Publicidade

Denuncias anônimas levou a polícia até o homem que estava em uma pousada na cidade.

01/07/2016
Polícia Civil prende Argentino com medicamentos proibidos em Campanha MG - Fotos: Alô Alô Cidade
No final desta quinta-feira (30/06), um homem foi preso em flagrante pela Polícia Civil em Campanha, MG dentro de uma pousada situada no centro da cidade.
Segundo informações da Polícia Civil, uma denuncia anônima disse aos agentes que um homem argentino seguia de Lambari a Campanha, onde estaria hospedado, e estaria vendendo remédio abortivos para adolescente na cidade. Diante das denuncias, os investigadores da Polícia Civil deslocaram até o local e avistaram um veículo Peugeot com placas Argentinas. Os agentes, solicitaram a uma funcionária para que chamasse o proprietário do veículo que estava estacionado do lado de fora da pousada. O dono do veículo compareceu, e ciente da denúncia, os policiais solicitaram a abertura do veículo.

Assista o vídeo clicando aqui



Ainda segundo informações da Polícia Civil, no veículo, após vitorias, foram encontrados pelo investigadores embaixo do banco do motorista, uma sacola contendo, 77 cartelas com 10 comprimidos cada, da marca Cytotec 200mg, além de outros medicamentos para fins abortivos encontrados no porta malas do carro. A Polícia Civil também realizou buscas pelo quarto em que o Argentino estava hospedado, mas nada foi encontrado.

Diante dos fatos, foi dado a voz de prisão em flagrante ao Jorge Nelson Galliano, 59 anos, Argentino, e encaminhado para delegacia e apresentado ao Delegado em seguida levado para o presídio de Três Corações. O veículo do Jorge foi apreendido e levado para o pátio credenciado.
Na delegacia, o Argentino Jorge, disse ao Alô Alô Cidade, que não sabia dos medicamentos em seu carro, que tudo pode ter sido armação da sua ex-esposa que mora em Lambari, pois ela tem várias passagens pela Polícia pelo mesmos crimes contra saúde pública. 
Foram apreendidos com o autor, 77 cartelas Cytotec 200mg com 10 comprimidos, 02 cartelas Gabapentinas com 12 comprimidos e faltando 3, 01 cartela de Klosidol com 12 comprimidos e faltando 03, 04 seringas, 01 caderno de anotações diversas, 01 pomada Sulfato de Neomicinha usada, 01 frasco de 20ml Rifasin, 01 cartela de Maximus AZ e uma cartela de Nervomax TB12.












Polícia Civil prende Argentino com medicamentos proibidos em Campanha MG

Denuncias anônimas levou a polícia até o homem que estava em uma pousada na cidade.

01/07/2016
Polícia Civil prende Argentino com medicamentos proibidos em Campanha MG - Fotos: Alô Alô Cidade
No final desta quinta-feira (30/06), um homem foi preso em flagrante pela Polícia Civil em Campanha, MG dentro de uma pousada situada no centro da cidade.
Segundo informações da Polícia Civil, uma denuncia anônima disse aos agentes que um homem argentino seguia de Lambari a Campanha, onde estaria hospedado, e estaria vendendo remédio abortivos para adolescente na cidade. Diante das denuncias, os investigadores da Polícia Civil deslocaram até o local e avistaram um veículo Peugeot com placas Argentinas. Os agentes, solicitaram a uma funcionária para que chamasse o proprietário do veículo que estava estacionado do lado de fora da pousada. O dono do veículo compareceu, e ciente da denúncia, os policiais solicitaram a abertura do veículo.

Assista o vídeo clicando aqui



Ainda segundo informações da Polícia Civil, no veículo, após vitorias, foram encontrados pelo investigadores embaixo do banco do motorista, uma sacola contendo, 77 cartelas com 10 comprimidos cada, da marca Cytotec 200mg, além de outros medicamentos para fins abortivos encontrados no porta malas do carro. A Polícia Civil também realizou buscas pelo quarto em que o Argentino estava hospedado, mas nada foi encontrado.

Diante dos fatos, foi dado a voz de prisão em flagrante ao Jorge Nelson Galliano, 59 anos, Argentino, e encaminhado para delegacia e apresentado ao Delegado em seguida levado para o presídio de Três Corações. O veículo do Jorge foi apreendido e levado para o pátio credenciado.
Na delegacia, o Argentino Jorge, disse ao Alô Alô Cidade, que não sabia dos medicamentos em seu carro, que tudo pode ter sido armação da sua ex-esposa que mora em Lambari, pois ela tem várias passagens pela Polícia pelo mesmos crimes contra saúde pública. 
Foram apreendidos com o autor, 77 cartelas Cytotec 200mg com 10 comprimidos, 02 cartelas Gabapentinas com 12 comprimidos e faltando 3, 01 cartela de Klosidol com 12 comprimidos e faltando 03, 04 seringas, 01 caderno de anotações diversas, 01 pomada Sulfato de Neomicinha usada, 01 frasco de 20ml Rifasin, 01 cartela de Maximus AZ e uma cartela de Nervomax TB12.