Veículo tomado de assalto de taxista em Lavras é recuperado pela Polícia Militar de Cambuquira, MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Veículo tomado de assalto de taxista em Lavras é recuperado pela Polícia Militar de Cambuquira, MG

Compartilhar isso

O assalto ocorreu na noite de terça-feira no ponto de táxi da praça em frente o clube de Lavras.


Mais um taxista de Lavras foi vítima de assalto a mão armada em menos de duas semanas. O primeiro aconteceu no dia 23 de agosto, quando um taxista do terminal rodoviário de Lavras foi agredido e golpeado com facão e ainda perdeu seu automóvel, um Fiat Gran Siena prata, com placas de Lavras que ainda não foi recuperado.

Na noite desta terça-feira (04/09), outro profissional foi alvo de três assaltantes. Luiz Carlos Alves de Lima, que trabalha no ponto de táxi da praça Augusto Silva, em frente ao Clube de Lavras, foi acionado para comparecer ao bairro Nova Era II, para pegar três rapazes que queriam uma corrida até Nepomuceno.

Segundo informações da Polícia Militar, os três rapazes disseram ao motorista que precisavam ir até Nepomuceno buscar documentos para poder viajar no dia seguinte com o treinador, eles disseram que eram jogadores de futebol e estavam alojados numa residência naquela rua. Os rapazes combinaram o valor da corrida e até pagaram adiantado. Os três embarcaram e o taxista seguiu até Nepomuceno, MG. Antes do radar que existe na entrada da cidade, eles pediram ao motorista que entrassem numa determinada rua, o que foi feito, em seguida, foram orientando o motorista até chegar em um determinado ponto, onde anunciaram o assalto.

Ainda segundo a PM, o taxista, Luiz Carlos, foi colocado dentro do porta-malas do carro, um Ford KA sedan branco, placas PWO-7826, de Lavras, que tem no vidro traseiro um adesivo de propaganda de uma revenda de sanduíches. Os criminosos pegaram sua carteira com dinheiro e perceberam que a quantia que eles haviam pago não estava na carteira e o questionaram onde ele havia deixado o dinheiro. O taxista contou que o dinheiro estava embaixo do tapete do carro. Temendo por sua vida, o taxista perguntou o que eles iram fazer com ele e obteve como resposta que ele seria solto no trevo de Ribeirão Vermelho. O carro seguiu e o taxista percebeu que já havia rodado muitos quilômetros, de dentro do porta-malas ele perguntou onde estava e para onde ele seria levado. Um dos marginais disse para ele ''calar a boca senão seria morto!''  Em determinado ponto, o carro diminuiu a velocidade para passar sobre um quebra-molas, momento em que o taxista aproveitou para pular para fora do carro. Ao cair no asfalto, Luiz Carlos saiu correndo e percebeu que os marginais voltaram, porém, passaram de passagem por ele e seguiram em frente. O taxista Luiz Carlos percebeu que estava dentro de uma cidade e descobriu alguns minutos depois que era em Carmo da Cachoeira. Ele recebeu ajuda de uma pessoa que acionou a Polícia Militar daquela cidade.

Segundo ele, os policiais mostraram diversas fotografias de marginais, porém, ele não reconheceu nenhum. Em Lavras os militares também apresentaram a ele fotografias de marginais conhecidos, mas ele também não reconheceu nenhum deles nos álbuns da PM.

Veículo recuperado

Na manhã desta quarta-feira (05/09), um militar de São Gonçalo do Sapucaí que estava de folga, avistou um veículo estranho, sujo de poeira e sem placas, estacionado na avenida Tiradentes no centro cidade com três homens. Suspeitando, seguiu eles até a Fernão Dias, onde os suspeitos no veículo, continuou a viagem sentido Campanha, MG. Com características do veículo, o militar de folga, foi até o quartel e avisou os militares para que fizessem o acompanhamento. 
Carro estava em São Gonçalo na Avenida Tiradentes, um militar de folga denunciou para guarnição de plantão - Foto: Alô Alô Cidade

Durante a perseguição, a Polícia de São Gonçalo do Sapucaí, contatou os militares em Campanha para cerco e bloqueio, mas o veículo já havia passado pela rodovia BR-267, sentido Cambuquira. Ainda em perseguição, a Polícia de Cambuquira fez o bloqueio na estrada da cidade, mas os bandidos no veículo, conseguiram desviar sentido zona rural em Congonhal, onde abandonaram o veículo em uma estrada vicinal e fugiram pela mata. Os bandidos até o momento não foram presos.
Autores abandonaram o carro e fugiram para mata - Foto: Alô Alô Cidade

O veículo recuperado teve os dados consultado no sistema interno da Polícia. O carro tem queixa de roubo/furto na cidade de Lavras,  sendo do taxista vítima do assalto desta terça-feira (04/09).
O Ford Ka Sedam foi guinchado e removido para o pátio credenciado. A PM de Lavras e o taxista ficaram cientes e posteriormente irão tomar as devidas providencias para a devolução do carro.

Polícia Militar fizeram o cerco e bloquei e recuperou veículo roubado em Lavras - Foto: Alô Alô Cidade



Fonte/Apoio: Alô Alô Cidade/Jornal de Lavras

Nenhum comentário:

Postar um comentário