Assaltantes de relojoaria de Três Corações foram presos pela Polícia Civil - ALÔ ALÔ CIDADE

Assaltantes de relojoaria de Três Corações foram presos pela Polícia Civil

Compartilhar isso

Os autores ainda são suspeitos de praticarem um arrastão em diversas pousadas na sexta-feira anterior durante as festividades da cidade de São Tomé das Letras.

Na tarde do último sábado (18/08), três indivíduos roubaram a Relojoaria Central na Praça de Três Corações. Depois de anunciar o assalto, trancaram as funcionárias no banheiro e subtraíram diversos relógios de marca, totalizando um prejuízo aproximado de 60 mil reais, além de três telefones celulares. Após a ação os autores empreenderam fuga com destino ignorado. Iniciadas as investigações da Polícia Civil de Três Corações, MG, com a equipe do Delegado Regional, Dr. Cristiano Silva de Almeida, os autores foram localizados na cidade de São José dos Campos, SP, onde foram presos  na manhã desta quinta-feira (23/08), em ação conjunta das Policiais Civis de São Paulo.


A ação dos bandidos foram gravados pelas câmeras de monitoramento
O roubo

Uma relojoaria foi assaltada no começo da tarde de sábado (18/08), no centro da cidade de Três Corações, MG.
Segundo informações da Polícia Militar, pelo menos três homens participaram da ação. Eles, entraram no estabelecimento fingindo ser clientes e interessados em relógios. Ainda segundo informações da PM, um individuo distraiu a vendedora e pediu para ela mostrar um relógio que estava na vitrine e quando ela foi buscar, um outro rapaz pulou o balcão e abriu a mochila mandando que ela colocasse todos os relógios no interior da mochila. O indivíduo que tinha pedido para olhar o relógio, também pulou o balcão foi até a outra vendedora, com as mãos por baixo da blusa e com tom de ameaça disse para elas “ficarem quietinhas”, senão ele “estouraria os miolos das cabeças delas”. Ainda segundo a Polícia, após o roubo, as funcionárias foram trancaram no banheiro, em seguida, evadiram, tomando rumo ignorado, levando também os celulares delas e da loja. A Polícia Militar fizeram cerco bloqueio e um intenso rastreamento com intuito de localizar os autores, porém sem êxito. Um vídeo coletado pela PM irá ajudar na identificação dos indivíduos.


Os autores ainda são suspeitos de praticarem um arrastão em diversas pousadas na sexta-feira anterior durante as festividades da cidade de São Tomé das Letras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário