PUBLICIDADES

LOCAFÁCIL

UNINTER

UNINTER
Indique meu número de RU: 2136405 na sua matrícula em qualquer curso e ganhe desconto.

J MATOS CORRETORA

EDU PNEUS

EDU PNEUS

BRASIL LIKE

04/01/2016

Jovem encontrada morta estava grávida, diz perícia

Segundo laudo, Amanda de Almeida estava grávida de seis meses. Corpo foi encontrado em rio de Cristina, a 50 km de onde ela morava.

04/01/2016 17:32
Jovem encontrada morta estava grávida, diz perícia - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade

Amanda de Almeida, de 21 anos, encontrada morta no sábado (2) em Cristina (MG), estava grávida de 6 meses, segundo constatou o laudo da perícia. O corpo da jovem foi localizado no Rio Barra Grande, a 50 km de Jesuânia (MG), de onde ela estava desaparecida desde o dia 31 de dezembro. A perícia também confirmou que a estudante foi morta a facadas, com oito golpes. No último contato com a família, a vítima disse ao irmão que estaria em Lambari (MG) resolvendo um problema. Ninguém foi preso.

Amanda foi enterrada no domingo (3). No velório da jovem, desespero e confusão. Parentes e amigos se revoltaram quando um homem desconhecido disse ter visto Amanda na noite em que ela desapareceu. "O 'cara' chega do nada e fala isso aí. Então eu acho que o acusado está sendo ele", afirmou o leiteiro Fernando dos Santos quando pessoas começaram a agredir o homem.

Depois de quase ter sido linchado, o homem tentou se explicar. "Com quem ela estava, se ela saiu, com quem ela saiu, não vi. Não conversei. Passei por ela [na rodoviária] e fui pra Lambari", disse o homem, que não quis ser identificado.

Após a confusão, ele foi detido pela polícia. A mãe de Amanda, que tentou falar com o homem, precisou ser amparada. Em seguida, ela falou sobre a filha. "Uma menina muito estudiosa, muito... não tenho mais o que falar. Ela queria ser médica", conta Marlene de Almeida.

Desaparecimento
Amanda desapareceu na quinta-feira (31), por volta das 17h, quando saía de casa, em Jesuânia, acompanhada da mãe. As duas iriam visitar um parente e quando chegaram no portão, dona Marlene voltou para pegar um calçado. Nesse momento, vizinhos viram Amanda atendendo uma ligação e subindo a rua falando ao celular.

Quando a mãe voltou ao portão, não viu mais a filha. "Achei que ela tinha ido na minha mãe, fui lá e [ela] não estava. Aí a gente começou a procurar na rua, no mato, no lago", conta Marlene.
Após ter sumido, Amanda ainda ligou para o irmão duas vezes. "[Ela falou]: 'avisa a mãe que eu estou indo em Lambari resolver um problema, e se eu não voltar, eu explico tudo pra mãe'. [Ela ligou] pouco depois que tinha saído daqui, uns 5 minutos depois", conta Sávio Augusto de Almeida.

Com o desaparecimento da jovem, moradores se solidarizaram na busca e foram de casa em casa procurando por pistas. Uma tia de Amanda disse que ligou para o celular dela e que uma mulher, que disse se chamar Marcia, teria atendido e desligado em seguida.

O corpo da estudante foi encontrado no sábado à noite, no Rio Barra Grande, em Cristina.

O homem agredido no enterro, que pode ter sido uma das últimas pessoas a ver a jovem, foi liberado pela polícia. Ele deve se apresentar nesta segunda-feira (4) na Delegacia de Lambari (MG) para prestar depoimento sobre o caso.

Grávida assassinada :O :'(Jovem, que estava grávida de 7 meses, é assassinada em Jesuânia, no Sul de Minas. Durante o velório ouve muita confusão.#BalançoGeral #TVRecord #RecMinas
Posted by RecMinas on Segunda, 4 de janeiro de 2016


_________________________________________________________
Saiba mais


Fonte: G1

CURTA O FACEBOOK

PUBLICIDADES

CENTRAL PRESENTES

DROGARIA PRINCESA

SERRARIA SILVEIRA

SILVAS BAR

AUTO ESCOLA LAMBARI

CANAL ALÔ ALÔ CIDADE

FACEBOOK EM TEMPO REAL

Copyright © ALÔ ALÔ CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top