Homem é suspeito de estuprar menina de 11 anos em Monsenhor Paulo-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

CASA DOIS IRMÃOS

Homem é suspeito de estuprar menina de 11 anos em Monsenhor Paulo-MG

Compartilhar isso

A família acusa o homem de 22 anos pelo crime. Ele é suspeito de ter levado a menina para uma estrada em uma área rural, junto com mais dois amigos


Três jovens foram ouvidos e liberados pelo Delegado de Plantão de Varginha, após ser detidos pela Polícia Militar de Monsenhor Paulo-MG, nesta quarta-feira (22/01), suspeitos de envolvimento de um estupro de vulnerável na cidade. Um deles é acusado pelo estupro e outros dois por corrupção de menores.

Segundo informações da Polícia Militar de Monsenhor Paulo, por volta das 2h50, compareceu no quartel, a mãe e na companhia, a menor de 11 anos, relatando que ela saiu da residência de seus pais, no centro da cidade, na noite de terça-feira (21/01), por volta das 21h, na companhia da mãe, de 65 anos, deixando as filhas, a de 11 anos e a de 4 anos, na responsabilidade do avô, mas quando ao retornar, mais tarde, não encontraram a filha de 11 anos na residência. Questionada por elas, o avô alegou que dormiu por instante e não percebeu que a neta tinha saído.

Ainda segundo a PM, diante do desaparecimento da menina de 11 anos, os militares começaram a fazer buscas pela cidade. Durante este período, familiares tiveram a notícia que a menina estaria acompanhada por dois jovens, de 24 anos e 23 anos. A família e a Polícia tentaram contato com um dos rapazes em sua residência, porém foram informados pelo irmão, que ele estava na companhia do amigo. A PM fez contato com o M., mas o mesmo informou que não estava com o L. e nem sabia da menor.

Durante a madrugada, por volta das 2h30, desta quarta-feira (22/01), a menor de 11 anos, chegou sozinha em casa. A PM foi avisada pelos familiares de sua chegada, que ela estava com os amigos e passava bem. 

Ainda segundo a Polícia, após uma longa conversa, a menina foi questionada pelos familiares, o que ocorreu na noite anterior e a menor contou a verdade. A menor disse a família que aceitou um convite feito por um rapaz, M., e aproveitou a saída da mãe e avó para ir ao encontro. No veículo estavam, o M. e o L. que seguiram sentido rodovia.

Em depoimento a Polícia Militar, a menor disse que foi com os amigos de carro até uma estrada vicinal, próximo ao Sítio Maristela (Sítio Cachoeira) na zona rural de Monsenhor Paulo-MG. No local, assim que chegaram, haviam mais pessoas, fazendo uso de bebidas alcoólicas e ouvindo som automotivo. Neste local, a menor de 11 anos disse a PM que encontrou com o H., de 22 anos, com o qual veio ter conjunção carnal consensual. A menina também disse que, não atendeu os telefonemas da mãe por medo de represálias, por ter saído sem permissão.

A mãe da menor de 11 anos, após saber da informações do que aconteceu com a filha, procurou a Polícia Militar para registrar a ocorrência de estupro de vulnerável e corrupção de menores. A menor foi encaminhada para o Hospital da cidade na companhia da mãe, para exames médicos.

A Polícia Militar fez o rastreamento dos suspeitos assim que foram identificados. Após intensa procura, conseguiram prender os três. Eles foram levados para a Delegacia de Polícia em Varginha para ser ouvidos pelo Delegado de Plantão e para demais providências. A família foi orientada para fazer os exames de Corpo de Delito no Instituto Médico Legal em Varginha para posteriormente representar contra os suspeitos do crime.

O Alô Alô Cidade tentou contato com a Mãe da menor de 11 anos, mas ela disse que não quer falar sobre o caso, que está muito abalada com tudo que aconteceu. A reportagem também procurou o suspeito para explicar sobre o que de fato aconteceu, porém não conseguimos retorno, o celular só da caixa postal.

ANUNCIE AQUI!