Homem é baleado na perna após provocar confusão em albergue em Pouso Alegre-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Homem é baleado na perna após provocar confusão em albergue em Pouso Alegre-MG

Compartilhar isso


O vigilante do albergue municipal foi atingido por um cabo de vassoura na axila e para conter a agressão disparou um tiro contra o autor

Homem é baleado na perna após provocar confusão em albergue em Pouso Alegre-MG - Foto: Alô Alô Cidade

Duas pessoas ficaram gravemente feridas após confusão em um Albergue municipal na noite deste domingo (19/09), em Pouso Alegre-MG.


Segundo informações da Polícia Militar, a equipe foi acionada para comparecer na Avenida João Inácio Raimundo, Bairro Vista Alegre, em um centro de acolhimento de adultos, onde uma testemunha informou que seu companheiro de 33 anos entrou em luta corporal com um rapaz e na confusão, invadiu o albergue atrás de seu desafeto, mas foi colocado para fora pelo vigilante de 23 anos. Não satisfeito e muito nervoso, pegou um pedaço de madeira com uma ponta, retornou para o interior e desferiu o objeto contra o segurança, que ficou preso em seu corpo. Para evitar mais agressões o vigilante disparou um tiro contra o agressor para se defender.


Ainda segundo a PM, várias testemunhas relataram terem presenciado a briga entre moradores de rua em frente ao local, vindo o vigilante tentar separar os dois envolvidos, momento em que o autor de 33 anos pegou com cabo de vassoura com uma ponta e desferiu-se contra ele, que pra se defender das agressões sacou do revólver e disparou uma vez contra a perna do autor. Outro funcionário socorreu o segurança até o pronto atendimento do Hospital Samuel Libânio.

Madeira cravada abaixo do braço - Foto: redes sociais

De acordo com as informações do gerente do Albergue, o autor de 33 anos já estava banido do local e não poderia frequentar mais as dependências. Ele foi excluso pelo seu péssimo comportamento, por sua violência contra os funcionários do local e contra os outros frequentadores. Inclusive no dia anterior havia jogado pedras contra o albergue e também havia sido preso por agressão contra sua companheira.


O vigilante foi encaminhado ao centro cirúrgico e não pode prestar declarações sobre os fatos ocorridos. O autor não soube explicar o que ocorreu, dizendo apenas que havia bebido durante todo o dia, que houve um desentendimento e ele havia sido atingido por um tiro, sendo socorrido pelo resgate do Corpo de Bombeiros até o pronto atendimento do Hospital Samuel Libânio. Segundo a médica plantonista, nenhum dos 02 envolvidos corre risco de morte e após os procedimentos seriam liberados.

Vigilante não corre o risco de vida - Foto: rede sociais

A PM apreendeu um revólver calibre.38, usado pelo vigilante com 5 munições do mesmo calibre da marca cbc, sendo quatro intactas e uma deflagrada, estando com as documentações em dia.


O local possui sistema de monitoramento por câmeras, porém o responsável pelo equipamento que possui senha não estava no local e não foi possível o contato.


A Polícia Civil realizou a pericia técnica no local e irá investigar o crime.


Os autores foram presos pelo crime do Artigo 129 do Código Penal Brasileiro, porém permaneceram sob cuidados médicos.


                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário