Motorista com suspeita de embriaguez provoca acidente na BR-459 em Congonhal-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

CASA DOIS IRMÃOS

Motorista com suspeita de embriaguez provoca acidente na BR-459 em Congonhal-MG

Compartilhar isso

Pelo menos uma pessoa ficou ferida na batida e foi socorrida pelo SAMU e levado para o HPS de Pouso Alegre-MG

Motorista com suspeita de embriaguez provoca acidente na BR-459 em Congonhal-MG - Foto: Alô Alô Cidade


Um motorista com suspeita de embriaguez ao volante provocou um acidente grave na rodovia que liga Congonhal a Pouso Alegre, BR-459, na noite desta terça-feira (15/12) por volta das 19h10.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, um veículo Ford Versalhes com três ocupantes, seguia sentido Pouso Alegre, quando invadiu a contramão de direção no KM-92, colidindo com um Chevrolet Vectra com dois ocupantes, vindo a rodar na pista e seguida, caiu no barranco do acostamento e bateu contra uma cerca de arame de um sitio.

Ainda segundo informações da PRF, nos veículos apenas o motorista do Ford Versalhis que teve ferimentos leves. Ele foi socorrido pelo SAMU e encaminhado para o Hospital de Pouso Alegre. Já os outros ocupantes do mesmo carro nada sofreram. No veículo Chevrolet Vectra GT, o motorista e passageiro que vinham do trabalho não se feriram.

Motorista com suspeita de embriaguez provoca acidente na BR-459 em Congonhal-MG - Foto: Alô Alô Cidade


Segundo informações do motorista do Vectra, Danival Pereira Coutinho da cidade de Congonhal, ele seguia do após um dia de trabalho em Pouso Alegre e seguia para casa com o colega, quando foi surpreendido com o veículo Versalhes invadindo a contramão de direção, próximo do radar fixo no KM-92. Após a batida rapidamente acionou um socorro e a Polícia.

Motorista com suspeita de embriaguez provoca acidente na BR-459 em Congonhal-MG - Foto: Alô Alô Cidade

Ainda segundo informações do Danival, há suspeita que o motorista do carro que provocou o acidente teria ingerido bebida alcoólica antes de dirigir, pois dentro do veículo havia várias latinhas de cerveja. Quando o condutor do carro desembarcou para conversar, o mesmo estava alterado e com hálito etílico.

Ainda segundo a Polícia, o motorista do Vectra foi convidado para realizar o teste do etilômetro e deu negativo. Já o motorista que estava sendo atendido no hospital em Pouso Alegre, foi submetido e convidado a realizar o mesmo teste, mas o mesmo recusou. A Polícia Rodoviária após questionamentos, foi comprovado que ele dirigia sob influência de álcool e também, confessou dizendo que havia bebido algumas cervejas.

Motorista com suspeita de embriaguez provoca acidente na BR-459 em Congonhal-MG - Foto: Alô Alô Cidade


O motorista que provocou o acidente foi notificado e multado no valor de R$ 2.934,70 pela infração gravíssima em dirigir embriagado de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Os veículos com placas de Congonhal-MG foram removidos, o Versalhes por um guincho credenciado e o Vectra por um rebote particular. As causas do acidente será investigado. 

Problemas em dirigir embriagado

Quem for flagrado dirigindo embriagado acabará sofrendo as penalidades previstas na Lei Seca. Ela passou por algumas mudanças e ficou mais rígida e isso significa que qualquer concentração de álcool no sangue já gera problemas.

Isso pode ser provado com o uso de bafômetro, um instrumento que mede quantidade de álcool no organismo de forma rápida e simples. Se a pessoa se recusar a fazer o teste, o policial pode constatar a embriaguez por meio de sinais.

Se for pego nessa situação, veja o que acontecerá:

  • O veículo será retido e só poderá ser removido por um condutor habilitado. Se não for apresentado um condutor apto, o veículo pode ser removido para o pátio. O tempo que o carro fica no pátio gera um valor a ser pago.
  • Será gerada uma infração gravíssima na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor.
  • Terá que ser paga uma multa no valor de R$ 2.934,70 pela infração de dirigir embriagado.
  • A habilitação será recolhida pelo agente de trânsito.
  • Será iniciado um processo para a suspensão da Carteira, sendo que, quando finalizado, a pessoa ficará suspensa de dirigir por 12 meses.
  • Você não recebe indenização do seguro se houver um acidente e for comprovado que o álcool foi decisivo.
  • Se o motorista for flagrado dirigindo com a CNH suspensa, será feita a Cassação com a restrição de dirigir por 24 meses.
  • Depois de passado o prazo da suspensão/cassação, para ter a habilitação de volta será preciso passar por um curso de reciclagem e exame teórico.

Além de todos esses problemas, existe o fato de colocar a sua própria vida e de terceiros em risco por ter redução dos reflexos e atenção ao dirigir por conta do álcool.

Alternativas para não dirigir embriagado

Se acabar saindo com os amigos e estiver dirigindo, lembre-se que não poderá beber. Entretanto, se quiser consumir bebidas alcoólicas e não correr nenhum risco pense em algumas dessas alternativas:

·         Entregue o carro para um motorista habilitado e que não tenha consumido bebidas alcoólicas para que ele conduza o veículo.

·         Ligue para um amigo, parente ou serviço de Motorista Amigo que alguns seguros de carro possuem para que ele possa buscar o veículo e te levar em casa.

·         Use um táxi ou serviço de aplicativo para ir embora e no dia seguinte busque o veículo.

·         Durma no local, se estiver na casa de amigos, e espere para ir embora ao dia seguinte, quando o efeito da bebida já estiver passado.

Existem alternativas para que não seja preciso pegar no volante após beber e elas ajudam a se livrar de todas as penalidades previstas em lei. É só escolher uma das formas de fazer isso.

Tomando esses cuidados não será pego por dirigir embriagado e estará cuidando da sua vida e da dos demais inocentes.

 

J MATOS SEGUROS

ANUNCIE AQUI!

SUPERMERCADO SÃO JOSÉ