Select Menu

anuncie

Slider

Anuncie

Empresas do segmento podem se inscrever para participar de estandes coletivos no Minas Trend. Evento reúne compradores de todo o país e do exterior


23/08/2016
Codemig seleciona produtores de moda para o maior salão de negócios do setor no Brasil - Foto: Pedro Paulo da Luz
O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), trará para o Minas Trend, maior salão de negócios de moda do Brasil, representantes das diversas regiões do estado.

Para isso, selecionará empresas dos 17 territórios de desenvolvimento de Minas Gerais, que atuem no setor de vestuário, calçados ou acessórios. Os interessados podem se inscrever pelo endereço http://bit.ly/2bD86La.

As empresas escolhidas terão a oportunidade de comercializar seus produtos em espaços coletivos da Codemig na 19ª edição do Minas Trend, que será realizada de 4 a 7 de outubro deste ano, no Expominas Belo Horizonte, para apresentar as tendências para o outono/inverno de 2017.

O evento, que atrai compradores renomados do país e do exterior, é realizado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e conta com a parceria da Codemig. A seleção será feita por uma equipe curatorial formada por profissionais do setor.

Os participantes dos estandes coletivos do estado também irão concorrer à 3ª edição do Prêmio Empresa Tendência, que tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento dos pequenos produtores da indústria da moda.

Considerado o principal salão de negócios da indústria da moda no Brasil, o Minas Trend incentiva o desenvolvimento dos setores que compõem a cadeia produtiva, integrando criatividade à produção e inovação pelo conhecimento, além de introduzir design e novas tecnologias em segmentos industriais de expressiva representatividade na economia. Também cria oportunidade para que marcas locais exibam seus produtos num espaço privilegiado de projeção e consolidação.

Apoio da Codemig em edições anteriores

No Minas Trend de abril de 2015, a Codemig havia promovido a primeira edição do Prêmio Empresa Tendência, a fim de estimular a produção dos pequenos empreendedores da moda no estado. As inscrições foram abertas para empresas do interior de Minas Gerais, nas categorias de vestuário, bolsas, calçados e joias/bijuterias, que participaram como expositores do evento.

Os vencedores do Prêmio foram: Roberta Brandão (Juiz de Fora), na categoria Vestuário; e Simone Salles (Lagoa Santa), na categoria Joias e Bijuterias. Elas foram contempladas com estande gratuito na edição seguinte do Minas Trend, em outubro de 2015, incluindo montagem básica. As inscrições para a premiação foram abertas para empresas do interior de Minas Gerais, avaliadas durante o evento por jornalistas de moda especialmente convidadas — Gloria Kalil, Lilian Pacce e Consuelo Blocker, filha de Costanza Pascolato.

Durante o 17º Minas Trend, em outubro, a Codemig anunciou um novo edital de fomento: o Prêmio Empresa Tendência. Após sua primeira edição ter sido realizada em abril, a segunda veio com novidades: a premiação passou a ser oferecida por meio do edital de seleção pública, lançado naquele mês.

A iniciativa, promovida em parceria com a Fiemg, estimulou a indústria da confecção, calçados, bolsas e acessórios em geral. Além disso, valorizou a excelência na gestão, o empreendedorismo e a inovação nos processos produtivos do setor, proporcionando aumento da competitividade dos produtores mineiros nos mercados nacional e internacional. Uma nova edição do prêmio anual deve ser lançada no segundo semestre deste ano pela Codemig.

No 18º encontro, entre os dias 4 e 7 de abril deste ano, a Codemig fomentou o Salão de Negócios da edição Primavera Verão. Centenas de compradores e expositores fizeram parte da iniciativa. O alvo da Codemig nessa ação foi promover a integração regional do Estado. O apoio ao Minas Trend integra as ações do Minas de Todas as Artes — Programa Codemig de Incentivo à Indústria Criativa.

Minas de Todas as Artes e setor da moda

O fomento da Codemig à moda integra o Minas de Todas as Artes – Programa Codemig de Incentivo à Indústria Criativa, lançado em agosto de 2015. A iniciativa estratégica busca fomentar o desenvolvimento de novos negócios que gerem empregos, renda e riquezas para o estado. Até o fim de 2018, serão investidos mais de R$ 20 milhões em iniciativas de valorização dos setores de moda, gastronomia, audiovisual, design, música e novas mídias.

A Indústria Criativa constitui a cadeia produtiva composta pelos ciclos de criação, produção e distribuição de bens e serviços que usam criatividade e capital intelectual como insumos primários.

A cadeia produtiva da moda oferece importante contribuição à economia do estado. Em 2013, gerou riquezas no valor de R$ 3,3 bilhões. Os dados são de uma pesquisa encomendada pela Codemig à Fundação João Pinheiro. O estudo revelou que, em 2014, os empregos do setor corresponderam a 15,2% da indústria de transformação e a moda impulsiona a economia de 135 municípios de Minas, onde o setor tem peso maior na produção industrial do que a média do estado.


-

A vítima chegava do trabalho e foi surpreendido pelo bandido na porta da garagem de casa. A Polícia está na frente do caso, mas até o momento ninguém foi preso.

22/08/2016
Comerciante sofre assalto na porta de casa em Campanha, MG - Fotos: Alô Alô Cidade
Um comerciante de 58 anos foi vítima de assalto no último sábado (20/08), por volta das 21hs, no centro da cidade da Campanha, MG.
Segundo informações filho da vítima que não quis se identificar, seu pai e ele estavam chegando do trabalho, quando ao entrar na casa foram surpreendidos pelo bandido que chegou anunciando o assalto, colocando a arma no pescoço do comerciante. O filho assistiu tudo de dentro de casa e não pode fazer nada. O filho entrou primeiro, logo o pai entrou pela garagem quando tudo aconteceu. O bandido depois de roubar tudo que tinha nos bolsos da vítima fugiu sentido ignorado. Imagens de câmeras de segurança dos vizinhos registraram a ação podendo ajudar nas investigações e na prisão do bandido. A quantia roubada não foi revelada.
-

O aplicativo Candidaturas 2016 já está disponível para download nas lojas da Apple Store e Google Play. 

22/08/2016
Aplicativo Candidaturas 2016 já pode ser baixado para dispositivos móveis - Foto/reprodução

A ferramenta permite que o eleitor tenha acesso por meio de dispositivos móveis às informações dos candidatos que irão concorrer às eleições municipais de outubro. Este ano, o App traz uma novidade: o eleiotr vai poder acompanhar a prestação de contas na palma da mão.
É bem simples de manusear o App. Ao abrir, o usuário deve selecionar o estado do candidato e depois a cidade desejada. É possível obter informações dos postulantes aos cargos de prefeitos e vice, além de poder conhecer todos os vereadores. Escolhido o candidato a ser pesquisado, o eleitor poderá ter acesso às informções como dados pessoais e declaração de bens, como também detalhes do registro. O aplicativo traz ainda possibilidade de favoritar o candidato, ou seja, o eleitor pode criar uma lista de “favoritos” com as informações dos candidatos nos quais pretende votar.
Todas as informações são obtidas diretamente das bases de dados do Tribunal Superior Eleietoral e atualizada 3 vezes ao dia, 8h, 14h e 19h. São informações disponíveis no App: nome completo do candidato, nome para a urna, número, situação do registro da candidatura, cargo, partido, coligação, link para o site do candidato e ainda informações de prestação de contas. O mesmo conteúdo do aplicativo está disponível no portal do TSE, onde é possível obter os dados completos dos registros de candidaturas em todo o Brasil, por meio do sistema de divulgação de candidaturas, o DivulgaCand.
Outros Apps
Para estas eleições serão lançados ao todo 11 aplicativos. Já estão no ar o Agenda JE que apresenta o Calendário Eleitoral e o JE Processos permite o acompanhamento do trâmite dos processos do Sistema de Acompanhamento Processual e do Processo Judicial Eletrônico.

Clique na foto ou baixe aqui

Reproduzido do site do TSE
- -

Duas empresas de extração foi paralisadas por situação irregular

21/08/2016
Polícia Militar do Meio Ambiente fiscaliza extração mineral na região - Fotos: PM
A 17ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito desencadeou, entre os dias 10 e 16 de agosto, Operação de Fiscalização de Extração Mineral. As fiscalizações aconteceram nas cidades de Baependi, Careaçu, Caxambu, Cordislândia, Itajubá, Piranguinho, Pouso Alegre, Santa Rita do Sapucaí, São José do Alegre, São Lourenço, São Sebastião da Bela Vista, São Gonçalo do Sapucaí, Silvianópolis e Soledade de Minas e visaram à preservação ambiental.Houve fiscalização em 74 empreendimentos, sendo que 02 empreendimentos, um em São Gonçalo do Sapucaí e outro em Baependi, estavam em situação irregular e foram paralisados.


Informações: Assessoria de Comunicação Organizacional da 17ª Cia PM Ind MAT
- - -

O Autor ainda confessou para Polícia Militar. O homem foi preso em flagrante e liberado após depoimento.

19/08/2016
Crueldade: Homem mata cachorro com enxadada em Campanha, MG - Fotos: Alô Alô Cidade
Um homem foi preso na madrugada desta sexta-feira (19/08), após confessar para Polícia que matou o cachorro com golpes de enxadadas em Campanha, MG. A Polícia Militar foi acionada através de denuncias anônimas após o ocorrido. Segundo informações da Polícia Militar, o homem acabou confessando tudo, como fez para matar o animal, e sem arrependimento contou o seu ato de crueldade contra o animal indefeso em detalhes. O autor ainda quis argumentar que foi ameaçado e mordido pelo cão, por isso cometeu o crime. O homem disse também, que estava com medo do cachorro morder seus netos. O autor, E.A, de 55 anos morador do bairro Jardim Primavera, foi preso e encaminhado para delegacia de Polícia e liberado após depoimento. Ainda segundo informações da Polícia Militar ele respondera sobre a Nova Lei de Crime de Maus Tratos que foi aprovado este ano.
A enxada foi recolhida e apreendida pela PM. A ferramenta ficou toda suja de sangue do animal.

Vídeo:








LEI

Em Minas Gerais foi aprovado a lei que pune quem praticar maus-tratos contra animais

Pelo texto aprovado na Assembleia, os que maltratarem os bichos estarão sujeitos a multa de até R$ 3 mil. O abandono entrou na lista de crimes

Qualquer ato de maus-tratos envolvendo um animal deverá ser denunciado na Delegacia de Polícia.Aconselhamos que os casos de flagrante de maus-tratos e/ou que a vida de animais estejam em risco, acione a Polícia pelo 190 e aguarde no local até que a situação esteja regularizada. A Lei 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais) prevê os maus-tratos como crime de comina as penas. 
A partir de agora, as pessoas que cometerem atos de covardia e crueldade contra os animais em Minas Gerais vão sentir no bolso a punição. A Assembleia Legislativa aprovou nesta quinta-feira, em segundo turno, a lei que define os crimes de maus-tratos contra os bichinhos e estabelece multa de até R$ 3 mil para quem praticar os delitos. Basta agora a sanção do Executivo para que a norma entre em vigor.

Além das sanções previstas no código penal, que podem levar à prisão, aqueles que maltratarem animais em Minas estarão sujeitos a multa. Além disso, as despesas com o tratamento da vítima serão pagas pelo infrator.

Apesar do avanço com a aprovação da lei, o Legislativo reduziu os valores inicialmente previstos para as punições financeiras. No projeto original, o valor da multa seria de R$ 3 mil para maus-tratos e subiria para R$ 5 mil quando houvesse lesões ao animal e R$ 10 mil em caso de morte. Na versão aprovada esses valores caíram respectivamente para R$ 900, R$ 1,5 mil e R$ 3 mil.

Abandono

Pela regra aprovada, todos estão sujeitos a punição: pessoas físicas, jurídicas, detentores de função pública civil ou militar e quaisquer organizações ou empresas instaladas no estado. É crime lesar ou agredir o animal, causando-lhe sofrimento, dano físico ou morte. Também está entre os maus-tratos obrigar o bichinho a realizar trabalho excessivo, utilizá-lo em lutas e promover nele distúrbio psicológico.

São considerados maus-tratos atos que privem o animal de movimentos que lhe são próprios, mantê-los em locais sem higiene ou que lhes impeçam a respiração e mantê-los com outros que os aterrorizem ou molestem.

O abandono também é crime. Entra ainda na lista do projeto de autoria dos deputados Fred Costa (PEN) e Noraldino Junior (PSC) o fato de deixar de matar o animal quando a eutanásia for recomendada por médico veterinário para evitar seu sofrimento. O texto retirou do rol dos maus-tratos a prestação de serviço de guarda, segurança ou vigilância.

O decreto 24645/34, determina quais atitudes podem ser consideradas como maus-tratos.
Sempre denuncie os maus tratos. Essa é a melhor maneira de combater os crimes contra animais. Quem presencia o ato é quem deve denunciar. Deve haver testemunha, fotos e tudo que puder comprovar o alegado. Não tenha medo. Denunciar é um ato de cidadania. Ameaça de envenenamentos, bem como envenenamentos de animais, também podem e devem ser denunciados.

Exemplos de Maus-Tratos

- Abandonar, espancar, golpear, mutilar e envenenar;
– Manter preso permanentemente em correntes;
– Manter em locais pequenos e anti-higiênico;
– Não abrigar do sol, da chuva e do frio;
– Deixar sem ventilação ou luz solar;
– Não dar água e comida diariamente;
– Negar assistência veterinária ao animal doente ou ferido;
– Obrigar a trabalho excessivo ou superior a sua força;
– Capturar animais silvestres;
– Utilizar animal em shows que possam lhe causar pânico ou estresse;
– Promover violência como rinhas de galo, farra-do-boi etc…

Lei Federal 9.605/98 – dos Crimes Ambientais
- -

Secretaria de Estado de Turismo oferece suporte técnico para os envolvidos e, com as ações, projeta o reconhecimento formal para o primeiro semestre de 2017


19/08/2016
Certificação é meta para oficialização do novo Circuito Turístico da Cachaça Foto: Divulgação/Prefeitura de Salinas
O novo Circuito Turístico da Cachaça no Território Norte de Minas Gerais iniciou a busca pela certificação de reconhecimento estadual. Em reunião junto à Secretaria de Estado de Turismo (Setur), representantes locais e membros analisaram os caminhos para a oficialização da estratégia, já iniciada informalmente, para maior valorização do produto autêntico da identidade mineira.
No encontro de planejamento, explica a diretora de Planejamento das Políticas de Turismo da Setur, Flávia Ribeiro, "foram feitos esclarecimentos e alinhamentos técnicos específicos de cada área".
Além disso, ao final foi elaborado um levantamento das possibilidades de atuação em conjunto por equipe, com foco na instituição definitiva do circuito. A ideia, segundo Flávia, é trabalhar para que o circuito seja capaz de fortalecer o produto e, ainda, criar uma conexão local, assim como ocorre, por exemplo, com a tequila (reconhecidamente mexicana) e a vodka (russa).
Para tanto, a Setur propõe que as ações sejam monitoradas pela Diretoria de Planejamento das Políticas de Turismo, que já é a responsável pela articulação e mobilização do circuito, seus municípios e áreas técnicas.
"A diretoria irá dar o suporte técnico para auxiliar a equipe do novo circuito, para que tenha êxito na obtenção do certificado de reconhecimento", aponta Flávia. "Foi traçado um planejamento de ações em conjunto entre a diretoria e a equipe do circuito, tendo como objetivo a obtenção da certificação já no primeiro semestre de 2017", sinaliza.
A partir de agora, o trabalho da equipe está focado em quatro tópicos: elaboração dos demais documentos técnicos exigidos para a certificação, como o Planejamento Estratégico do Circuito e documentos jurídicos que formalizam a associação dos municípios ao circuito; inventário turístico dos municípios do Circuito Turístico da Cachaça; orientação sobre o papel turístico de cada município associado ao circuito; e a estruturação da sede do Circuito Turístico da Cachaça.
Salinas, Novorizonte, Santa Cruz de Salinas e Taiobeiras, entre outros municípios do Território Norte, já estão entre os integrantes do Circuito Turístico da Cachaça. Além deles, outras cidades com grande potencial na produção de cachaça também podem fazer parte. De acordo com a Secretaria de Estado de Turismo, a possibilidade será discutida junto às prefeituras nos próximos meses.
Certificação
O Certificado de Reconhecimento dos Circuitos Turísticos está previsto no Decreto Estadual nº 43.321/2003 e, por meio da Resolução Setur n° 45 de 2014, possui critérios para o reconhecimento e exercício dos mesmos.
Para requerer o certificado, o circuito deve, entre outros critérios, possuir pelo menos um ano de existência formal, ser constituído por, no mínimo, cinco municípios mineiros de uma mesma região, bem como ser uma entidade sem fins lucrativos.
Conforme informações da Setur, uma vez reconhecido oficialmente, o circuito passa a representar uma instância de governança regional do turismo, Dessa forma, torna-se apta para a execução da Política de Regionalização do Turismo do Estado de Minas Gerais.
Potencial
Segundo dados da diretoria de Pesquisa, Informação e Estatística da Setur, o turismo no Circuito da Cachaça, no ano de 2014, foi responsável por 10,2% do total de estabelecimentos formais da região e por 5,3% do total de empregados formais dos municípios do circuito.
Além disso, entre os anos de 2013/2014 o número de estabelecimentos ligados à atividade turística no Circuito da Cachaça cresceu 5,9%. Já o número de empregados aumentou 15,1%. Os dados foram extraídos da Relação Anual de Informações (RAIS) do Ministério do Trabalho.
Circuitos mineiros
Segundo a Secretaria de Estado de Turismo, Minas Gerais conta com inúmeros Circuitos Turísticos que visam ao fortalecimento da identidade e gastronomia mineira. Um exemplo é o Circuito Veredas do Paraopeba.
“Por meio de parcerias públicas e privadas, vem fortalecendo o turismo e a gastronomia em seus municípios associados, com o desenvolvimento de importantes eventos que já compõem o calendário oficial de eventos do estado. Brumadinho Gourmet e Igarapé bem Temperado são alguns deles”, reforça Flávia Ribeiro, lembrando também as parcerias com os receptivos locais para a oferta de roteiros gastronômicos.
Outro destaque é o trabalho dos Circuitos Integrantes da Rede de Cooperação Técnica para Roteirização Integrada dos Circuitos Pico da Bandeira, Rota do Muriqui e Mata Atlântica de Minas, que trabalham no projeto de implementação do Roteiro Integrado ‘Sabores e Natureza’.
“O roteiro busca agregar a questão gastronômica, alinhada à interação com a natureza, envolvendo a visita a fazendas rurais, produtores de biscoitos, de queijo, comunidades próximas às áreas das reservas florestais e parques da região”, complementa a diretora.

Fonte: Governo de Minas

-

Instituto de Criminalística realiza, em média, mil perícias em assinaturas por ano. Somente nos últimos dois ano, foram registradas 855 ocorrências de fraude


19/08/2016
Polícia Civil alerta população para cuidados na hora de assinar documentos - Foto/divulgação

Grande, pequena, por extenso, com detalhes, com símbolos, sem símbolos, de forma simples ou mais complicada. Essas são algumas das maneiras em que podemos ver as assinaturas das pessoas. Mas o que deveria ser única e ter a marca individual de cada um, às vezes, se multiplica e acaba sendo copiada por outras pessoas para fraudar documentos, sejam eles particulares ou públicos.

Somente nos últimos dois anos foram registradas 855 ocorrências por fraude em documentos no Estado, sendo 173, na capital. Já os crimes de falsidade ideológica chegaram a 1.846 ocorrências, dessas, 364, em Belo Horizonte.

O diretor do Instituto de Criminalística da Polícia Civil, Marco Paiva, explica como é feita a perícia em assinaturas e dá dicas para evitar a falsificação. “No primeiro momento, o perito olha a forma da letra, mas isso não é o primordial. Muitas autoridades fazem assinatura simples e isso não é o ideal. A assinatura tem que apresentar elementos que dificulte a falsificação. Quando você faz uma assinatura pequena, você pode constatar que ela é falsa, mas é muito mais complicado. Se for mais longa, vamos ter mais chances e grandes possibilidades de comprovar a falsificação. Quanto mais elementos gráficos ela tem, mais fácil de identificar a autoria e mais difícil de falsificar”, ressalta.

“Ao longo do tempo, você automatiza a escrita e aí deixa algumas características suas, dificultando o trabalho do falsário”, acrescenta.

Atualmente, pode-se citar seis tipos de falsificação de assinatura: a exercitada – quando a pessoa fica treinando para que a assinatura saia igual; com modelo à vista – o falsário tem um modelo e fica tentando imitar; o decalque direto – quando se coloca um papel sobre a assinatura autêntica e copia; decalque indireto – usa-se um carbono ou um grafite para fazer a cópia; escanear – quando se escaneia a assinatura ou imprime; sem imitação – a pessoa não conhece a assinatura e cria uma falsa; e a memória – o falsário conhece e vê a pessoa assinar documentos várias vezes, guardando na memória.

O empresário *Antônio de Abreu, de 49 anos, foi vitima de falsificação de assinatura e conta como aconteceu. “Eu e minha irmã tínhamos uma empresa que estava paralisada na Junta Comercial. Falsificaram as nossas assinaturas e reativaram a empresa. Quando soube da fraude, procurei a delegacia e o caso está sendo investigado. Quero resolver e limpar o meu nome e o da minha irmã para ficarmos livres disso. Foi um grande susto,” afirmou.

O delegado Hugo Arruda orienta a procurar a delegacia mais próxima em caso de suspeita de assinatura falsificada. “Procure uma delegacia e faça um boletim de ocorrência. Imediatamente, será instaurado inquérito e as investigações serão iniciadas. Acionamos o Instituto de Criminalística para realização da perícia e ouvimos todos os envolvidos. Normalmente, a falsificação de documentos é usada para obtenção de ganhos ilícitos. Este crime normalmente está relacionado à prática de outras ações criminosas, que podem facilitar a prisão dos falsários”, ressaltou o delegado.

A pena para a falsificação de documentos públicos varia entre dois e seis anos. Para documentos particulares e crime de estelionato, a pena varia entre um e cinco anos.

Dicas na hora de assinar um documento

• Faça a assinatura sempre por extenso – quanto maior, melhor

• Use elementos gráficos – eles ajudam na identificação

• Faça a assinatura mais contínua – evite tirar a caneta do papel muitas vezes

• Prefira usar caneta esferográfica

• Nunca assine papel em branco – não é possível identificar a data da assinatura

• Se possível, use um carimbo junto à assinatura.

*nome fictício


http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticia/policia-civil-alerta-populacao-para-cuidados-na-hora-de-assinar-documentos

Fonte: Governo de Minas 
-

Minas Gerais está há dez anos sem registro da doença e é o terceiro maior produtor da fruta


19/08/2016
IMA reforça vigilância para evitar a entrada de bananas com sigatoka negra no estado Foto: Divulgação / IMA

Minas Gerais é o terceiro maior produtor nacional de bananas, com produção estimada de 839 mil toneladas para este ano de acordo com o IBGE. Desde 2005 não tem registros de sigatoka negra, uma praga que acomete as plantações, trazendo prejuízos para as lavouras e para os produtores rurais.

Para manter esta condição o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) realiza uma série de ações preventivas relacionadas à entrada em Minas de carregamentos de banana procedentes de outros estados.

A ação mais recente, implementada a partir deste mês, refere-se à intensificação da fiscalização, nas barreiras sanitárias, dos documentos que acompanham os carregamentos de vegetais, as chamadas Permissão de Trânsito Vegetal (PTVs).

Desde o início de agosto estas guias deverão trazer expressamente a informação de que aquela mercadoria, caso seja procedente de um estado onde foi detectado foco da doença, é oriunda de propriedade que adotou o sistema de mitigação de riscos para sigatoka negra do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O reforço na fiscalização deve-se ao registro recente de casos da doença em plantações da Bahia e do Espírito Santo.

Ações preventivas

O engenheiro agrônomo da Gerência de Defesa Vegetal (GDV) do IMA, Leonardo Henrique Martins do Carmo, explica que até então as PTVs que acompanhavam os carregamentos de banana procedentes destes dois estados traziam a informação de que pertenciam a áreas livres da doença.

A partir dos registros de focos da praga e da revogação do status de área livre pelo Mapa, agora as PTVs que acompanham a produção de banana do ES e BA deverão, obrigatoriamente, informar que originam de propriedades que adotaram ações de manejo fitossanitário para diminuir o risco de surgimento da doença.

Leonardo do Carmo ressalta que esta é mais uma ação preventiva realizada pelo IMA para proteger as plantações mineiras de banana. Ele explica que o instituto já realiza trimestralmente os levantamentos fitossanitários nas regiões consideradas áreas livres de sigatoka negra no estado, incluindo propriedades rurais e urbanas.

“Este levantamento consiste na coleta de amostras de folhas de bananeira nestas plantações, as quais são encaminhadas para análise no Laboratório de Química Agrícola (LQA) do IMA. Os resultados comprovando a não ocorrência da doença são enviados ao Mapa a cada três meses”, informa.

O engenheiro agrônomo explica que os demais municípios mineiros não pertencentes às áreas livres poderão comercializar a produção para os demais estados da federação devendo, para tanto, cadastrar as propriedades no Sistema de Mitigação de Risco (SMR) junto ao IMA.

Leonardo do Carmo relata que o IMA realiza também a fiscalização das cargas e respectivos documentos sanitários nas 16 barreiras sanitárias do Instituto, localizadas em pontos estratégicos nas regiões de fronteira de Minas Gerais e na região central do estado, além de outras duas instaladas nos entrepostos da Ceasa em Contagem e Juiz Fora.

A maior parte da produção de bananas em Minas está concentrada na região Norte do estado, nos municípios de Jaíba, Nova Porteirinha, Janaúba e Matias Cardoso. Delfinópolis, no Sul de Minas, também está entre os cinco maiores produtores, de acordo com dados do IBGE e da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

O diretor-geral do IMA, Marcílio de Sousa Magalhães, ressalta a importância das ações de vigilância permanente realizadas pelo Instituto relacionadas não apenas à prevenção contra a sigatoka negra, mas a todas que têm o objetivo de proteger as lavouras mineiras como um todo. “Minas é um importante celeiro agrícola do Brasil e os trabalhos de defesa sanitária vegetal são importantes para garantir o status de Minas como fornecedor de alimentos para o país”.


Fonte: Governo de Minas (Agência Minas)

-

A ocorrência foi no trevo da BR-491 para cidade de Elói Mendes. A vítima estava na garupa da moto do noivo 

14/08/2016

Jovem morre em acidente com moto em Varginha, MG - Fotos: Reprodução: Alô Alô Cidade

Uma mulher morreu em um acidente, entre um carro e uma motocicleta na tarde deste domingo (14/08), por volta das 16:50hs na BR-491, no trevo de acesso, Varginha a Elói Mendes, MG.
Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, o motociclista conduzido por M., e a sua noiva, passageira G.O., de 23 anos seguiam pela BR-491 sentido bairro, quando perderam o controle da direção e atingiu a lateral do veículo Fiat Uno com três ocupantes que fazia o trevo, vindo a derrubar o casal. A vítima G., não resistiu e morreu no local.
O condutor, M., ficou com várias escoriações e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e SAMU. Os ocupantes do Fiat Uno, não tiveram ferimento. 
A Polícia Militar Rodoviária esteve no local, para o registro da ocorrência e aguardou a Perícia técnica ser realizada para a liberação do corpo para o IML. 
As causas do acidente, só a através da perícia, pois o local teve várias mudanças de sinalização, onde os motoristas vem tendo um transtorno muito grande.


- - -

O incidente aconteceu na zona rural do municipio. O homem está internado em observação esperando transferência para outro hospital.

13/08/2016
Cunhado o da vítima, Sr. Marcelo B. Medeiros, explica como foi o incidente - Fotos: Alô Alô Cidade

Homem teve pelo menos 63% do corpo queimado depois de cair em uma tanque cheio de soro quente, na zona rural da cidade da Campanha, MG.
Segundo informações do cunhado da vítima, Sr. Marcelo Batista Medeiros, todos os dias eles fazem uma mistura de ração com o soro que o proprietário leva para tratar de porcos no sítio. O soro é transportado por uma caminhonete e transferido para um tanque onde a mistura é realizada. E hoje (13/08), por volta das 14:30hs, o incidente aconteceu, o Sr. Luiz Belmiro Belizário da Silva, de 50 anos, caiu de costas dentro do tanque cheio de soro quente depois de desequilibrar do veículo que transportava o liquido. 
Caminhonete que transportava o soro - Foto: Alô Alô Cidade

Sr. Marcelo, conseguiu retirar-lo pelos braços e no desespero com a ajuda do proprietário do sítio que estava no local, molharam o corpo da vítima com água da mangueira que estava próximo. Ainda segundo informações do Sr. Marcelo, o proprietário e ele foram com urgência para a cidade de carro e chamaram a ambulância através do Pronto Atendimento da cidade. 

O SAMU foi acionado para o socorro da vítima e com a ajuda do próprio dono do sítio foram até o local do incidente. Os primeiros socorros foram feito no sítio e logo após, a vítima foi levado e internado no Pronto Atendimento da cidade em Campanha, onde aguarda a transferência para outro Hospital da região. Ainda segundo informações do cunhado da vítima, o Sr. Luiz, teve pelo menos 63% do corpo queimado no grau dois e esta em estado grave. A informações que os funcionários não estavam usando EPI (Equipamento de Proteção Individual) no momento do incidente.


Vídeo:


-

Homens armados entraram e ordenaram que passageiros descessem.
Ainda conforme a polícia, logo em seguida, eles atearam fogo no ônibus.

13/08/2016
Ônibus é incendiado durante assalto na zona rural de Itajubá, MG - Fotos: Redes Sociais

Um ônibus foi incendiado por criminosos durante um assalto na noite desta sexta-feira (13) na zona rural de Itajubá (MG). Segundo a Polícia Militar, dois homens armados teriam entrado no ônibus, no bairro Capetinga e ordenado que os passageiros descessem. Logo em seguida, eles atearam fogo no ônibus.
Ainda conforme a polícia, eles fugiram levando o dinheiro do caixa do cobrador. O valor não foi divulgado. Durante a tarde, a polícia apreendeu um jovem de 17 anos, suspeito de participação no incêndio. Ele foi encontrado no bairro Vila Rubens, próximo ao local do crime, através de denúncias. Ele prestou depoimento, mas negou participação. Ninguém ficou ferido no incêndio.

Vídeo:





Fonte: G1
-

Acidente aconteceu na manhã desta sexta-feira (12) próximo a Estiva.
Conforme polícia, caminhão saiu da pista e pequeno vazamento ocorreu.

13/08/2016
Caminhão carregado com óleo vegetal tomba na Fernão Dias, em MG - Fotos: Redes Sociais

Um caminhão carregado com óleo vegetal tombou na manhã desta sexta-feira (12) na Rodovia Fernão Dias, depois de bater na traseira de uma carreta. O acidente aconteceu perto de Estiva (MG).
Conforme a polícia, o caminhão saiu da pista e um pequeno vazamento aconteceu. O núcleo de emergência ambiental da concessionária foi acionado para tomar as providências.



Fonte: G1
- -

Depois de três meses o buraco vai ser consertado. A cratera se formou depois de uma caminhão que parou em cima do calçamento para manutenção

12/08/2016
Obras: DER começa o conserto do buraco na BR 267 em Campanha, MG - Fotos: Alô Alô Cidade
Em Campanha começaram as obras em frente à rodoviária, na BR-267, KM-365. O DER irá realizar o conserto de um buraco que se formou as margens da rodovia. Os motoristas e pedestres, fiquem atentos, pois terá um desvio aberto de alguns metros e os veículos vão ter que entrar na contramão até a próxima abertura que o DER fez. A obra é para tapar o buraco causado no último incidente que teve no local, onde um caminhão ao parar para manutenção, acabou afundando o calçamento e o asfalto.
Cachorro que caiu no buraco e salvo pelo moradores 
O transtorno por causa do buraco vem dando dor de cabeças para muitos motoristas e pedestres, pois para passa no trecho, tem que desviar, as pessoas que passam tem que invadir a rodovia. Há pelo menos um mês um cachorro caiu no buraco onde permaneceu a madrugada tentando sair, moradores e funcionários da prefeitura retiraram o animal sem ferimentos.
Segundo informações do responsável, representado pelo DER, Sr. Ronaldo, a obra já começou, nas sinalizações e na próxima segunda-feira (15/08), irá reiniciar a abertura de galerias, dando manutenção do esgoto, trocando o encanamento e o conserto do buraco. Ainda segundo Sr. Ronaldo, o prazo para término da obra não foi determinado pelo DER.

Assista em vídeo:
















Na Fernão Dias

Rodovia Fernão Dias será interditada em Estiva neste sábado (13).

Trabalhos para retirada de passarela devem ocorrer das 7h às 12h. Tráfego será desviado para canteiro central. A previsão da concessionária é de a pista fique totalmente interditada por no máximo 30 minutos. Segundo a concessionária, os trabalhos terão início por volta de 7 horas deste sábado com previsão de encerramento às 12h. Durante a operação haverá interdições tanto na pista Sul (sentido São Paulo) quanto na pista Norte (sentido Belo Horizonte), para manobras dos guindastes. Durante os momentos de interdição, o fluxo de veículos será desviado em mão dupla pelo canteiro central, para evitar grandes congestionamentos na via. A previsão é de a pista fique totalmente interditada por no máximo 30 minutos.
- - - -

Vários pneus e uma maquina de montar pneu, uma pneumática, foram levados pelos bandidos. Até o momento ninguém foi preso

12/08/2016
Oficina mecânica é arrombada e invadida por bandidos em Campanha, MG - Fotos: Alô Alô Cidade
Uma oficina mecânica foi arrombada e invadida por bandidos na madruga desta sexta-feira (12/08) as margens da Rodovia Vital Brazil, próximo a rodoviária da cidade em Campanha. 
Segundo informações do proprietário, na oficina, foram furtados, 20 pares de pneus variados e uma máquina pneumática. 

Acompanhe em vídeo:




Ainda segundo informações do proprietário da oficina, ao chegar de manhã para abrir o estabelecimento, encontrou o portão principal aberta e foi surpreendido com os cadeados estourado, proveniente de um pé de cabra usado na ação; a ferramenta é muito usados por ladrões. No local um veículo de um cliente que estava na oficina próximo ao portão principal foi retirado e levado para frente do estabelecimento para facilitar a fuga. Uma maquina tipo prensa também foi arrastada de um cômodo até o elevador para o furto, mas os bandidos desistiram de leva-lá.


A hipóteses que um veículo, tipo caminhonete, foi usado para colocar os produtos furtados. A máquina de montar pneu, uma pneumática de cor vermelha, foi colocado no veículo, com a ajuda do elevador de levantar carros para o apoio e a remoção da pneumática até a carroceria, juntamente com os pneus novos. No escritório, a porta foi arrombada, porém nada foi levado. O proprietário pede para quem souber o paradeiro da maquina pneumática e os pneus, que denuncie a Polícia Militar via 190 ou 35 3261-3035. O proprietário também desconfia que toda a ação foi realizada durante a madrugada. 

A polícia militar esteve no local para o registro da ocorrência. Imagens de circuito de monitoramento de comércios vizinho registrou alguns suspeitos e a Polícia Civil já esta de posse do material para investigação. Segundo informações da Polícia Militar, foram pelo menos 2 bandidos que furtaram os objetos, pois a máquina é muito pesada, e uma pessoa, não ia dar conta de movimenta-la.  Polícia fez rastreamento na região, mas até o momento ninguém foi preso.


- -

CANAL DO ALÔ ALÔ CIDADE