Governo abre vaga para a Ouvidoria-Geral do Estado - ALÔ ALÔ CIDADE

CASA DOIS IRMÃOS

Governo abre vaga para a Ouvidoria-Geral do Estado

Compartilhar isso

Seleção é feita pelo Transforma Minas; profissional vai atuar no eixo de Desenvolvimento Econômico, Infraestrutura e Desenvolvimento Social


Estão abertas até o dia 29 de outubro as inscrições para concorrer ao cargo de ouvidor (a) de Desenvolvimento Econômico, Infraestrutura e Desenvolvimento Social da Ouvidoria-Geral do Estado de Minas Gerais (OGE-MG). A vaga é oferecida pelo Governo do Estado por meio do programa Transforma Minas, de seleção de lideranças para os desafios na administração pública.

O profissional será responsável por acolher manifestações, no contexto do Executivo estadual, relacionadas às atividades e serviços públicos nas áreas de promoção de investimentos, ciência, tecnologia e inovação, desenvolvimento regional, obras públicas, transporte e mobilidade, assistência social, trabalho e emprego, cultura e turismo, entre outras atribuições pertinentes ao cargo.

As inscrições devem ser feitas neste link, no qual também estão disponíveis outros detalhes referentes ao processo seletivo.

Ouvidoria-Geral do Estado

A OGE-MG auxilia diretamente o governo na fiscalização e no aperfeiçoamento dos serviços públicos e tem como missão receber as manifestações da população mineira, relacionadas à prestação dos serviços públicos de competência do Executivo estadual. A instituição é o canal de interlocução entre a sociedade mineira e o Estado.

Em sua estrutura, é formada pelas ouvidorias temáticas de Saúde, Educacional, Polícia, Sistema Penitenciário e Socioeducativo, Ambiental e Agropecuária, Assédio Moral e Sexual, Fazenda, Licitações e Patrimônio Público, Prevenção e Combate à Corrupção e Desenvolvimento Econômico, Infraestrutura e Desenvolvimento Social, além do canal exclusivo Coronavírus, específico para receber manifestações relativas à pandemia de covid-19.

Outro destaque da instituição é o projeto Ouvidoria Móvel, que leva atendimento à população dos municípios do interior do estado e da Região Metropolitana de Belo Horizonte, dando voz ao cidadão. Neste momento, em função da pandemia, o projeto suspendeu as ações presenciais.

Com informações Agência Minas.

ANUNCIE AQUI!