Servente de pedreiro é preso por importunação sexual em Campanha-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Servente de pedreiro é preso por importunação sexual em Campanha-MG

Compartilhar isso

O servente de pedreiro estava exibindo o órgão genital para crianças no Bairro São Domingos


Um homem de 63 anos foi contido e amarrado por populares, nesta quarta-feira (13/10), no Bairro Chapada após ser flagrado exibindo o pênis para crianças próximo de uma academia. Moradores pediram ajuda para deter o acusado a duas testemunhas que conseguiram alcança-lo.

Segundo informações da Polícia Civil, por volta das 13h, os dois comerciantes, um de 40 e 21 anos, conseguiram efetuar a detenção do servente que fugiu em direção ao Bairro Chapada após o crime. Após conte-lo, levaram o homem até a unidade da Delegacia de Polícia Civil.


Publicidade


Ainda segundo a Polícia, uma mulher de 27 anos, mãe de uma das vítimas, uma criança de 9 anos, compareceu na delegacia relatando que sua filha brincava em um parquinho do Bairro São Domingos na companhia de uma amiga, quando o suspeito foi ao local. Que há cerca de 10 dias, o mesmo homem, abaixou as calças e mostrou o órgão genital para sua filha. Que na ocasião não chamou a Polícia porque soube da ocorrência horas depois.


De acordo com relato da mãe aos policiais, nesta quarta-feira (13), ela surpreendeu o suspeito com as calças abaixadas e se masturbando na presença de crianças, entre elas o seu irmão de apenas 10 anos de idade. No momento, ela segurou o homem e gritou para vizinhos ouvir o pedido de ajuda. O acusado foi perseguido, alcançado e contido, quando tentou deixar o local.


Após a captura do servente, as testemunhas que o amarraram, apresentaram aos agentes de segurança na unidade de Delegacia da cidade. Os policiais deram voz de prisão em flagrante delito por importunação sexual ao homem que negou os fatos.


O suspeito de 63 anos foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil em Três Corações para as demais providências jurídicas. Por envolver menor e a mãe não poder ir depor, o Conselho Tutelar também foi chamado para acompanhar a ocorrência.


Publicidade



Nenhum comentário:

Postar um comentário