Homem morre após ser baleado em Bar em São Gonçalo do Sapucaí-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

PUBLICIDADE

Homem morre após ser baleado em Bar em São Gonçalo do Sapucaí-MG

Compartilhar isso

Ciúme de ex-companheira foi o que motivou o crime.  O suspeito fugiu após disparar duas vezes contra a vítima


Homem morre após ser baleado em Bar em São Gonçalo do Sapucaí-MG - Foto/Alô Alô Cidade

Um homem de 39 anos morreu na tarde deste domingo (08/05), após receber dois tiros em um bar, próximo ao antigo Aeroporto, no Bairro São João, em São Gonçalo do Sapucaí-MG.

Segundo informações da Polícia Militar, a equipe policial durante um patrulhamento foi informada por várias pessoas sobre uma pessoa baleada em um bar a o suspeito teria fugido logo depois do crime. Os militares deslocaram até o local do crime e depararam com a vítima ferida e caída no chão. O rapaz ferido foi colocado na carroceria de uma caminhonete e levado ao pronto socorro, pois o Samu estava empenhado e iria demorar. Durante o deslocamento para o hospital, a os Policiais foram na viatura acompanhando, abrindo caminho para um deslocamento ser mais ágil. Apesar dos esforços, a vítima deu entrada no hospital já em óbito de acordo com a equipe médica. 


Ainda de acordo com a Polícia Militar, o suspeito do crime foi identificando, tem 31 anos e de acordo com informações, ele era morador do Bairro Santa Cruz, em São Gonçalo do Sapucaí, mas agora reside em Pouso Alegre. A PM ainda buscou imagem de câmera de vigilância, sendo constatado que ele chegou, cometeu o crime e fugiu em um veículo VW Fox cor branca.


Ainda segundo a Polícia, a proprietária do Bar relatou aos militares que ouviu barulhos achando que eram fogos de artifícios. Que estava no balcão, viu o suspeito com a arma na mão saindo do banheiro e efetuando os disparos contra a vítima. Outra testemunha, um garçom, disse a PM que, a vítima teria pedido uma cerveja antes do crime, e assim que foi buscar ouviu os tiros, achando também que poderia ser bombinhas, mas logo em seguida a vítima caiu ao solo, sangrando muito. Após o crime, o suspeito evadiu imediatamente em um veiculo Vw Fox branco.

Publicidade



A Polícia Militar realizou contato com irmão da vítima e a ex-namorada do suspeito. O irmão da vítima disse para PM, que ele era uma pessoa muito querida na cidade e não tinha inimigos. Já a ex-companheira do suspeito, relatou que no ano de 2020, mais precisamente próximo ao natal, surgiu um comentário de um possível relacionamento dela com a vítima. Ela negou ter um caso amoroso com a vítima, que na época quando o suspeito ficou sabendo, no começo disse que não acreditava, mas em uma oportunidade chegou a relatar para ela que se fosse verdade mataria os dois.  Após este episódio de ameaça, o fato foi esquecido, não tendo novas discussões ou atritos, que ainda namorou o suspeito até mais ou menos o mês de novembro do ano de 2021, terminando o relacionamento por motivos distintos o qual não revelou.

Drogas encontradas na casa do suspeito foi apreendida pela PM - Foto: PMMG

Ainda de acordo com a PM, a ex-namorada do suspeito relatou que esteve no bar com familiares chegou por volta das 13:30h e saiu uns 20 minutos antes do crime, que somente cumprimentou a vítima de longe e que posteriormente, quando chegou em casa, foi comunicada pelo seu pai o ocorrido.

A Polícia Civil foi acionada, mas não foi possível realizar a perícia, pois o local do crime, não estava preservado.


Ainda de acordo com Polícia Militar, foi realizado o rastreamento do suspeito na cidade pelas guarnições de policia do turno, também repassadas informações e o veículo que ele fugiu para as cidades circunvizinhas, inclusive a Polícia de Pouso Alegre também deslocou até a casa onde mora, no Bairro Jardim Califórnia, porém só encontraram uma quantidade drogas que foi apreendida. A Polícia continuar a procura do suspeito e vai investigar as causas do crime. 

Vítima Jackson Alberto Gouvea Silveira - Foto: redes sociais


O corpo de Jackson Alberto Gouvea Silveira, de 39 anos, foi levado para o IML em Pouso Alegre sob os cuidados da Funerária Renascer.


O total de drogas apreendidas foram: 66 papelotes de cocaína. Além dos entorpecentes, outros materiais foram recolhidos sendo eles, uma colher com resquícios de cocaína, diversos pinos vazios, vários sacos plásticos (sacolé) vazios utilizados para armazenamento da mesma droga.

Publicidade



Nenhum comentário:

Postar um comentário

SUPERMERCADO SÃO JOSÉ