Artistas Sul Mineiros lançam curta-metragem em Lisboa Portugal - ALÔ ALÔ CIDADE

ANUNCIE AQUI!

Artistas Sul Mineiros lançam curta-metragem em Lisboa Portugal

Compartilhar isso

Os personagens Alice e Victor interpretados pelos Atores Mineiros, a Campanhense Raquel Andreatta e Conceicionense Marcos Maia mostram a realidade da violência doméstica sofridas por casais

Alice após ser espancada por Victor - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade

A violência doméstica pode assumir diversos tipos, incluindo abusos físicos, verbais, emocionais, econômicos, religiosos, reprodutivos e sexuais.  Em todo o mundo, a esmagadora maioria das vítimas de violência doméstica são mulheres, sendo também as mulheres as vítimas das formas mais agressivas de violência. Em alguns países, a violência doméstica é muitas vezes vista como justificável, especialmente em casos de ocorrência ou suspeita de infidelidade por parte da mulher, em que é legalmente permitida.

Casal Victor e Alice, interpretado por Sul Mineiros Raquel Andreatta e Macos Maia - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade


No contexto da pandemia de covid-19, os atendimentos da Polícia Militar a mulheres vítimas de violência aumentaram 44,9% no estado de São Paulo.

Porém, mais importante que ter a consciência de tal acontecimento, é ajudar, e conscientizar as mulheres a não se calarem, a entenderem que isso não é saudável, nem aceitável, e que elas não estão sozinhas, e que não devem se calar.

No Brasil, medidas do tipo fazem-se mais urgentes, se consideramos nossa triste posição nas estatísticas mundiais de violência doméstica e Feminicídio. A taxa anual de Feminicídio é de 2,3 mortes para 100 mil mulheres no mundo, e de 4 mortes para 100 mil mulheres no Brasil. Isto é: nossa taxa é 74% maior do que a média mundial.

Com isso, no intuito de trazermos esse assunto em pauta e também ajudar na conscientização a equipe do @alicecurta que tem como o ator Marcos Maia de Conceição do Rio Verde-MG e no papel de "Victor" e  Raquel Andreatta da cidade de Campanha-MG como "Alice", ambos atualmente morando em Lisboa Portugal, lançaram o filme "Alice" no YouTube, um trabalho incrível abordando justamente a este tema.

Ator Marcos Maia de Conceição do Rio Verde-MG e no papel de "Victor" e  Raquel Andreatta da cidade de Campanha-MG como "Alice" - Foto/arquivo pessoal

Lembramos que o filme não tem vínculo político, religioso e não obteve patrocínios, produzindo por uma equipe de jovens atores, produtores e estudante de cinema.

No elenco tem Brasileiros, Portugueses e Ucranianos.

"Ficar em silêncio nunca é a melhor opção". 

Sinopse: Alice e Victor se apaixonaram no Brasil e após ela se mudar para Portugal, Victor decide ir atrás dela. Com o êxtase da chegada do namorado, tudo parecia perfeito. Porém, sem entender o porque, Alice começou a se sentir constantemente assustada e apreensiva. A presença do Victor, aquele que ela acreditava ser seu protetor, desperta ansiedade e medo. 

Ficha Técnica: 

Escrito por: Marcos Maia 
Co-autoria de: Maitê Vasconcelos 
Revisado por Maitê Vasconcelos e Raquel Andreatta 
Direção de Fotografia por João Mestre 
Direção Artística por Maitê Vasconcelos 
Direção musical e Banda Sonora por Paulo Ferro 
Montado por João Mestre 
Assessoria de Marketing e de produção: Mateus Vasconcelos 
Estrelado por Raquel Andreatta e Marcos Maia 
Figurino e Maquiagem por Maite Vasconcelos 
Assistente de som: Ilona Luliia 
Assistente de imagem: Marta Dias 
Assistente de direção: Mateus Vasconcelos 
Dirigido por: Maitê Vasconcelos e João Mestre 
Produção executiva: Raquel Andreatta 
Realizado por: Marcos Maia, Raquel Andreatta, Maitê Vasconcelos e João Mestre

Elenco: 

Alice - Raquel Andreatta 
Victor - Marcos Maia 
Fernanda - Francisca Moura 
Carlos - Ivo Covaneiro 
Marina - Kiara Timas 
Gabriel - Bruno Muratori 

Elenco e Produção - Foto: Matheus Vasconcelos


Agradecimento: 

Ícaro Damasceno, Flávio Vieira Teixeira e Laís Cordeiro 


Assista o curta-metragem

J MATOS SEGUROS

ANUNCIE AQUI!

SUPERMERCADO SÃO JOSÉ