PUBLICIDADES

LOCAFÁCIL

UNINTER

UNINTER
Indique meu número de RU: 2136405 na sua matrícula em qualquer curso e ganhe desconto.

J MATOS CORRETORA

EDU PNEUS

EDU PNEUS

BRASIL LIKE

07/04/2015

TV Digital: emissoras começam campanha para o desligamento do sinal analógico

As primeiras áreas a terem o sinal analógico desligado são o Distrito Federal e a cidade de Rio Verde, em Goiás

07/04/2015 21:33
Emissoras começam campanha para o desligamento do sinal analógico - Foto: Herivelto Batista
"A palavra de ordem é inclusão". Foi com esse lema que o ministro das Comunicações Ricardo Berzoini deu início à campanha que vai alertar a população sobre o desligamento do sinal analógico de TV. As ações para avisar os telespectadores sobre o fim das transmissões analógicas começam a ser veiculadas nesta quarta-feira, dia 8, na tela da televisão de moradores do Distrito Federal e entorno e da cidade de Rio Verde, em Goiás. "Nós vamos trabalhar para que não haja exclusão de nenhum domicílio neste processo e que todos possam ter acesso ao sinal digital de televisão até o fim das transmissões analógicas", complementou Berzoini. 
O processo de desligamento do sinal analógico da TV vai começar pelo município de Rio Verde, escolhido como cidade-piloto para o início das transmissões exclusivamente digitais. O desligamento no município será no dia 29 de novembro deste ano.
Em abril do ano que vem, o sinal analógico será substituído pelo digital nos televisores de Brasília e de outras onze cidades de Goiás e Minas Gerais. As cidades goianas que estão nessa lista são Abadiânia, Alexânia, Águas Lindas, Cidade Ocidental, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso. O único município mineiro a fazer parte do primeiro grupo a ter o desligamento analógico é Cabeceira Grande.
Para que o desligamento ocorra, é preciso que o sinal digital possa ser recebido por, no mínimo, 93% dos domicílios da região. "Mas, além de cumprir a regra que foi estabelecida, o papel do Ministério das Comunicações é buscar o objetivo ideal de 100%", afirmou o ministro. Entre as medidas adotadas para garantir a recepção digital no maior número possível de residências, está a distribuição de conversores e antenas a beneficiários do programa Bolsa Família.
Campanha de conscientização
A população de cada localidade será informada do desligamento um ano antes que ele ocorra a partir de inserções diárias na programação televisiva. É o que começa a ocorrer nesta quarta-feira no Distrito Federal e em na cidade goiana de Rio Verde. A letra "A" vai aparecer no alto da tela da TV para indicar que o canal ainda é analógico. Uma tarja com informações como a data do desligamento e as formas de tirar dúvidas sobre o fim das transmissões analógicas também será veiculada.
Dois meses antes que os telespectadores tenham apenas sinal digital, será possível ver também uma indicação no alto da tela com a contagem regressiva para o desligamento analógico. Ainda como parte da campanha, o telespectador poderá tirar dúvidas por meio de uma central de atendimento, que vai funcionar 24 horas por dia. O telefone é o 147. Além disso, é possível consultar informações sobre o assunto por meio do site www.vocenatvdigital.com.br
A campanha é uma determinação do Ministério das Comunicações para que todos os brasileiros sejam informados de forma eficaz e possam se adequar para receber as transmissões digitais. "Todo o processo para o desligamento deve ser feito com responsabilidade, eficiência e carinho com os telespectadores", ressaltou Ricardo Berzoini.
Para receber o sinal digital, é preciso ter um aparelho de TV adaptado. No caso das televisões mais novas, o conversor já vem integrado. Basta apenas ter uma antena que permita a recepção digital. Já para quem tem uma televisão mais antiga, de tubo, além da antena, precisa adquirir um conversor.
Cronograma
O desligamento analógico deve terminar apenas em 2018. O processo todo será feito de forma escalonada. Pelo cronograma previsto, no ano que vem, também começam as transmissões exclusivamente digitais nas regiões metropolitanas de São Paulo, Belo Horizonte, Goiânia e Rio de Janeiro.
Além de permitir mais qualidade técnica na recepção de som e imagem aos telespectadores, o processo de digitalização da TV vai garantir benefícios na área de telecomunicações. Isso porque haverá a expansão da telefonia móvel por meio da tecnologia 4G. A faixa de 700 Megahertz, que era usada pela TV analógica, será desocupada para o uso da internet móvel. "Por isso, consideramos este um momento muito importante para as comunicações no Brasil", lembrou o ministro.
Informações: Ministério das Camunições

CURTA O FACEBOOK

PUBLICIDADES

CENTRAL PRESENTES

DROGARIA PRINCESA

SERRARIA SILVEIRA

SILVAS BAR

AUTO ESCOLA LAMBARI

CANAL ALÔ ALÔ CIDADE

FACEBOOK EM TEMPO REAL

Copyright © ALÔ ALÔ CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top