Lavrador é morto por PM em legítima defesa durante ocorrência em Borda da Mata-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Lavrador é morto por PM em legítima defesa durante ocorrência em Borda da Mata-MG

Compartilhar isso

Além de atingir o militar com facão, o idoso ainda trocou tiros com a equipe policial


Lavrador é morto por PM em legítima defesa durante ocorrência em Borda da Mata-MG - Foto/reprodução: Alô Alô Cidade

Na noite desta quinta-feira (13/10), por volta das 20 horas e 40 minutos, a Polícia Militar foi acionado para atendimento de ocorrência, no Bairro Gaspar (zona rural de Borda da Mata). O vizinho informou aos policiais militares que um lavrador de 68 anos, estaria de posse de duas armas de fogo fazendo ameaças a ele por causa de uma desavença que tiveram no feriado, devido a um boi que teria rompido os limites de sua propriedade.

 

Na propriedade rural, os militares fizeram contato com o lavrador, sendo que ele saiu da residência e permaneceu no terreno da casa respondendo as indagações dos policiais. Foi explicado a ele sobre a denúncia recebida pelo vizinho e que foram até o local para verificar as possíveis irregularidades. Neste momento, o lavrador alterou seu estado emocional, ficou irritado, disse que não teria feito nada, retornou para dentro do imóvel e deixou a porta entreaberta. Um dos militares estava próximo à porta de entrada verbalizando com o idoso, quando foi surpreendido por ele que de posse de um facão, desferiu dois golpes contra o militar, acertando-lhe na cabeça e o joelho direito, o que resultou em lesões graves e considerável perda de sangue. O policial foi imediatamente retirado da frente da porta e o indivíduo passou a efetuar disparos de dentro da residência em direção à porta e à janela onde os militares estavam.

Publicidade



Os policiais militares verbalizaram novamente para cessar os tiros, mas o homem permaneceu atirando, sendo que para repelir a injusta agressão, os policiais militares efetuaram disparos de arma de fogo em direção ao interior da residência dando início a um tiroteio. Em determinado momento, o indivíduo abriu a janela e efetuou disparos em direção aos militares e novamente os militares efetuaram disparos em direção ao lavrador. Após isso, os disparos cessaram. Portanto, os policiais adentraram na residência e verificaram que o autor estava caído ao solo com lesão, mas apresentava sinais vitais.

 

Diante da situação, o idoso de 68 anos e o soldado da policia militar de 33 anos, foram levados ao Pronto Socorro de Borda da Mata. O revólver calibre .32 com as munições deflagradas e o facão sujo de sangue foram encontrados no interior da residência.

 

O militar deu entrada no Pronto Socorro e devido à gravidade das lesões, foi transferido para o Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre.

 

O lavrador chegou ao Pronto Socorro sem vida, conforme constatado pelo médico de plantão, apresentando ferimentos provenientes de arma de fogo na região do tórax e abdômen, e posteriormente encaminhado ao IML de Pouso Alegre.

O local foi isolado e a perícia realizou os trabalhos de praxe. O Comando do 20º Batalhão está adotando todos os procedimentos de Polícia Judiciária Militar que o caso requer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário