Desvio de recursos passou de R$ 50 milhões em Três Corações, diz PF - ALÔ ALÔ CIDADE

Desvio de recursos passou de R$ 50 milhões em Três Corações, diz PF

Compartilhar isso

Inquérito da "Operação Metástase 57" indiciou 57 envolvidos na cidade.
Conforme investigação, "organização criminosa" se instalou na prefeitura

11/12/2014 20:19
A Polícia Federal indiciou 57 pessoas por envolvimento na "Operação Metástase 57", que investigou um esquema desvio de recursos públicos existente na Prefeitura de Três Corações (MG) entre os anos de 2009 e 2012. Conforme a Polícia Federal, com base nos contratos analisados, pelo menos R$ 50 milhões foram desviados dos cofres públicos, mas este valor pode chegar ainda a R$ 100 milhões.
Entre os indiciados estão políticos, servidores públicos, empresários, comerciantes e profissionais. Eles são acusados de vários crimes como fraude em licitação, associação criminosa, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva e falso testemunho.
Operação da Polícia Federal combate crimes eleitorais em Três Corações (Foto: Reprodução EPTV)
Operação da Polícia Federal investigou desvio de recursos em Três Corações (Foto: Reprodução EPTV)
Ainda segundo a PF, a investigação apontou que uma organização criminosa, que tinha a característica de um grupo ordenado, articulado e estável, com divisão de tarefas, se infiltrou na administração de Três Corações entre 2009 e 2012 com o objetivo da manutenção de poder e de práticas ilícitas. A Polícia Federal diz ainda que o grupo lesava os cofres públicos em proveito próprio por meio de arranjos em procedimentos licitatórios. As irregularidades envolviam desde eventos públicos, como por exemplo a festa anual da cidade conhecida por "Três Corações Rodeio Show", até a reforma da "Casa do Pelé".

No dia 17 de dezembro de 2013, 37 pessoas foram presas durante cumprimento de mandados pela Polícia Federal. Entre os presos e conduzidos, estavam o ex-prefeito de Três Corações, Fausto Ximenes, 12 secretários do mandato anterior e o vice da administração passada. Na época, o ex-prefeito negou todas as acusações. Durante a operação, também foram cumpridos 20 mandados de condução coercitiva e 75 mandados de busca e apreensão em cidades como Três Corações, Varginha MG, Campanha MG, Três Pontas MG, Lavras MG, Belo Horizonte MG, Ribeirão Preto SP, Franca SP e Brasília DF.
Segundo a Polícia Federal, o inquérito policial, com mais de 3 mil páginas, será encaminhado à Justiça Estadual de Três Corações MG.

____________________________________________________________
Leia também

PF apreende documentos na Câmara e Prefeitura de Três Corações, MG

Empresas não executavam serviços e dinheiro era desviado, diz Polícia Federal


Informações: Polícia Federal
Leia na íntegra no G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário