruição tivesse assustado a pessoas que presenciaram o acidente, ninguém ficou gravemente ferido. A Polícia Militar Rodoviária controlou o trânsito dos veículos até a liberação da pista.


Fotos:











Informações: Polícia Militar Rodoviária
Leia mais no O Popular.net
- -

O acidente foi próximo ao Vale das Pedras no KM-214

28/06/2015 19:28
Ontem (27), por volta das 17:00h, um veículo perdeu o controle caiu em uma ribanceira na BR-491, KM-214, trecho que liga Elói Mendes e Paraguaçu, MG.
Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o carro capotou, vindo a pegar fogo depois de cair na ribanceira. Ainda segundo informações do Corpo de Bombeiros, o ocupantes já tinham sido socorridos por terceiros com ferimentos leves.

Carro pega fogo depois de cair em ribanceira n BR-491 - Fotos: Corpo de Bombeiros
A identidades do ocupantes do veículo não foi revelado

Fotos:





Da redação: ALÔ ALÔ CIDADE
- - -

Homem dirigia pela BR-491 quando invadiu a pista contrária e bateu. Segundo os Bombeiros, vítima foi socorrida e levada para o hospital.

28/06/2015 19:14
Carro bate de frente com carreta em Varginha, MG - Fotos: Corpo de Bombeiros


Um motorista ficou ferido após bater o carro de frente com uma carreta neste domingo (28) em Varginha MG. Segundo o Corpo de Bombeiros, Gleidson Henrique Amorim dirigia pela BR-491, próximo ao KM 252, quando perdeu o controle da direção, entrou na pista contrária e provocou o acidente.
De acordo com os bombeiros, a suspeita é de que ele tenha se abaixado para pegar algum objeto no chão do carro e não conseguiu controlar mais o volante. Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista da carreta também não conseguiu desviar do veículo.

A vítima foi socorrida pelo Samu e levada para o Hospital Bom Pastor com suspeita de traumatismo craniano. Segundo o hospital, ele passa por exames. Já o motorista da carreta não ficou ferido.

 Fotos:








Informações: Corpo de Bombeiros
Leia mais no G1
- -

Anuncie aqui ↓

Anuncie aqui ↓
Contato: (35) 9172-5979 saiba mais ↑

Canal do ALÔ ALÔ CIDADE

Cotações

Dólar

Notícias e Cotações