Obras de recuperação e aumento da capacidade da MG-167, entre Três Pontas e Varginha, começam nesta semana - ALÔ ALÔ CIDADE

Publicidade

Obras de recuperação e aumento da capacidade da MG-167, entre Três Pontas e Varginha, começam nesta semana

Compartilhar isso

Ordem de início foi dada pelo governador no Sul de Minas; intervenções no trecho de 10,6 km vão ampliar a pista e contribuir para a redução de acidentes


Obras de recuperação e aumento da capacidade da MG-167, entre Três Pontas e Varginha, começam nesta semana - Foto: Cristiano Machado / Imprensa MG


O governador Romeu Zema deu ordem de início, nesta quarta-feira (13/4), às obras de recuperação funcional e aumento da capacidade da rodovia MG-167, que liga Três Pontas a Varginha, no Sul de Minas.

Ao todo, serão 10,6 quilômetros em intervenções, com investimento total de R$ 22,3 milhões. Desse total,  R$ 11 milhões serão aplicados na implementação de acostamentos e de terceira via, sendo R$ 9,6 milhões oriundos de convênio entre o Estado e o governo federal e R$ 1,7 milhão como contrapartida estadual.

Já para a recuperação funcional da pista serão R$ 11 milhões em recursos do Tesouro Estadual.

O governador destacou os investimentos históricos que estão sendo feitos nas rodovias mineiras e o esforço conjunto para que a obra na MG-167 fosse realizada.

“Há mais de dez anos não tínhamos tantos investimentos na malha viária como estamos tendo agora com o programa Provias, que irá investir mais de R$ 2 bilhões para melhorar e recuperar as rodovias do estado. Quero agradecer aos deputados e ao prefeito de Três Pontas, Marcelo Chaves, que, junto com a nossa Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade, reuniram os recursos para que a obra, esperada pela população há tantos anos, pudesse ser feita”, afirmou Zema.
 

Redução de acidentes

A MG-167 é uma das rodovias mais movimentadas da região e com alta taxa de acidentes. Segundo a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), apenas com a implantação da terceira faixa, espera-se uma redução de R$ 3,8 milhões em custos com acidentes de trânsito anualmente.

“Estudos demonstram que, em média, a implantação de faixas adicionais reduz em 30% o número de acidentes e aumenta a velocidade de viagem em 3,5km/h. Em 2019 foram 104 acidentes nesse trecho”, destaca o secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato.

Além disso, devido à vocação regional do Sul de Minas para a produção de café,  o escoamento da produção será favorecido com redução de custos e deslocamentos, beneficiando produtores de todo o entorno.

As melhorias no trecho são aguardada há anos pela população. No ano passado, o governador esteve em Três Pontas anunciando a obra. De lá para cá foram feitos os projetos e estudos para que a intervenção pudesse efetivamente ser iniciada nesta semana, com recursos garantidos.

Provias

As obras na MG-167 estão dentro do pacote Provias, lançado no último dia 4 pelo governador. Ao todo, serão destinados R$ 2 bilhões para 99 intervenções em rodovias de todas as regiões do Estado.

Para o Sul de Minas serão oito trechos em obras, totalizando 137,3 quilômetros e R$ 83,87 milhões, entre eles a MG-295, entre Cambuí e Senador Amaral, e o trecho entre Paraísopolis e Consolação. Já a LMG-883 receberá melhorias entre a MG-347 e Dom Viçoso. As obras já estão em andamento.

Os recursos para as obras são oriundos do Termo de Reparação assinado com a Vale em decorrência do rompimento da barragem de Brumadinho, do Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC) firmado entre o Governo de Minas e a Fundação Renova, além de convênios e emendas parlamentares estaduais e federais, parcerias com empresas e convênios com prefeituras.

O Termo Judicial visa reparar os danos decorrentes do rompimento das barragens da Vale S.A. em Brumadinho, que tirou a vida de 272 pessoas e gerou uma série de impactos sociais, ambientais e econômicos na bacia do Rio Paraopeba e em todo o Estado de Minas Gerais.

Publicidade



Com informações: Agência Minas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade

Publicidade