Motociclista que seguia de romaria para Aparecida é ferido por policial em blitz - ALÔ ALÔ CIDADE

ANUNCIE AQUI!

Motociclista que seguia de romaria para Aparecida é ferido por policial em blitz

Compartilhar isso

O crime aconteceu na BR-459 em Santa Rita do Sapucaí. O motociclista seguia em uma MotoRomaria de Alfenas para Aparecida-SP




Um mecânico de 35 anos foi socorrido em estado grave na manhã deste sábado em Santa Rita do Sapucaí-MG, após ser ferido por um policial em uma blitz na Rodovia BR-459.

Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, Major Assis, o condutor da moto seguia de Alfenas-MG para Aparecida em uma MotoRomaria e durante o percurso, no KM-125 da Rodovia no perímetro urbano de Santa Rita do Sapucaí, havia uma blitz de rotina da Polícia Militar Rodoviária. Durante a aproximação dos motociclistas, os militares que estavam nas abordagens sinalizaram para parar e realizar os procedimentos de fiscalização dos veículos, porém assim que começaram a estacionar as motos, um deles, a vítima, acabou passando e desobedecendo a ordem de parada dos Policiais. Um dos militares, um Sargento, visualizou um motociclista tentando evadir da blitz se escondendo atrás de caminhão que passava pelo local. Os demais militares também viram e atravessaram a rodovia para tentar cercar o motociclista, mas foram surpreendidos com o condutor da moto perdendo o controle próximo do guard Rail e avançando para cima de uma do militares. O militar, o Sargento, conseguiu desviar e disparou com a arma de fogo por três vezes contra a vítima, onde ele foi atingido por um tiro nas costas. O motociclista de 35 anos parou a moto, mas logo caiu em cima de uma calçada ao lado da rodovia.

Ainda segundo o Major, o socorro da vítima foi realizado por uma ambulância que passa pelo local e encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital em Santa Rita do Sapucaí. Guilherme Esteves de Oliveira, de 35 anos, conhecido como “Batom”, passou por cirurgia e a equipe médica retirou o projétil alojado das suas costas. Ele continua em observação e está em estado moderado aguardando receber alta para transferi-lo para o Hospital de Alfenas caso necessário.

A MotoRomaria de Alfenas já está no 8º ano e cada vez vem crescendo. Eles saem de viagem bem cedinho e segue pelas Rodovias do Sul de Minas, pela MG-179 e BR-459 até chegar a Aparecida-SP onde passam o dia na Basílica de Nossa Senhora Aparecida. A Romaria todo os anos arrecadam dinheiro para comprar fraudas para o Lar São Vicente de Paulo da cidade.

Segundo informações de um dos membros da Romaria, o mecânico Wagner Silvério, os amigos em um grupo de 75 motos e pelo menos 120 pessoas reuniram logo de manhã para a viagem e seguiram sentido para Aparecida como todos os anos. Wagner é o “Anjo da Guarda” aquele membro que segue de carro para qualquer problema no caminho. Ele como é um dos últimos no comboio dos motociclistas foi surpreendido ao passar pela BR-459 e ver seu amigo baleado no chão.

Ainda segundo Wagner, assim que chegou próximo da cidade de Santa Rita do Sapucaí, avistou os motociclistas parado e viu Guilherme caído no chão ferido. Os outros motociclistas contaram a ele que o militar atirou contra o “Batom” por que tentou evadir da blitz. Houve três disparos e um acertou nas costas de Guilherme.

"O militar foi abordar o grupo de motociclistas que estava vindo. Aí parou, eu acho que todos os policiais estavam ocupados, não parando o Guilherme, ele foi passar do lado de um caminhão, aí eu não sei se o guarda pensou que ele estava correndo de alguma coisa errada, de alguma coisa, efetuou três disparos de arma de fogo", contou o mecânico Wagner Silvério.

Ainda segundo a Polícia, o motociclista não é habilitado e estava com os documentos da moto vencida. O autor do disparo, um Sargento da Polícia Militar Rodoviária foi conduzido para delegacia e ficará à disposição da Justiça Militar para investigação do crime.

J MATOS SEGUROS

ANUNCIE AQUI!

SUPERMERCADO SÃO JOSÉ