Polícia Militar prende mulher por maus-tratos a idosa em Pouso Alegre-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

PUBLICIDADE

Polícia Militar prende mulher por maus-tratos a idosa em Pouso Alegre-MG

Compartilhar isso

A idosa vivia em local insalubre. Os agentes de saúde da Prefeitura fez a denúncia a Polícia

Polícia Militar prende mulher por maus-tratos a idosa em Pouso Alegre-MG - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade

Uma mulher de 36 anos foi presa na tarde desta quinta-feira (12/05), suspeita de maltratar idosa no Bairro Jardim Redentor em Pouso Alegre-MG.

Segundo informações da Polícia Militar, por volta das 16h30, a equipe policial foi acionada pelo COPOM, para intervenção em ocorrência de maus-tratos envolvendo uma mulher de 58 anos, no bairro Jardim Redentor. No local, as guarnições policiais foram informadas de que funcionários da área da saúde da Prefeitura de Pouso Alegre estavam realizando acompanhamento de uma mulher em idade senil, contudo, com dificuldades de acesso à residência e acompanhamento do caso, vez que a entrada só era franqueada quando a curadora da vítima estava presente.


De acordo com a PM, foi informado pelos funcionários da prefeitura paras os militares que na ocasião, ao tentarem acessar a casa, não se fazia presente nenhum responsável legal pela mulher curatelada, estando no local apenas uma menor impúbere. Em razão disso, foi acionado o serviço policial para garantia do trabalho de saúde dos funcionários da prefeitura à mulher.

PUBLICIDADE


Ainda segundo a Polícia, os colaboradores da prefeitura disseram que a vítima possuía problemas de saúde de ordem psicológica e debilidade de membros inferiores e, visualizaram nos intramuros da residência, a mulher caída ao solo, logo na entrada de um pequeno recinto, estando suja e sem os cuidados higiênicos básicos e os relacionados à saúde.


Visando o cuidado com a saúde da vítima, foi acionado o Corpo de Bombeiros Militar para se efetivar o primeiro suporte médico. Após os primeiros atendimentos pelos militares, ela foi levada para o Hospital Samuel Libânio para avaliações médicas. O estado de saúde dela não foi informado.


A curadora da mulher, depois de localizada e interpelada pelos policiais sobre o episódio, alegou que o fato ocorrido foi um acontecimento isolado.

A suspeita foi conduzida em flagrante delito pelo crime de maus-tratos e encaminhada para a delegacia de Polícia Civil para as demais providências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SUPERMERCADO SÃO JOSÉ