Doze pessoas são presas por assalto a banco em Santa Rita do Sapucaí - ALÔ ALÔ CIDADE

Doze pessoas são presas por assalto a banco em Santa Rita do Sapucaí

Compartilhar isso

Eles teriam participado de assalto à agência do Sicoob nesta segunda (29).
Segundo a PM, prisões aconteceram na madrugada desta terça-feira (30)

29/03/2016
Onze homens e uma mulher foram presos na madrugada desta terça-feira (29) sob suspeita de envolvimento no assalto a uma agência do Banco Sicoob em Santa Rita do Sapucaí (MG). O assalto aconteceu no final da manhã desta segunda-feira (28). Outras duas pessoas já haviam sido detidas ainda na tarde de segunda-feira. Cerca de R$ 73 mil foram recuperados.

Segundo a Polícia Militar, pelo menos seis suspeitos invadiram a agência bancária nesta segunda-feira e renderam funcionários e clientes. Ninguém se feriu, mas malotes de dinheiro foram levados. Testemunhas disseram que o grupo fugiu em um carro Honda CR-V, de cor prata e placas de São Paulo (SP).
Presos pela PM e PC

A PM informou que os suspeitos foram encontrados em uma casa no Bairro Recanto das Margaridas. Além dos R$ 73 mil em dinheiro, foram apreendidas com eles três armas, um VW Gol, GM Vectra, VW Cross Fox e uma moto. Parte do grupo foi identificada como sendo de Minas Gerais e outra parte, de São Paulo. Os suspeitos foram levados para a delegacia da cidade. 









Vídeo:



Segundo assalto em uma semana
Agência bancaria é alvo de assaltantes em Lambari, MG - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade
Este é o segundo roubo a uma agência do Sicoob em menos de uma semana no Sul de Minas. Na última quinta-feira (24), a agência do Sicoob foi atacada em Lambari (MG). Câmeras registraram quando dois homens se passaram por clientes. Um deles rendeu o vigia enquanto o outro foi até o cofre. Eles pegaram o dinheiro dos clientes e do banco e fugiram.

Vídeo:


Questionado, o delegado responsável pelo caso, Diego Bruno explicou o que pode levar os criminosos a buscarem essas cidades. "Minas Gerais tem muitos municípios e eles são muito pequenos, com população muito baixa, o que acaba favorecendo um pouco estas ações, porque eles se preparam, se planejam, muitas vezes fazem vigilância e tem informações privilegiadas, tanto que este banco, esta agência, já foi assaltada em outra oportunidade", explicou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário