Resultado de exame de macaco encontrado morto dá positivo para febre amarela em Varginha, MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Resultado de exame de macaco encontrado morto dá positivo para febre amarela em Varginha, MG

Compartilhar isso

Segundo a prefeitura, com esse resultado, as ações de controle e vacinação contra a doença, que já aconteciam no município, serão intensificadas.

(Foto: Asscom)

A Prefeitura de Varginha (MG) confirmou nesta quarta-feira (18) o resultado positivo para febre amarela em um macaco que foi encontrado morto no dia 25 de maio na zona rural, nas proximidades da Fazenda Santa Clara.

Segundo a prefeitura, com esse resultado, as ações de controle e vacinação contra a febre amarela, que já aconteciam no município, serão intensificadas.

Ainda de acordo com a prefeitura, a vacina contra a febre amarela está disponível em todas as unidades de saúde que realizam a vacinação. Ela é gratuita e faz parte do calendário básico. Quem ainda não vacinou pode procurar a unidade de saúde mais próxima de casa, levando a carteira de vacina.

Os macacos não transmitem a febre amarela para o homem e não são responsáveis pela transmissão da doença. Eles são vítimas da doença assim como os humanos e a presença do vírus neles representa um indicador importante para a vigilância da febre amarela.
Resultado de exame de macaco encontrado morto dá positivo para febre amarela em Varginha, MG - Foto: Asscom


Números no ano

Só em 2018, a Secretaria de Estado de Saúde já confirmou a presença de febre amarela em macacos encontrados mortos em 10 cidades do Sul de Minas.

Em seres humanos, são 42 casos da doença confirmados na região, com 20 mortes. Em todo o estado, são 528 casos da doença confirmados em Minas Gerais, com 177 mortes.

Os dados são do último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde em 21 de junho.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário