Estudante de enfermagem morre atropelada por caminhão na BR-459 em Pouso Alegre-MG - ALÔ ALÔ CIDADE

Estudante de enfermagem morre atropelada por caminhão na BR-459 em Pouso Alegre-MG

Compartilhar isso

A jovem morava no Bairro Ipiranga. Ela foi atropelada em frente à entrada do Bairro Belo Horizonte


O motorista do caminhão seguia de Careaçu para Poço Fundo - Foto: Alô Alô Cidade

Uma jovem de 22 anos, estudante de enfermagem, morreu atropelada por um caminhão conduzido por um motorista 43 anos, na tarde desta segunda-feira (08/11), na Rodovia BR-459.

Polícia Rodoviária Federal registrou a ocorrência e preservou o local do acidente para a perícia- Foto: Alô Alô Cidade

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a equipe foi acionada para atender uma ocorrência grave, com vítima de atropelamento na Rodovia, em frente à entrada do Bairro Belo Horizonte. No local os militares depararam com a jovem caída ao lado da roda do caminhão que a atropelou. A jovem que apresentava ferimentos graves nos membros inferiores recebeu os primeiros atendimentos ainda no local e posteriormente foi levada para o Hospital Samuel Libânio.

O Corpo de Bombeiros fizeram os primeiros socorros e encaminharam a vítima para o Hospital - Foto: Alô Alô Cidade

Ainda segundo informações do Corpo de Bombeiros, devido à gravidade dos ferimentos, a estudante, Júlia Maria Ramos Moreira, de 22 anos, não resistiu e morreu no Hospital. Já o motorista que permaneceu no local do acidente nada sofreu.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, que atendeu a ocorrência, o motorista disse que seguia de Careaçu, carregado com 22 mil litros de combustível e seguia para Poço Fundo para descarregar, quando no KM-103, a moça entrou na frente de seu caminhão, não sendo possível desviar. O motorista também contou aos agentes, que assim que parou o caminhão, o pai da jovem já estava com ela nos braços e escutou ele dizendo: “minha filha, por que você foi fazer isso?”, sussurrou o pai.

Ainda segundo a PRF, o teste do etilômetro foi realizado e o motorista não estava sob efeito de álcool. A Polícia Civil foi acionada e realizou o serviço de praxe para investigar as causas do acidente.

               

Nenhum comentário:

Postar um comentário