Criminosos explodem bancos, trocam tiros com a polícia e queimam ônibus em rodovia em Passos, MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Publicidade

Grupo fortemente armado ainda atirou em transformadores e deixou parte da cidade sem energia elétrica.

12/04/2018
Criminosos explodiram duas agências bancárias nesta quarta-feira (11) em Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)


A ação de uma quadrilha com pelo menos 15 homens fortemente armados destruiu duas agências bancárias após explosões durante a madrugada desta quarta-feira (11) em Passos (MG). Na fuga, os criminosos atiraram em transformadores de energia e deixaram parte da cidade sem energia elétrica. Houve troca de tiros com a polícia e o grupo ainda colocou fogo em um ônibus no meio da rodovia MG-050.


Segundo a Polícia Militar, a ação começou por volta da 1h30, na avenida Arouca. Lá, os homens explodiram as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.
No Banco do Brasil, o grupo conseguiu atingir os cofres, de onde tirou grande quantia em dinheiro. Da Caixa, eles levaram joias penhoradas e mais dinheiro. A polícia não informou o valor levado.
Após a ação, os homens atiraram contra transformadores e, durante a manhã, pelo menos 46 moradores estavam sem energia elétrica. 

A polícia foi acionada e, durante a fuga do grupo, teve troca de tiros. A informação é que pelo menos um dos criminosos ficou ferido e foi socorrido pelos comparsas. Eles fugiram em uma caminhonete. Os militares montaram um cerco na região entre Passos e Bom Jesus da Penha (MG).
Para dificultar o trabalho da polícia, os homens atearam fogo em dois ônibus em dois pontos da rodovia MG-050. Os ônibus ficaram completamente destruídos e bloquearam os dois sentidos da pista. A polícia apura a origem dos ônibus e como eles chegaram ao local. 

Na fuga, criminosos queimaram ônibus na rodovia MG-050 em Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)
Na fuga, criminosos queimaram ônibus na rodovia MG-050 em Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)

 Um carro usado no crime foi abandonado em Passos e dentro dele a polícia encontrou munições. Algumas dinamites instaladas pelos criminosos nas agências bancárias não explodiram. O grupo de operações especiais da Polícia Militar de Minas Gerais foi chamado para desarmar os artefatos. A rua ficou interditada durante a manhã para os trabalhos.
Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso e a polícia seguia nas buscas.

Quadrilha abandonou artefato com explosivos em banco de Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)
Quadrilha abandonou artefato com explosivos em banco de Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)
Suspensão das aulas
A Secretaria de Educação decidiu suspender as aulas no período da manhã na cidade por conta da ação criminosa. Em um comunicado publicado nas redes sociais, a secretaria informa que "estão suspensas em toda a rede municipal as aulas no período da manhã, sendo que as atividades do período da tarde estão mantidas normalmente”. 

Mais crimes


Em menos de uma semana, já são oito agências bancárias alvos de explosão no Sul de Minas. Na última sexta-feira (6), os crimes aconteceram nas cidades de Areado, Cabo Verde e Jacuí. Na data, foram seis bancos atingidos, além de uma casa lotérica.
As quadrilhas ainda dispararam vários tiros para o alto, atingiram lojas e roubaram uma joalheria. No dia anterior, um grupo armado tentou explodir bancos em Bom Jesus da Penha, mas falhou na ação.

Fonte: G1

Criminosos explodem bancos, trocam tiros com a polícia e queimam ônibus em rodovia em Passos, MG

Grupo fortemente armado ainda atirou em transformadores e deixou parte da cidade sem energia elétrica.

12/04/2018
Criminosos explodiram duas agências bancárias nesta quarta-feira (11) em Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)


A ação de uma quadrilha com pelo menos 15 homens fortemente armados destruiu duas agências bancárias após explosões durante a madrugada desta quarta-feira (11) em Passos (MG). Na fuga, os criminosos atiraram em transformadores de energia e deixaram parte da cidade sem energia elétrica. Houve troca de tiros com a polícia e o grupo ainda colocou fogo em um ônibus no meio da rodovia MG-050.


Segundo a Polícia Militar, a ação começou por volta da 1h30, na avenida Arouca. Lá, os homens explodiram as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.
No Banco do Brasil, o grupo conseguiu atingir os cofres, de onde tirou grande quantia em dinheiro. Da Caixa, eles levaram joias penhoradas e mais dinheiro. A polícia não informou o valor levado.
Após a ação, os homens atiraram contra transformadores e, durante a manhã, pelo menos 46 moradores estavam sem energia elétrica. 

A polícia foi acionada e, durante a fuga do grupo, teve troca de tiros. A informação é que pelo menos um dos criminosos ficou ferido e foi socorrido pelos comparsas. Eles fugiram em uma caminhonete. Os militares montaram um cerco na região entre Passos e Bom Jesus da Penha (MG).
Para dificultar o trabalho da polícia, os homens atearam fogo em dois ônibus em dois pontos da rodovia MG-050. Os ônibus ficaram completamente destruídos e bloquearam os dois sentidos da pista. A polícia apura a origem dos ônibus e como eles chegaram ao local. 

Na fuga, criminosos queimaram ônibus na rodovia MG-050 em Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)
Na fuga, criminosos queimaram ônibus na rodovia MG-050 em Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)

 Um carro usado no crime foi abandonado em Passos e dentro dele a polícia encontrou munições. Algumas dinamites instaladas pelos criminosos nas agências bancárias não explodiram. O grupo de operações especiais da Polícia Militar de Minas Gerais foi chamado para desarmar os artefatos. A rua ficou interditada durante a manhã para os trabalhos.
Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso e a polícia seguia nas buscas.

Quadrilha abandonou artefato com explosivos em banco de Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)
Quadrilha abandonou artefato com explosivos em banco de Passos (MG) (Foto: Helder Almeida)
Suspensão das aulas
A Secretaria de Educação decidiu suspender as aulas no período da manhã na cidade por conta da ação criminosa. Em um comunicado publicado nas redes sociais, a secretaria informa que "estão suspensas em toda a rede municipal as aulas no período da manhã, sendo que as atividades do período da tarde estão mantidas normalmente”. 

Mais crimes


Em menos de uma semana, já são oito agências bancárias alvos de explosão no Sul de Minas. Na última sexta-feira (6), os crimes aconteceram nas cidades de Areado, Cabo Verde e Jacuí. Na data, foram seis bancos atingidos, além de uma casa lotérica.
As quadrilhas ainda dispararam vários tiros para o alto, atingiram lojas e roubaram uma joalheria. No dia anterior, um grupo armado tentou explodir bancos em Bom Jesus da Penha, mas falhou na ação.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário