Vendedor é preso após matar a própria cachorra espancada em apartamento em Pouso Alegre-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

ANUNCIE AQUI!

Vendedor é preso após matar a própria cachorra espancada em apartamento em Pouso Alegre-MG

Compartilhar isso

O rapaz de 26 anos foi preso após denuncias de moradores do condomínio. A Polícia Militar do Meio Ambiente o prendeu em flagrante de acordo com a Lei de Crimes Ambientais 9.605/98

Vendedor é preso após matar a própria cachorra espancada em apartamento em Pouso Alegre-MG - Foto: Redes sociais

Um vendedor de 26 anos foi preso após matar a própria cadela em seu apartamento em um condomínio fechado em Pouso Alegre na tarde deste sábado (06/02). Ele espancou o animal até os moradores intervir no crime.

Segundo informações da Polícia Militar Ambiental, por volta das 17h, houve uma denúncia de maus-tratos contra o dono de um cachorro no bairro Santa Edwiges, no condomínio Recanto das Camélias e com a ajuda de moradores através do whatsApp, e o Vereador Hélio da Van, o denunciado foi identificado como Denis de Almeida.

Homem de 26 anos foi identificado e preso - Foto: Alô Alô Cidade

Ainda segundo a PM, o suspeito estava sendo denunciado há alguns dias sobre as agressões contra a cachorra. Moradores chegaram a gravar os choros da cadela durante o espancamento. Neste sábado, o animal apanhou novamente do dono e os moradores do condomínio entraram em contato com a Polícia Militar e Polícia Militar do Meio Ambiente.

Assim que as equipes policiais chegaram, um dos moradores, o mecânico Fernando Barone, já tinha feito o socorro da cadela. Que segundo ele, aproveitou a distração do suspeito que abriu a porta do apartamento após várias vezes tentativas frustradas em chamar. A cadela identifica de ‘’Ricca’’ foi socorrida rapidamente para uma clinica veterinária, que ficou aos cuidados da equipe médica.

O mecânico Fernando Barone, já tinha feito o socorro da cadela - Foto: Alô Alô Cidade

Ainda segundo informações da Polícia, diversas vezes o suspeito foi comunicado para sair do apartamento, mas desobedeceu e para evitar um maior transtorno de arrombamento da porta do apartamento, por se tratar de crime de flagrante, a polícia resolver com o síndico e conseguiram o contato da namorada do suspeito. Em contato, ela atendeu e foi até o condomínio com uma chave reserva para abrir a porta para os policiais, que efetuaram a prisão em flagrante do rapaz. Dentro do apartamento foi apreendido uma porção de maconha.

O suspeito de 26 anos foi detido, levado para a Delegacia de Polícia Civil, apresentado para o Delegado de Plantão.

Na madrugada de domingo, após atendimento e socorro da ‘’Ricca’’, foi constatado que havia uma fratura antiga na costela e ela estava com dificuldades de respirar. Mesmo com os esforços dos médicos, infelizmente a cadela de 7 meses veio a óbito.

Homenagem

Nesta segunda-feira (08/02), por volta das 17h30, moradores e o síndico vão homenagear a cachorrinha ‘’Ricca’’, com um pequeno velório e o sepultamento em um espaço de memorial dentro do condomínio Recanto das Camélias em Pouso Alegre. Segundo eles, o memorial da Ricca é para simbolizar esse crime tão cruel. Essa morte não pode ser esquecido e que sirva de exemplo. Os animais são indefesos e precisam de carinho e amor. Não podemos cruzar os braços para os maus-tratos aos animais. Temos que denunciar!


J MATOS SEGUROS

ANUNCIE AQUI!

SUPERMERCADO SÃO JOSÉ