Suspeito de feminicídio em Três Corações é preso pela Polícia - ALÔ ALÔ CIDADE

ANUNCIE AQUI!

Suspeito de feminicídio em Três Corações é preso pela Polícia

Compartilhar isso

Camila Miranda foi morta na madrugada após ser espancada pelo marido. O crime foi passional motivado por ciúmes. O suspeito estava escondido em Conceição do Rio Verde


Suspeito de feminicídio em Três Corações é preso pela Polícia em Conceição do Rio Verde-MG - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade

O suspeito de matar Camila Miranda Bandeira de 32 anos foi preso na tarde desta segunda-feira (28/12), pela Polícia Militar. Tiago da Silva Ribeiro de 35 anos, marido da vítima, foi encontrado na cidade de Conceição do Rio Verde-MG.

Segundo informações da Delegada Dra. Hipólita Brum de Carvalho, que irá assumir o inquérito do Feminicídio, Camila já havia denunciado em Maio deste ano o marido, sobre as agressões que vinha sofrendo. Ela não foi à delegacia representa-lo e nem pediu medidas protetivas na época.

Segundo informações do Delegado Dr. Marcelo Bangoni Fernandes, após o crime, foi feito o trabalho de qualificação do suspeito, levantamentos de testemunhas, imagens de câmeras e o que pudesse ajudar nas investigações e rastreamento do suspeito, que acabou sendo encontrado e preso no município de Conceição do Rio Verde-MG.

Ainda segundo informações da Delegada, Dra. Hipólita, Tiago da Silva Ribeiro de 35 anos foi levado pela Polícia Militar até a Delegacia de Polícia em Três Corações para prestar depoimento e ficou a disposição da Justiça.

Um áudio enviado para família, Tiago confessa que matou a própria esposa. 

''Eu tive uma explosão de ânimo, agredi ela demais e veio a óbito de ontem pra hoje. Por causa do quê? A traição e adultério! Da Igreja para assassino! Eu era Crente Pregador da Palavra, agora sou um assassino!"

 

O crime

Mulher é espancada até a morte em Três Corações-MG

O crime aconteceu na madrugada desta segunda (28/12), no bairro Vila Bela

A violência contra mulher faz mais uma vítima de Feminicídio no Sul de Minas. Uma mulher de 32 foi espancada até a morte na madrugada desta segunda-feira (28/12), pelo marido de 35 anos na frente das filhas, de 6, 8, 9 e 11 anos, na Rua Quatro no bairro Vila Bela.

Residência da família onde ocorreu os fatos, segundo o Boletim de Ocorrência - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a discussão do casal começou no almoço de Domingo (27/12), com o marido exigindo da esposa que ela desbloqueasse o celular para conferir mensagens e se ela estava o traindo. A discussão durou até a noite, além das agressões verbais houve também físicas cometidas pelo marido, que a golpeou várias vezes com socos e chutes. Depois trancou a mulher e as filhas dentro de um cômodo da casa, foi na cozinha, pegou uma faca, cortou os cabelos da vítima e ainda pisoteou no corpo dela. 

Cabelos da vítima Camila cortado pelo suspeito - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade

Ainda segundo o Boletim de Ocorrência, ele ainda colocou a faca no pescoço da esposa e exclamava que só não mataria por causa das filhas. Mesmo desmaiada ainda continuou as agressões. Depois obrigou as filhas arrumarem as roupas dele e colocar no porta-malas do carro para fugir. Na fuga, ele ainda levou o celular da vítima e contou por telefone aos familiares que cometeu o crime e que se apresentaria para polícia no outro dia. 

Segundo informações da Polícia, a vítima Camila Miranda Bandeira de 32 anos foi socorrida em estado grave para o Hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Ainda segundo a PM, foi feito um contato com o autor via telefone celular concebido por familiares, onde o mesmo disse que cometeu o crime por ciúmes por que no Natal, a esposa teria se encontrado com outra pessoa.

J MATOS SEGUROS

ANUNCIE AQUI!

SUPERMERCADO SÃO JOSÉ