Governo de Minas Gerais reforça efetivo da Polícia Militar no interior - ALÔ ALÔ CIDADE

Governo de Minas Gerais reforça efetivo da Polícia Militar no interior

Compartilhar isso

O comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Helbert Figueiró, ressaltou que, com a formatura de mil e 400 soldados em abril, o projeto de bases comunitárias será ampliado para a região metropolitana de Belo Horizonte.  

26/03/2018

Ouça a entrevista

LOC - Governo de Minas Gerais reforça efetivo da Polícia Militar no interior do Estado. Na última sexta-feira, 23 de março, a Secretaria de Segurança Pública divulgou o balanço dos índices de criminalidade de 2017 em Minas Gerais. O número de roubos caiu 14 por cento. Já a taxa de homicídios no estado foi a menor dos últimos seis anos, com 18 vítimas a cada cem mil habitantes. Em 67 por cento das cidades do interior, não houve registro de homicídios ou os índices foram iguais ou menores que os de 2016. Para o secretário de Estado de Segurança Pública, Sérgio Menezes, quatro fatores explicam esses números:

TEC - SERGIO
Integração, investimento que o nosso governador tem priorizado na área de segurança, a prevenção e a tecnologia. Com tudo isso, a gente tem tido resultados bastante expressivos na área de segurança em Minas Gerais, referência no cenário nacional.

LOC – O índice de apuração de homicídios em Minas Gerais subiu para 50 por cento. Em outros estados brasileiros, esse número varia de 8 a 10 por cento. Também houve queda em explosão de caixas eletrônicos no interior mineiro. Em 2016, foram 237 casos; em 2017, 162. O chefe da Polícia Civil, João Octacílio Neto, explica que a instituição tem reforçado as delegacias especializadas:

TEC – JOÃO OTACILIO
Nós estamos com um projeto de expansão das delegacias especializadas. Criamos o Departamento de Crimes Patrimoniais – DEPATRI – onde nós reeditamos as delegacias especializadas: de furtos e roubos, roubo a banco, no DOF de lá, a delegacia antissequestro para que as delegacias especializadas de combate de roubo a banco atuassem com maior energia. E os resultados, nós já estamos colhendo aí, juntamente com a Polícia Militar.

LOC – O comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Helbert Figueiró, ressaltou que, com a formatura de mil e 400 soldados em abril, o projeto de bases comunitárias será ampliado para a região metropolitana de Belo Horizonte. Até o meio do ano, as cidades de Contagem, Betim, Vespasiano e Ribeirão das Neves receberão as bases, que já funcionam em Ibirité e na capital. O Coronel Helbert também chamou a atenção para o aumento do efetivo da PM no interior:

TEC – CEL HELBERT
Tão logo eu assumi o comando, nós construímos um diagnóstico e o que foi evidenciado lá? O efetivo do interior, ele estava concentrado nas grandes cidades e extremamente defasado nos pequenos municípios. A gente tem distribuído o efetivo, e vou fazer isso em breve, agora, vou mandar mais duzentos e tantos para o interior, só para municípios pequenos. A nossa expectativa é fechar o ano de 2018, no mínimo, com 8 PMs em cada cidade do interior do estado. E nós assumimos o comando com realidades totalmente distintas: com municípios com 3 PMs, 4 PMs. O programa de reestruturação nivelou a nossa distribuição de efetivo, ou seja, todos os próximos comandos, sucessores a mim, ao distribuir o efetivo, eles vão ter que completar até que a gente chegue a 10 militares, no mínimo, em cada município do Estado.

LOC – O Coronel Helbert destacou ainda o aumento de policiais militares nas ruas: mil 967 PMs que estavam em funções administrativas foram destacados para atender o cidadão.

Assinatura  - Guilherme Amorim, da Agência Minas Gerais

Nenhum comentário:

Postar um comentário