Homem não respeita PM e é baleado na cabeça em Três Corações, MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Publicidade

Ele não respeitou o sinal de parada dos Policiais e foi acompanhado pela cidade. Homem foi levado em estado grave para hospital.

11/09/2015 20:47 - Atualizado 12/09/2015 12:40
Homem não respeita blitz e é baleado na cabeça em Três Corações, MG - Fotos: WhatsApp

A ocorrência aconteceu na tarde desta sexta-feira (11), depois de uma perseguição, entre os bairro Rio do Peixe e Vila Jessé, onde um motorista em um carro suspeito, foi perseguido e não respeitou o sinal de parada dos Policiais. Na perseguição, o motorista, ficou em estado grave depois de levar um tiro na cabeça. 
Segundo informações do Corpo de Bombeiros, assim que o homem, conhecido por Ronaldo, apelidado de ''Mosquitinho'', ao ser sinalizado para parar, ele não respeitou e fugiu, a Policia foi atrás e o acompanhou pela cidade. 

Segundo informações de populares, o autor/vítima, durante a perseguição, atropelou com seu carro Chevrolet Monza um motociclista. Ainda segundo informações de populares, ele teria também, jogado o carro para cima de uma Policial, depois do cerco bloqueio de uma viatura. Foi neste momento em que, um Policial efetuou o tiro em direção ao veículo, atingindo a cabeça da vítima, vindo a perder o controle da direção e batendo em um outro que estava estacionado próximo a uma esquina.
Vítima está em estado grave
Segundo informações da Polícia Militar, a vítima já é conhecida no meio policial. O motorista tem várias passagens, por tráfico, direção perigosa e roubo.
A vítima foi levado em estado grave para o Hospital São Sebastião, em Três Corações. O hospital não informou o estado de saúde da vítima. Segundo informações da Polícia Militar, no veículo da vítima tinha uma arma de brinquedo e que a blitz era contra o trafico de drogas.

A família da vítima disse que irá entrar com um processo contra o policial que atirou. O Ronaldo só não obedeceu o militar porque não tinha CNH.

O Policial está detido.


Vídeo:


Fotos:









Direto da redação: ALÔ ALÔ CIDADE

Homem não respeita PM e é baleado na cabeça em Três Corações, MG

Ele não respeitou o sinal de parada dos Policiais e foi acompanhado pela cidade. Homem foi levado em estado grave para hospital.

11/09/2015 20:47 - Atualizado 12/09/2015 12:40
Homem não respeita blitz e é baleado na cabeça em Três Corações, MG - Fotos: WhatsApp

A ocorrência aconteceu na tarde desta sexta-feira (11), depois de uma perseguição, entre os bairro Rio do Peixe e Vila Jessé, onde um motorista em um carro suspeito, foi perseguido e não respeitou o sinal de parada dos Policiais. Na perseguição, o motorista, ficou em estado grave depois de levar um tiro na cabeça. 
Segundo informações do Corpo de Bombeiros, assim que o homem, conhecido por Ronaldo, apelidado de ''Mosquitinho'', ao ser sinalizado para parar, ele não respeitou e fugiu, a Policia foi atrás e o acompanhou pela cidade. 

Segundo informações de populares, o autor/vítima, durante a perseguição, atropelou com seu carro Chevrolet Monza um motociclista. Ainda segundo informações de populares, ele teria também, jogado o carro para cima de uma Policial, depois do cerco bloqueio de uma viatura. Foi neste momento em que, um Policial efetuou o tiro em direção ao veículo, atingindo a cabeça da vítima, vindo a perder o controle da direção e batendo em um outro que estava estacionado próximo a uma esquina.
Vítima está em estado grave
Segundo informações da Polícia Militar, a vítima já é conhecida no meio policial. O motorista tem várias passagens, por tráfico, direção perigosa e roubo.
A vítima foi levado em estado grave para o Hospital São Sebastião, em Três Corações. O hospital não informou o estado de saúde da vítima. Segundo informações da Polícia Militar, no veículo da vítima tinha uma arma de brinquedo e que a blitz era contra o trafico de drogas.

A família da vítima disse que irá entrar com um processo contra o policial que atirou. O Ronaldo só não obedeceu o militar porque não tinha CNH.

O Policial está detido.


Vídeo:


Fotos:









Direto da redação: ALÔ ALÔ CIDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário