Carreta carregada de inseticida pega fogo após tombar e deixa uma vítima fatal na BR-381 - ALÔ ALÔ CIDADE

CASA DOIS IRMÃOS

Carreta carregada de inseticida pega fogo após tombar e deixa uma vítima fatal na BR-381

Compartilhar isso

A vítima de 38 anos que morreu, era esposa do caminhoneiro que teve lesões graves no acidente


Carreta carregada de inseticida pega fogo após tombar e deixa uma vítima fatal na BR-381 - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade

Uma mulher morreu e um homem ficou gravemente ferido após aciente na BR-381, na manhã desta quinta-feira (02/07). A carreta que o motorista dirigia bateu contra mureta de concreto, tombou e incêndio.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, uma carreta carregada de inseticida com placas de São Paulo-SP seguia sentido Belo Horizonte da rodovia BR-381, na Fernão Dias, quando próximo do KM-707,1, na região de Nepomuceno, o motorista perdeu o controle da direção, bateu em uma mureta de concreto, em seguida tombou, derramando a carga de produtos tóxicos e incendiou. A carga explodiu e a carreta pegou fogo completamente. Na carreta, haviam o motorista, K.P.N,  que foi socorrido com ferimentos graves e a passageira que veio a óbito no local, ambos de 38 anos. 

Corpo de Bombeiros fez o socorro das vítimas e combateu o incêndio na carreta - Foto: CBMMG

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima fatal estava fora do veículo quando o socorro chegou ao acidente. Ela teve o corpo carbonizado. O corpo foi retirado após o combate às chamas e levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Lavras-MG. O motorista e ela são da cidade de Petrolina em Pernambuco.

A Arteris Fernão Dias, concessionária que administra a rodovia precisou interditar as duas vias, no sentido Norte e Sul, para o socorro das vítimas. Após os Bombeiros fazerem o rescaldo das chamas, o veículo foi removido para o acostamento. Equipe da Arteris fez a limpeza da pista e a liberação das vias. Durante os trabalhos, devido à interdição total, o congestionamento da rodovia chegou a quase 12 quilômetros de retenção parcial. 

Segundo informações da Arteris Fernão Dias, por volta das 11h, ainda havia o reflexo do acidente devido à interdição da via. No km 707 ao km 720, sentido Belo Horizonte o trânsito foi liberado, mas está lento.


Fotos:

















ANUNCIE AQUI!